Alberto Valentim foi demitido do Cuiabá porque saiu com mulher do presidente do time #boato

Boato – Cuiabá demite técnico Alberto Valentim após descobrir que ele estaria saindo com mulher do presidente do clube.

Mesmo com os números da Covid-19 subindo em todo o país, os campeonatos de futebol seguem rolando nos quatro cantos do Brasil. E no último final de semana, diversos jogos deram início à 65ª edição do Campeonato Brasileiro.

E uma coisa que chamou a atenção na primeira rodada do campeonato foi a demissão do técnico Alberto Valentim da equipe do Cuiabá (após um empate com o Juventude e nenhuma derrota a frente da equipe). Isso porque a nova regra do Brasileirão permite que os clubes troquem apenas uma vez de treinador durante o campeonato.

De acordo com histórias que andam circulando nas redes sociais, a medida drástica e inesperada, na realidade, teria motivação pessoal. Segundo publicações, o técnico Alberto Valentim foi demitido por sair com a esposa do presidente do Cuiabá. Algumas versões ainda indicam que a mulher estaria grávida do ex-técnico. Confira:

Confira o desmentido em vídeo:

Versão 1: “VERDADEIRO MOTIVO! *Diretoria alega relações sexuais entre o treinador Alberto Valentim e a esposa do presidente da equipe do Cuiabá. A possível traição teria sido o motivo do desligamento do treinador”. Versão 2: “E o Alberto Valentim que foi demitido do Cuiabá porque tava pegando a mulher do dirigente HAHAHAHAHAHAHAHAHAA O futebol br vive”. Versão 3: “BOMBA Segundo informações, a esposa do presidente do Cuiabá estaria grávida de Alberto Valentim. Até o momento nenhuma das partes vieram a público para esclarecer as polêmicas”.

Alberto Valentim foi demitido do Cuiabá porque saiu com mulher do presidente do time?

A informação caiu como uma bomba nas redes sociais e viralizou, especialmente, no Facebook e no Twitter. Apesar disso, a história não passa de balela. A explicação fica por conta dos desmentidos do próprio ex-técnico, da pessoa das imagens e também do Cuiabá.

Vale lembrar que, infelizmente, essa não é a primeira vez que a vida pessoal de atletas e técnicos são alvo de fake news. A equipe do Boatos.org já desmentiu inúmeras delas, como a que dizia que o técnico Jorge Jesus deixaria o Flamengo após sua esposa descobrir uma suposta traição no Rio de Janeiro. Também a que indicava que o ex-jogador do Corinthians Renê Júnior teria assumido namoro com a cantora Pabllo Vittar e, por fim, que o astro do Corinthians Fagner teria assumido um relacionamento com o também jogador Jadson quando os dois jogavam pelo clube paulista.

As acusações contra o técnico Alberto Valentim são gravíssimas e, até o momento, não existe nada que prove o que está sendo dito nas redes sociais. São apenas especulações e afirmações maldosas sem nenhum embasamento.

Resolvemos, então, procurar por mais informações sobre o assunto e para a surpresa de 0 pessoas, tanto o técnico Alberto Valentim quanto o Cuiabá desmentiram a história.

Em nota, a assessoria do Cuiabá negou que a diretoria tenha discutido com o técnico Alberto Valentim ao final do jogo. Além disso, a assessoria reforçou que nem o presidente Alessandro Dresch e muito menos o vice Cristiano Dresch entraram no vestiário após o final da partida. O clube ainda destacou que a demissão ocorreu após uma conversa amistosa entre técnico e diretoria. Leia:

O Cuiabá lamenta as inverdades que estão circulando nas redes sociais de uma suposta discussão no vestiário após o empate contra o Juventude, entre a diretoria, um atleta e o ex-treinador Alberto Valentim. O Cuiabá afirma que nada ocorreu. Apesar da saída de Valentim, o clima no vestiário era de tranquilidade sendo que nenhum tipo de discussão aconteceu. A diretoria não entrou no vestiário após o término da partida.

Por fim, o próprio técnico Alberto Valentim também desmentiu as informações. Além de negar toda a história, Valentim ainda ressaltou que sua equipe de advogados já está tomando providências sobre as fake news, relacionadas à sua vida pessoal, que estão circulando na internet. O técnico lamentou que informações falsas como essa estejam sendo compartilhadas e pediu respeito à sua família (em especial, à sua esposa). Leia:

Em resposta aos boatos inverídicos que estão sendo publicados utilizando meu nome, gostaria de esclarecer algumas questões. Em primeiro lugar, deixo claro que minha saída do Cuiabá, de forma invicta, não teve relação com nenhum dos fatos que estão sendo veiculados e me pronunciarei sobre isso no início da semana.

Não houve, a despeito do que vem sendo publicado, nenhum tipo de desentendimento entre algum atleta do time e eu. Jogadores esses que sempre nos ajudaram a fazer o melhor todos os dias e que demonstraram muita tristeza com minha saída.

Ainda sobre os absurdos que vêm sendo veiculados (Fake News), relacionados à minha vida pessoal, todo o meu desprezo e reafirmo que essas inverdades já foram repassadas à minha equipe de advogados para tomarmos as medidas cabíveis. Lamento muito a falta de respeito com minha família e esposa, com quem me acompanha e gosta de mim, e quem sabe da seriedade do meu trabalho.

Vale apontar que a pessoa das imagens sequer é o presidente do Cuiabá. Na realidade, quem está na foto é Aron Dresch (pai de Alessandro e Cristiano). No momento, ele é presidente da Federação Matogrossense de Futebol. Por sinal, ele também se pronunciou a respeito. Veja o que foi escrito:

FAKENEWS E O FUTEBOL. Neste domingo, 30 de maio, a nossa família foi impactada por milhares de mensagens contendo notícias falsas sendo espalhadas através das redes sociais e WhatsApp em todo o país. As pessoas não ligam se você tem família, se têm filhas ou de que maneira estas mentiras que espalham pode prejudicar o ambiente familiar. Preferem MENTIR atrás de likes.

Portanto, em resposta aos boatos INVERÍDICOS que estão sendo publicados denegrindo a nossa família, gostaríamos de esclarecer os fatos: Aron Dresch NÃO é presidente do Cuiabá e o motivo da demissão do técnico Alberto Valentim apontado por milhares de mensagens é FACTÓIDE. FAKENEWS.

Assusta-nos ver, que a sociedade, de maneira geral também de maneira irresponsável espalhou estas MENTIRAS sem checar a informação. Pedimos encarecidamente que somente espalhem a verdade. Não divulguem mais fakenews. Somos uma família extremamente reservada, mas achamos necessários vir a público negar todas as mentiras criminosas aos quais estamos envolvidas neste domingo.

Em resumo: a história que diz que o técnico Alberto Valentim teria sido demitido do Cuiabá após sair com a esposa do presidente do clube é falsa! Apesar das acusações maldosas, não existem elementos que possam provar a história. Até o momento, muito se fala e nada se mostra. Além disso, o próprio clube e o técnico Alberto Valentim desmentiram a informação. Ambos negaram a história e afirmaram que a demissão ocorreu de forma amistosa após uma conversa entre técnico e diretoria. Ou seja, a história não passa de boato (muito maldoso, por sinal). Não compartilhe!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Ps2: Confira a nossa nova seção “Oportunidades” clicando aqui. Na página, você pode acesso a promoções, descontos e sites que dão brindes.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3aIzl5T
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3w3sv3d
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3wa3LY1