Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Entretenimento > É falso que foi a revista Quem (da Globo) que teria pago a fiança de Daniel Alves na Espanha

É falso que foi a revista Quem (da Globo) que teria pago a fiança de Daniel Alves na Espanha

Revista Quem (Globo) pagou a fiança de Daniel Alves na Espanha, diz boato (Foto: Reprodução/X)

Boato – Foi a revista Quem (do Grupo Globo) que pagou a fiança de 1 milhão de euros de Daniel Alves.

Análise

Uma fala em um programa na Espanha tem causado muito debate em redes sociais. No programa Fiesta (da emissora Telecinco), foi dito que “foi descoberto” quem pagou a fiança de Daniel Alves na Espanha.

Quem? Quem. Isso. De acordo com uma jornalista espanhola, foi a revista brasileira Quem (do Grupo Globo) a financiadora da fiança de 1 milhão de euros. O valor seria despendido para “comprar” uma entrevista exclusiva com o jogador.

Vídeo: é falso que assalto foi realizado com camiseta no retrovisor de carro

Após a fala, diversos perfis em redes sociais (principalmente de pessoas que não nutrem simpatia pela mídia) começaram a apontar que a Globo teria financiado o jogador. Leia algumas das mensagens que circulam na internet:

Versão 1: Quer dizer q o grupo Globo defende Estuprador?! “A revista Quem, do grupo O Globo, pagou a fiança de 1 milhão de euros, o equivalente a R$ 5,4 milhões, de Daniel Alves, que foi condenado a 4 anos e meio de prisão por estupro”.

Versão 2: Sabem quem pagou a fiança de Daniel Alves para sair da cadeia após condenação de estupro ? A revistam QUEM do grupo Globo NÃO FOi Neymar como a globo e outras mídias insinuaram. Quer dizer que foi grupo Globo por meio da revista ? Quem poderia imaginar

Versão 3: Ora ora, ora. A revista “Quem?” do grupo Globo COMPROU a entrevista do Daniel Alves pagando o valor da fiança dele? Quer dizer que o jornalismo do grupo Globo é feito comprando entrevistados e não com informações realmente isentas? Se paga, escolhe o que é dito?

Checagem

Não demorou para a história se espalhar. Por isso, estamos aqui para fazer a checagem do conteúdo em questão. Faremos isso respondendo às seguintes perguntas: 1) É verdade que a Revista Quem pagou a fiança de Daniel Alves? 2) É costume no jornalismo brasileiro comprar entrevistas? 3) Quem então pagou a fiança de Daniel Alves?

É verdade que a Revista Quem pagou a fiança de Daniel Alves?

Não. Por mais que a história tenha saído em um canal de televisão, uma acusação grave como esta careceria de um mínimo caráter comprobatório. Além de não ter sido apresentada nenhuma prova, a acusação foi desmentida pela própria Quem e pelo Grupo Globo. Leia nota:

Sobre a fake news que está sendo compartilhada de que a Quem teria arcado com a fiança do jogador Daniel Alves, gostaríamos de esclarecer que a informação é mentirosa e não pagamos por qualquer reportagem produzida. Também nunca fomos procurados pelo programa ‘Fiesta’, da TV espanhola, para confirmação dos fatos. 

É costume no jornalismo brasileiro comprar entrevistas?

Há outro ponto que causa estranheza está na alegada prática. Pagar por “entrevistas exclusiva” (principalmente quando falamos de mídia especializada em celebridades) é algo comum em alguns países (como no Reino Unido). Porém, não é algo comum no jornalismo brasileiro.

Em outra nota, o Grupo Globo aponta que “seguimos acreditando que o bom jornalismo jamais terá espaço para reportagens pagas”. Além disso, é importante citar que, mesmo que alguém quisesse pagar por uma declaração de Daniel Alves, 1 milhão de euros seria um valor, com todo respeito, inflacionado. Nem se ele quisesse poderia fazer isso.

Quem então pagou a fiança de Daniel Alves?

Sabemos quem não pagou (como, por exemplo a revista Quem). Como o próprio Daniel Alves está com as contas bloqueadas pela Justiça por conta de uma disputa judicial com a ex-mulher, ele também não pode ter pago. Há diversas especulações que apontam para outros jogadores de futebol. Porém, não há uma resposta definitiva.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que a revista Quem, do Grupo Globo, tenha pago a fiança de Daniel Alves. A história surgiu de uma acusação sem provas, foi desmentida e não é balizada por dados reais.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610).