Renato Gaúcho entregou jogo do Flamengo para o Grêmio, prova vídeo #boato

Boato – Auxiliar-técnico do Flamengo sugere tirar Vitinho “para não marcar outro gol” e mostra que jogo foi entregue ao Grêmio pelo técnico Renato Gaúcho. 

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 2021 se aproxima do seu fim com o Atlético Mineiro estabelecendo uma enorme vantagem em cima de seus adversários. O Galo abriu 8 pontos de vantagem diante o segundo colocado (o Flamengo) e está mais próximo de ser campeão.

A situação do Flamengo piorou quando o time empatou com o Grêmio, que está na zona de rebaixamento, no dia 23 de novembro de 2021. Na oportunidade, o Rubro-negro abriu 2 a 0 gols de vantagem, mas cedeu o empate (o que irritou a torcida).

E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, parece que o resultado dessa partida teve uma explicação. Segundo uma publicação, Alexandre Mendes, auxiliar-técnico de Renato Gaúcho, teria dito “é hora de tirar o Vitinho antes que ele faça outro”. Ainda de acordo com a história, a frase teria sido dita após o jogador marcar o segundo gol do Flamengo na partida. Confira:

Versão 1: “Não quero acreditar nisso. Auxiliar de Renato Gaúcho que trabalhou com ele no Grêmio. _ É hora de tirar o Vitinho antes que ele faça outro”. Versão 2: “Se liga esse cara que trabalhou junto com o Renato no Grêmio lá. O que ele falou depois do segundo gol do Vitinho, na reportagem do Globo Esporte. É hora de tirar o Vitinho antes que ele faça outro. Olha ali. Entregaram feio”.

Vídeo prova que Renato Gaúcho entregou jogo do Flamengo para o Grêmio?

A informação viralizou entre os torcedores do Flamengo nas redes sociais, em especial, no Twitter. Apesar disso, a história não é verdadeira. A explicação fica por conta da falta de provas e de lógica na alegação e no vídeo em questão.

Como já estamos cansados de dizer aqui, o ônus da prova é sempre de quem acusa. E quando falamos em provas não estamos falando de um vídeo com uma interpretação questionável. Estamos falando de declarações oficiais, áudios, prints da conta bancária etc.

Ao ser questionado sobre o assunto, o próprio Renato Gaúcho, técnico do Flamengo, negou toda a história. Ele chegou a dizer que se sentia ofendido com a pergunta sobre ter entregado o jogo e ela seria um desrespeito com o trabalho de todos os profissionais do clube.

É importante ressaltar que a partida válida pela segunda rodada do Brasileirão (e que estava bem atrasada) era de interesse dos dois clubes. O Grêmio luta para fugir da zona de rebaixamento (Z4), enquanto o Flamengo luta pelo título do campeonato. O empate não ajudou em nada os dois times. O Grêmio, que poderia encostar no Juventude (primeiro time fora do Z4), agora está atrás do Bahia e segue ameaçado pelo Sport. Já o Flamengo viu o Atlético Mineiro abrir 8 pontos de vantagem e se isolar na liderança, deixando o sonho do título cada vez mais impossível. Dessa forma, de que valeria um empate? Se fosse para entregar, com certeza Renato Gaúcho deveria “perder a partida” e não empatar.

Além disso, não é possível provar que o auxiliar-técnico Alexandre Mendes fala “é hora de tirar o Vitinho antes que ele faça outro”. Parece muito mais que ele diz algo sobre o jogador Vitinho ter cansado. O atacante é titular do Flamengo e no dia 27 de novembro de 2021, vai disputar a final da Libertadores. Dessa forma, sua saída do jogo, após marcar dois gols pelo time, faria todo o sentido.

Se isso não bastasse, a imprensa do Rio Grande do Sul conversou com um especialista em leitura labial. De acordo com ele, Alexandre Mendes realmente teria dito que era hora de tirar o Vitinho. Entretanto, não pode confirmar o restante da frase. Segundo o especialista, a imagem está em baixa qualidade e sem contexto algum, o que dificulta o trabalho de “tradução” e pode levar a interpretações equivocadas (assim como a pessoa que espalhou a história).

Em resumo: a história que diz que um vídeo provaria que Renato Gaúcho entregou o jogo na partida entre Flamengo e Grêmio é falsa! O vídeo usado como fonte não tem contexto e está em péssima qualidade. Além disso, o empate entre as duas equipes não foi benéfico para nenhuma delas. Se Renato Gaúcho decidisse entregar o jogo, certamente teria perdido. O próprio Renato Gaúcho negou que teria entregado o jogo (que foi disputado, em sua maioria, com a equipe reserva do Flamengo). Por fim, não existem provas. Alexandre Mendes pode mesmo ter dito a frase como uma forma de tirar o adversário. Mas o fato é que Vitinho é atacante titular da equipe e no sábado (27), vai disputar a final da Libertadores. Com isso, tirar o craque naquele momento, visando poupar o jogador para a próxima partida, faz todo o sentido. Sem provas e sem lógica, a história não passa de balela!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso