Bolsonaro descobre que Roberto Carlos usou Lei Rouanet e tira coroa do rei #boato

Boato – Roberto Carlos usou R$ 150 milhões da Lei Rouanet para cruzeiro. Bolsonaro descobriu tudo e mandou tirar a coroa do “rei”.

É fato que os boateiros de plantão têm uma criatividade sem limites quando se trata de espalhar histórias falsas por aí. A mais nova moda está em um canal do Youtube que está “vomitando” fake news relacionadas a ações de Bolsonaro contra artistas que teriam sido beneficiados pela Lei Rouanet.

Enquanto o “jênio” não é banido do Youtube, a gente vai desmentindo as “bombas” vindas de lá. Já falamos do caso de Bolsonaro mandar Luciano Huck devolver milhões. Agora, vamos falar do “rei” (ou ex-rei, de acordo com a mensagem) Roberto Carlos.

De acordo com o vídeo (que não vamos exibir aqui), Bolsonaro teria descoberto que Roberto Carlos teria usado milhões de reais da Lei Rouanet para o seu show em cruzeiros e mandou “tirar a coroa” dele (seja lá o que isso signifique).

Depois que o vídeo viralizou por aí, uma segunda informação começou a viralizar. Por meio de posts no Facebook com alguns milhares de compartilhamentos, algumas pessoas “ignoraram o papo de coroa” e adicionaram um valor no dinheiro tirado para o cruzeiro: R$ 150 milhões. Leia as mensagens que circulam online e a transcrição do vídeo:

Versão 1: Estou pasma! Sabe quanto, o “Rei” Roberto Carlos, tirou da Lei Rouanet, para aqueles shows nos cruzeiros, etc? 150 milhões! Versão 2: BOLSONARO DECIDE TIRAR COROA DO “REI” ROBERTO CARLOS. Bolsonaro tomou uma atitude e tirou a coroa do Rei Roberto Carlos.

Transcrição do vídeo: A lista dos artistas beneficiados pela Lei Rouanet só cresce. Mas a grande surpresa é de que ninguém menos do que Roberto Carlos é alvo de Bolsonaro. O presidente Bolsonaro descobriu mamatas e resolveu tirar o posto de rei do cantor Roberto Carlos e por um bom motivo. Bolsonaro descobriu que Roberto Carlos é um dos grandes beneficiários da Lei Rouanet desde a sua criação, em 1991.

Somente para uma exposição foram captados R$ 1 milhão de dinheiro público. Roberto Carlos também foi investigado pela Polícia Federal na Operação Boca Livre, onde o cantor havia sido contratado com dinheiro desviado da Lei Rouanet, segundo matéria publicada na revista Veja. […]

Cruzeiro em alto mar de luxo, especial de fim de ano na Globo sendo bancados com o nosso dinheiro. Isso é um absurdo. Por isso, não sobra dinheiro. Os artistas que deveriam dar exemplo são os principais sugadores do dinheiro do povo. Mas Bolsonaro já mandou avisar que a mamata está acabando. […]

Bolsonaro tirou a coroa de Roberto Carlos por causa da Lei Rouanet?

O vídeo teve mais de um milhão de visualizações. As mensagens tiveram alguns milhares de compartilhamentos. Mas será mesmo que a tal história procede? A resposta é não. Vamos aos fatos.

O primeiro fator que elimina toda a história está na fonte da informação. Tanto a mensagem quanto o vídeo carregam as principais características de boatos online: vagos, alarmistas, com erros de português, pedido de compartilhamento e sem citar fontes confiáveis.

Na verdade, o vídeo até cita fontes confiáveis. Porém, as distorce. Ao citar a exposição de Roberto Carlos que usou dinheiro da Lei Rouanet, ele falhou em dois detalhes. Nem Bolsonaro “descobriu isso” (até porque é fato público) nem há qualquer ilegalidade. Tanto que o próprio site do Ministério da Cultura fala da exposição e do serviço prestado por ela.

Sobre a Operação Boca Livre também há distorções. A principal delas é desmentida na própria matéria da Veja citada pelo vídeo. Ela esclarece que os artistas não tinham conhecimento de quaisquer irregularidades. Eles apenas eram contratados.

Outra mentira descrita no vídeo é a que aponta que Bolsonaro se manifestou contra Roberto Carlos. Assim como nos outros vídeos publicados pelo mesmo canal, o presidente eleito não se prestou a falar nada sobre o cantor e tampouco falou em “tirar a coroa dele” (como se pudesse). Ao buscar sobre qualquer manifestação de Bolsonaro sobre Roberto Carlos e Lei Rouanet, nada encontramos.

Por fim, a balela que ficou por conta do post do Facebook (influenciado pelo vídeo, que falou que o especial de fim de ano e o cruzeiro do cantor são pagos com a Lei Rouanet). Além de o valor ser absurdo (muito acima de qualquer estimativa de faturamento), o próprio site do Projeto Emoções aponta que não há dinheiro de Lei de Incentivo à Cultura (se houvesse, isso teria que ser público).

Resumindo: a história que aponta que Bolsonaro vai tirar a coroa de Roberto Carlos por causa do uso da Lei Rouanet é falsa. Também é falsa a acusação de R$ 150 milhões usados pelo cruzeiro do rei. São duas informações falsas que circulam na internet.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

2 comentários em “Bolsonaro descobre que Roberto Carlos usou Lei Rouanet e tira coroa do rei #boato

  • 07/12/2018 em 00:50
    Permalink

    Roberto Carlos cantor
    Não precisa disso o transatlântico ele tem 70% das ações, isso é para quem não tem o que fazer ai já não é boato é fofoca mesmo,
    Roberto Carlos nunca teve o seu nome envolvido em escândalos de corrupção ele não precisa disso, e por isso está fazendo sucesso por tempo indeterminado amém Sr Jesus Cristo abençoe sempre

    Resposta
  • 03/12/2018 em 12:04
    Permalink

    Quem colocou a “coroa” no “rei”? Acredito que somente quem colocou, pode tirar.
    Quanto à Lei Rouanet, acredito que será revista pelo novo Presidente, assim que assumir.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)