Red Bull Brasil investe R$ 45 mi e assume Remo, Treze, Maranhão e “time do Norte/Nordeste” #boato

Boato – Agora é oficial, a Red Bull Brasil investiu R$ 45 milhões e assumiu o controle de um time brasileiro. Há versões que falam em Remo (PA), Treze (PB), Maranhão ou “time do Nordeste”.

Quem acompanha o futebol brasileiro com um pouco mais de profundidade tem percebido que, muito provavelmente, uma empresa gigante (e que gosta de investir em esportes) estará na Série A do Brasileirão do ano que vem. Após assumir o controle do Bragantino (que ano que vem vai se chamar RB Bragantino), a Red Bull está ajudando a equipe a ser líder disparada da Série B do Brasileirão.

Além do Bragantino, a Red Bull tem o controle do RB Brasil (equipe do interior de São Paulo), de times na Áustria, Alemanha e EUA. O interesse da empresa e o desempenho do Bragantino têm feito muitas equipes “sonharem” com o investimento. Algo que foi reforçado por um texto que viralizou na internet.

De acordo com a mensagem, a Red Bull anunciou que vai investir em um clube do Nordeste/Norte. Usamos a “barra” porque surgiram diversas versões da história. Dentre os clubes citados estavam o Clube do Remo (PA), Treze, Maranhão Atlético Clube e algo mais genérico (como “time do Nordeste”). Leia algumas das versões da história que circularam online:

Versão 1: Grupo austríaco Red Bull Brasil investe R$ 45 milhões e assume o Treze/PB Agora é oficial. O Treze/PB fechou uma parceria com o Red Bull Brasil, que assume o comando do futebol do clube a partir da Série C 2020. As duas partes oficializaram o acordo na tarde desta terça-feira e até foram recebidas na prefeitura de Campina Grande pelo prefeito Romero Rodrigues. O investimento é da ordem de R$ 45 milhões.

Num primeiro momento, toda a parte administrativa e de futebol do clube ficará à cargo do Red Bull Brasil, que aos poucos vai assumir o comando geral do clube. O presidente ainda será Walter Cavalcante Júnior. Existirá um prazo de “ajustamento e transição”, pelo qual o controle geral será todo do Red Bull Brasil num prazo estimado de três a cinco anos.

Versão 2: Red Bull Brasil investe R$ 45 milhões e assume o Clube Remo Agora é oficial. O Clube do Remo fechou uma parceria com o Red Bull Brasil, que assume o comando do futebol do clube a partir da Série C 2020. As duas partes oficializaram o acordo na tarde desta terça-feira e até foram recebidas na prefeitura de Belém pelo prefeito Zenaldo Coutinho. O investimento é da ordem de R$ 45 milhões.

Num primeiro momento, toda a parte administrativa e de futebol do clube ficará à cargo do Red Bull Brasil, que aos poucos vai assumir o comando geral do clube. O presidente ainda será Fábio Bentes. Existirá um prazo de “ajustamento e transição”, pelo qual o controle geral será todo do Red Bull Brasil num prazo estimado de três a cinco anos.

Versão 3: *Red Bull Brasil investe R$ 45 milhões e assume o Maranhão Atlético Clube/MA* Agora é oficial. O Maranhão Atlético Clube fechou uma parceria com o Red Bull Brasil, que assume o comando do futebol do clube a partir da Série D 2020. As duas partes oficializaram o acordo na tarde desta terça-feira e até foram recebidas na prefeitura de São Luis pelo prefeito Edivaldo Holanda Júnior. O investimento é da ordem de R$ 45 milhões.

Num primeiro momento, toda a parte administrativa e de futebol do clube ficará à cargo do Red Bull Brasil, que aos poucos vai assumir o comando geral do clube. O presidente ainda será Robspn Paz. Existirá um prazo de “ajustamento e transição”, pelo qual o controle geral será todo do Red Bull Brasil num prazo estimado de três a cinco anos.

Red Bull Brasil investiu R$ 45 mi e assumiu Remo, Treze, Maranhão e “time do Norte/Nordeste”?

A notícia fez muitos torcedores ficarem animados (outros nem tanto porque, junto com a parceira, vem a total descaracterização do time). Independentemente da opinião, uma coisa é da fato. A história (em todas as suas versões) é falsa. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

O primeiro ponto que nos levou a desconfiar das história está justamente na multiplicidade de versões (além destas que tivemos acesso, há comentários em redes sociais sobre textos usando nomes de outros times como Manaus, Náutico e Santa Cruz). Se a história fosse real, teria só uma versão e “deu”.

O segundo ponto está na estrutura dos textos citados. Eles são, na realidade, uma cópia de uma notícia da época que a Red Bull assumiu o Bragantino. A notícia original (e real) é do site da revista Época Negócios.

O “ponto final” está no desmentido dos próprios clubes. No caso do Treze, até alguns veículos de mídia locais caíram na balela. Alguns deles se corrigiram em seguida e classificaram a história como fake news. A “versão” Maranhão também foi desmentida. Não achamos desmentido na “versão Remo” da história. Mas aí já dá para pressupor que também é falsa.

Resumindo: a história que aponta que a Red Bull vai assumir o controle de um time da região Norte/Nordeste do Brasil é falsa. O texto que circula online é um clone de uma notícia de março deste ano e todos os times desmentiram a informação.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)