Cristiano Ronaldo construiu hospital infantil no Chile e Neymar sonegou R$ 200 milhões #boato

Boato – Enquanto o português Cristiano Ronaldo construiu um hospital infantil no Chile, o brasileiro Neymar, evangélico, sonegou R$ 200 milhões.  

Nos último dois anos, Cristiano Ronaldo marcou 58 gols e conquistou seu quinto título de melhor jogador do mundo. Mas não é só dentro do campo que Cristiano Ronaldo é considerado, por alguns, o melhor do mundo. Muito se fala do envolvimento dele em causas sociais. Em alguns momentos, há até exageros. Como é o caso da história de hoje.

Uma delas seria a doação de fundos para a construção de um hospital infantil no Chile. É o que aponta uma informação que tem circulado pelo Facebook e WhatsApp. Leia o que diz a mensagem: “O odiado Cristiano Ronaldo construiu e doou um hospital infantil no Chile. Já Neymar, um evangélico, sonegou R$ 200 milhões”.

Cristiano Ronaldo construiu hospital infantil no Chile e Neymar sonegou R$ 200 millhões?

Com esse histórico, não é difícil acreditar que o craque tenha construído um hospital para atender as crianças chilenas. Mas será mesmo verdade que Cristiano Ronaldo construiu um hospital pediátrico no Chile e Neymar sonegou R$ 200 millhões? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Para começar, saiba que a história é resultado da soma de duas fake news. A primeira delas, que foi desmentida por essa que vos fala, apontava para uma dívida de Neymar de R$ 200 milhões com a Receita Federal. Acontece que a informação é fruto de uma versão exagerada da notícia sobre o acordo judicial de Neymar, publicada pelo site da ESPN.

Pois bem, em 2015, Neymar foi investigado por supostamente fazer uso de empresas e contratos de imagem para sonegar impostos. Na época, a Receita Federal atuou o jogador em R$ 188 milhões. A acusação era de que Neymar deixou de declarar R$ 63 milhões entre 2011 e 2013, período em que o jogador ainda defendia o Santos e durante a transferência para o Barcelona. Quando o processo foi julgado, Neymar ganhou a causa e a Receita Federal desistiu do processo. Ou seja, a informação de que o craque brasileiro sonegou R$ 200 milhões não procede.

Agora, vamos ao Cristiano Ronaldo. Tudo começou em dezembro do ano passado quando a firma de advocacia Brafman & Associates, sediada em Nova York, anunciou que o empresário italiano Alessandro Proto e Cristiano Ronaldo financiariam a construção de um hospital pediátrico em Santiago do Chile, em 2020.

O grande problema é que a imprensa publicou a informação com base em um depoimento e, no dia seguinte à publicação, veio o desmentido. Em nota, o atacante do Real Madrid negou a informação. Nesta matéria da ESPN, o representante de Ronaldo, afirmou que o atacante não planeja construir um hospital pediátrico no Chile. Mais do que isso: CR7 disse que não tem nada a ver com o empresário que divulgou e, de acordo com o jogador, sempre divulga notícias falsas.

Ou seja, nem o Cristiano Ronaldo (apesar de ser conhecido por ajudar em causas sociais) construiu um hospital no Chile nem Neymar sonegou R$ 200 milhões no governo do Brasil. A história é falsa e a comparação, no mínimo, infeliz.

Nota do editor: só para lembrar que pau que bate em Chico bate em Francisco. CR7 também teve problemas com o fisco espanhol e Neymar, volta e meia, ajuda em obras sociais.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)