Falso cadeirante carregou tocha olímpica #boato

Boato – A farsa foi descoberta. Comitê Olímpico usou falso atleta paraolímpico cadeirante para carregar tocha olímpica e comover as pessoas.

As Olimpíadas do Rio de Janeiro acontecem em agosto deste ano e as polêmicas parecem que chegaram ao Brasil junto com a tocha olímpica. Circula na internet um vídeo que aponta que a organização dos Jogos Olímpicos usou um falso cadeirante para carregar a tocha. A “prova” da farsa seria um vídeo em que ele se levanta após cair da cadeira. Assista ao vídeo e veja o que escreveram:

Falso cadeirante carregou tocha olímpica e farsa foi desmascarada, diz boato
Falso cadeirante carregou tocha olímpica e farsa foi desmascarada, diz boato


Falso cadeirante carregando a tocha olímpica cai no chão e apóia com as pernas! Que vergonha.

É IMPRESSIONANTE! No país da pilantragem e falsidade, até o cadeirante da Tocha Olímpica É FALSO!

Essa tocha deve ter sido ungida por um pastor, e deu-se o milagre. Kkkkkkkk

A história já foi motivo para levantar suspeitas de que estava se usando a imagem de um falso cadeirante para comover as pessoas. Mas será mesmo que a história é essa? Vamos aos fatos.

Para começar, a pessoa em questão na imagem é o atleta de basquete em cadeira de rodas João Paulo Nascimento. De fato, ele não é paraplégico (e nem ninguém nunca falou isso). Porém, ele tem sim uma deficiência chamada “Geno Valgo”, conhecida como “joelho em X” (mesmo deficiência que tinha o craque Garrincha). A deficiência o credencia em disputar competições no esporte paralímpico, mesmo que não precise utilizar as cadeiras de rodas no dia a dia.

No seguinte vídeo, ele explica a polêmica. Entre os pontos, ele explica que se fosse paraplégico nem poderia usar a cadeira. Ele também explica que queria fazer uma manobra para ficar em uma roda só, mas uma pessoa se assustou e segurou a cadeira. Aí ele caiu.

Resumindo: ao contrário do que estão falando, ele é deficiente físico e atleta de basquete paralímpico. Em nenhum momento ele falou que era paraplégico e a falsa (essa sim) polêmica foi levantada após a má interpretação da imagem. Para terminar, vamos usar as palavras que ele usou: “Olha, lê, pesquisa antes de falar. Vocês estão falando muita abobrinha. Estão falando um monte de besteira, entendeu?”. #ficaadica.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)