Chico Buarque escreve texto “A Classe Média está de Partida” #boato

Boato – Em texto, Chico Buarque afirma que classe média se despede da “ilusão que pertencia à elite” e outros privilégios e que “está de partida”. 

O furor político em que vive o Brasil nos últimos meses não tem sido brincadeira não. E todo esse cenário tem servido como embasamento para críticas de diversos lados do nosso polo político.

E se engana quem pensa que as palavras duras só vêm do anonimato. De acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, o cantor Chico Buarque teria se posicionado e escrito uma carta onde mostraria para classe média todos os privilégios que ela teria perdido.

De acordo com a carta, a classe média teria se despedido da “ilusão que pertencia à elite”. O texto ainda fala sobre os apartamentos adquiridos em zonas nobres, carros com prestações atrasadas, o sonho de fazer uma pós-graduação no exterior e a incerteza da aposentadoria. Confira:

A CLASSE MÉDIA ESTÁ DE PARTIDA (Chico Buarque de Holanda ). A classe média afivelou as malas. Vai fazer uma longa viagem e não sabe se volta (isso, se puder retornar ! ). Ela parte deixando para trás a ilusão que pertencia a elite e que imitando hábitos e trejeitos de uma casta superior poderia posar de rica. Se despede do apartamento de três quartos financiado na zona nobre da cidade. Na garagem fica o carro bacana com as prestações atrasadas. Adeus ao sonho de ver o filho formado fazer uma pós-graduação no exterior.

Ela embarca com a incerteza de adquirir a aposentadoria e sem saber se vai continuar a pagar o plano de saúde da família. Esse momento exige desapego dos mimos das grifes importadas, dos jantares creditados nos cartões, das viagens internacionais. A viagem de agora é pra ‘não sei pra onde’. A classe média tem um semblante de esposa traída, bem pior, o ex-marido já mantinha um casamento oficial, anterior ao dela. Muito duro. Difícil de acreditar. A classe média perdeu a voz, o ímpeto, a arrogância. Hoje anda disfarçada e correndo das câmaras de tv, das postagens indignadas nas redes sociais. Sumiu das ruas e das sacadas. A classe média se despede levando apenas duas coisas na mala: *uma camiseta da seleção brasileira e uma panela.* *Good bye.*

Chico Buarque escreveu texto “A Classe Média está de Partida”?

O texto tem dado o que falar nas redes sociais e acabou viralizando entre os internautas. De um lado, aqueles que apoiaram os supostos escritos de Chico Buarque. Do outro, aqueles que criticam a tomada de posição do cantor. Mas será que o texto realmente pertence a Chico Buarque? A resposta é não!

Vamos lá! Quando o assunto é atribuição de textos falsos à artistas, o nome de Chico Buarque quase lidera o ranking. A equipe do Boatos.org já desmentiu diversas histórias relacionadas a Chico Buarque, como o caso que afirmava que a música Desconstrução falaria sobre a prisão de Lula. Também a suposta declaração de que Chico não voltaria ao Brasil se Lula fosse preso e, por fim, a história que afirmava que o cantor recebia a chamada Bolsa Ditadura.

Vale ressaltar que o texto de hoje, ao contrário do que informa a publicação, começou a circular sob a autoria do poeta baiano Zuggi Almeida. Conforme o tempo foi passando, a carta se transformou em um “texto de Chico Buarque”.

Como já era de se esperar, o autor real do texto reivindicou a autoria da carta e publicou uma mensagem em seu Facebook falando sobre a fake news de que Chico Buarque teria escrito o texto.

Zuggi explicou que ter seu texto comparado ao autor de ‘Construção’ chega a inflar o ego, mas a história da carta não passa de mentira. O texto, aliás, foi publicado no dia 23 de outubro de 2016. Ou seja, além de não ter sido escrito por Chico Buarque, sequer é atual. Leia, com detalhes, o que ele disse:

FAKES DOMINICAIS. Ao acordar na manhã desse domingo recebi uma msg de um amigo querendo saber se um texto publicado nas redes sociais era da minha autoria ou numa referência fake, ao maioral Chico Buarque.
Aproximar a minha criação à obra grandiosa do autor de ‘Construção’ de certo modo infla o ego, se não fosse uma mentira. A publicação ‘ A Classe Média Está de Partida’ você encontra na minha página no Facebook.

Em resumo: a história que diz que Chico Buarque escreveu texto “A Classe Média está de Partida” é falsa! O texto, na realidade, foi escrito por Zuggi Almeida e publicado em outubro de 2016. O autor da carta, inclusive, fez questão de desmentir toda a história. Ou seja, o caso não passa de balela e não tem nada a ver com o Chico Buarque. Não compartilhe!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)