Claudia Abreu diz que foi torturada na Ditadura quando tinha 5 anos #boato

Boato – A atriz global Claudia Abreu contou que foi torturada durante a Ditadura Militar. Ela tinha apenas 5 anos quando isso aconteceu, em 1975.

Apesar do clima em Copa do Mundo, os outros assuntos da vida não deixaram de existir (embora até pareça de tanto que a galera está focada na Copa). A programação da Globo, por exemplo, segue com algumas alterações, mas temas como política e problemas sociais continuam fazendo parte da pauta dos telejornais.

Até o entretenimento encontra espaço para falar de temas mais sérios, mesmo agora. No último programa Altas Horas de 30 de junho, por exemplo, a atriz Claudia Abreu que era uma das convidadas falou abertamente sobre sua visão política. E, segundo uma montagem que estão compartilhando, ela contou em rede nacional que foi torturada durante a Ditadura, quando tinha apenas 5 anos. Com a legenda “QUE HISTÓRIA TRISTE! QUANTA CRUELDADE!”, a foto já ultrapassa os 24 mil compartilhamentos.

Além disso, um vídeo recortou a fala da atriz justificando que ela e o apresentador Sérgio Groisman abertamente criticaram o candidato à presidência, Jair Bolsonaro, durante o programa: “A atriz Cláudia Abreu e o apresentador Serginho Groisman detonam Bolsonaro, a extrema-direita e os apoiadores da volta da ditadura, no programa Altas horas”. O vídeo com essa legenda já coleciona mais de 17 mil visualizações. 

Claudia Abreu disse que foi torturada na Ditadura, quando tinha 5 anos?

Apesar dos comentários e do furor que o assunto está causando na internet, nada disso é verdade. Claudia Abreu não contou que foi torturada na Ditadura durante o programa Altas Horas e em lugar nenhum. Agora vamos entender.

Pois bem, fizemos o caminho mais simples para desmentir essa história. Fomos assistir ao programa Altas Horas que foi ao ar em 30 de junho, suposto dia da incrível revelação.  A atriz, em momento algum, fala sobre ter sido torturada. Nada. O que Claudia Abreu fez foi comentar com seriedade sobre ideias políticas conservadoras e sobre a importância do voto. De tanta repercussão que a suposta confissão de Claudia Abreu teve nas redes sociais, a própria atriz acabou desmentindo a história em seu Instagram:

FAKE NEWS!!! Não dei essa declaração! Sou contra esse comportamento agressivo em relação às pessoas que pensam de forma diferente. O fato de não estar de acordo com a extrema-direita não quer dizer que eu seja aliada a qualquer partido ou político em especial. Não sou, nem tenho candidato ainda. 

Sou livre para pensar com a minha cabeça e tive a coragem de expor o que eu penso, só isso. Agora ficou fácil atacar qualquer artista dizendo que todos “mamam” na Lei Rouanet. Discurso de ódio promovido por quem se aproveita dele. Respeito quem pensa diferente de mim, só peço que me respeitem também. Obrigada.

Sobre a história paralela de que Claudia Abreu e o apresentador Serginho Groisman criticaram o Bolsonaro, ela também não é verdadeira. Em nenhum momento durante a fala dos dois no programa eles citam o candidato. Ambos apenas alertam sobre os riscos que o país, com ideias extremamente conservadoras, corre de voltar a um período de privação de liberdade (como a Ditadura Militar, por exemplo).

Resumindo, a atriz Claudia Abreu (para os noveleiros, eterna intérprete da arquinimiga de Maria Clara Diniz) não disse que foi torturada na Ditadura quando tinha 5 anos. Ela realmente falou com mais seriedade sobre a extrema-direita e sobre a importância do voto, mas foi só. Fizeram uma montagem bem capenga e notavelmente falsa atribuindo declarações à atriz que ela não deu. Portanto, #boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

3 comentários em “Claudia Abreu diz que foi torturada na Ditadura quando tinha 5 anos #boato

  • 05/07/2018 em 10:13
    Permalink

    Antes do Altas Horas (e de qualquer outro programa da Globo) os convidados muito provavelmente já são instruídos a não citarem o nome de Jair Bolsonaro.

    Resposta
  • 04/07/2018 em 15:11
    Permalink

    Estranhamente ainda não apareceu ninguém com o “argumento” de: Ela não falou, mas poderia ter dito! Comunista!

    Estou no aguardo desses analfabetos…

    Resposta
  • 03/07/2018 em 21:15
    Permalink

    Parabéns por todas matérias. Muito coerentes e neutros em tudo que desmistificam. Abraços!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)