Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Entretenimento > Djavan declara apoio a Bolsonaro e diz que o Brasil vai dar certo em 2022 #boato

Djavan declara apoio a Bolsonaro e diz que o Brasil vai dar certo em 2022 #boato

Djavan declara apoio a Bolsonaro e diz que o Brasil vai dar certo em 2022, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – O cantor Djavan declarou apoio ao presidente Jair Bolsonaro ao dizer que é contra a Lei Rouanet, que está esperançoso e que o Brasil vai dar certo.

Na grande maioria dos casos, as fake news sobre apoio de artistas a políticos são retiradas “do nada”. Não é o caso da história de hoje, que surgiu de uma fala polêmica de Djavan e está sendo mal interpretada por algumas pessoas.

Uma imagem de Djavan com a mensagem “Ele é contra a Lei Rouanet. “Estou muito esperançoso com o governo Bolsonaro. O Brasil vai dar certo”, Djavan” começou a circular na internet e começou a ser apontava como uma demonstração de apoio do músico ao presidente e como se fosse de 2022.

Djavan declarou apoio a Bolsonaro e disse que o Brasil vai dar certo em 2022?

A mensagem se espalhou muito na internet. Porém, está ocorrendo uma interpretação errada da fala de Djavan. Interpretação que, por sinal, foi corrigida pelo próprio músico.

Vídeo: é falso que Aphelion chega amanhã e vai trazer frio

Tudo começou em 2018. Na época, Djavan deu uma entrevista à Folha de S.Paulo. A entrevista foi dada depois que Bolsonaro venceu as eleições, em novembro. Ele, de fato, deu a seguinte declaração sobre a Lei Rouanet:

Nunca usei e nunca vou usar. Não gosto de fazer show nem para prefeituras. Quem vai pagar? Se é o povo eu não quero. Rejeitei muito convite. Eu nunca usei porque não preciso e não acho que eu deva usar um dinheiro que pode ser melhor aplicado.

Em dezembro, um vídeo de uma declaração dele também começou a circular na internet. O teor do vídeo é o seguinte:

Eu estou muito esperançoso. Eu sou uma pessoa otimista. Eu tenho uma esperança de que o Brasil vai dar certo. Tudo o que acontece agora aponta para um futuro melhor. A gente não pode garantir, porque o governo ainda não está atuando, está apenas se formando, mas estou esperançoso

A fala foi interpretada como uma declaração de apoio a Bolsonaro e recebeu elogios (por parte de simpatizantes do presidente) e críticas (por parte de quem é contrário ao atual governante do país). Foi justamente com base neste contexto que a mensagem voltou a circular nos últimos. Só faltou “um detalhe”.

Entre o final de 2018 e começo de 2022, o próprio Djavan veio a público esclarecer que é falsa informação de que ele apoiaria Bolsonaro. Ele apontou que a fala ganhou uma conotação política que ele não desejava alcançar. Veja o que escreveu em 2021. Na imagem da postagem, havia um garrafal “Eu não apoio Bolsonaro”. Veja o que foi escrito:

Em 2018, tentaram me associar a esse governo por eu ter dito em entrevista que tinha esperança no futuro do Brasil. O futuro, para mim, pertence ao povo que sempre poderá buscar – nas ruas e nas urnas – as transformações sociais que farão do Brasil um país livre e próspero.

Depois de dizer algumas vezes que aquilo era mentira, eu percebi que de nada adiantaria: o desmentido na internet tem efeito contrário, coloca a mentira em evidência. Tenho décadas de vida pública e uma longa carreira, e quem me conhece sabe dos meus posicionamentos sobre política, problemas sociais, culturais, raciais, homofobia, xenofobia etc.

Por isso, é impossível haver qualquer compatibilidade entre mim e um governo errático, que tem atuado na contramão da ciência e que, sempre que pode, demonstra seu desprezo pela democracia. Não tem cabimento. Eu NÃO votei no Bolsonaro e NÃO apoio o seu governo. Djavan

Resumindo: nem a fala sobre “esperança” é recente tampouco é verdade que Djavan apoie Bolsonaro. O próprio músico apontou que a fala dele de 2018 foi politizada e que ele não votou no atual presidente.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3HIppbu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso