Asterix previu a chegada do coronavírus em livro de 1981 #boato

Boato – Em história em quadrinhos do Asterix, em 1981, personagem romano chamado Coronavírus previu o surto da doença. 

Depois de muito tempo tentando evitar a chegada do coronavírus no país, o Brasil registrou seus primeiros casos, de brasileiros que visitaram a Itália nos últimos dias.

Fora da China, onde a situação parece estar controlada (inclusive, com a redução do número de infectados), o assunto ainda preocupa, especialmente na Itália.

E de acordo com uma história que anda circulando por aí, a história em quadrinhos do Asterix teria previsto há muito tempo o surto de coronavírus. A prova estaria no conteúdo de uma edição em 1981. Segundo a publicação, o cocheiro romano na saga “Asterix e a corrida de carros” se chamava Coronavírus. Além disso, de acordo com a história, ele também usaria uma máscara. Confira:

Versão 1: “Amenidades: De Teresinha Guimaraes: Qual era o nome do cocheiro romano em Astérix e a corrida de carros? Curiosamente, era o Coronavírus e também usava uma máscara. Eu pensei que isso era bom demais para não compartilhar. Incrível, não é ?! ??? O livro foi publicado em 1981”. Versão 2: “Partilhado da amiga Teresa Martins. O nome do cocheiro romano do Asterix chamava se CORONAVIRUS e ja usavs mascara. A edição do livro é de 1981”.

Asterix previu a chegada do coronavírus em livro de 1981?

As imagens dos quadrinhos que estão circulando nas redes sociais são realmente impressionantes. Mas será que essa história de que o HQ do Asterix teria previsto o surto de coronavírus em 1981 é real? Não é!

Vamos aos fatos! Uma rápida leitura é o suficiente para ficarmos com a pulga atrás da orelha. A publicação apresenta diversas características de boatos online, como o caráter vago (sequer mostra a página de referência para mostrar o ano do HQ), alarmista, possui erros de português e não cita fontes confiáveis.

Além disso, temos vários exemplos de supostos casos de previsões que não foram bem assim. Recentemente, a equipe do Boatos.org desmentiu a história de que o livro The Eyes of Darkness, em 1981, teria previsto o coronavírus. Também a que indicava que o seriado Os Simpsons teria previsto a criação de Pokémon Go e, por fim, a história que apontava que o seriado Os Simpsons também teria previsto a lesão de Neymar na Copa do Mundo de 2014.

Pois bem, assim como a história de que o livro The Eyes of Darkness teria previsto o novo vírus, o caso do HQ do Asterix também cita o ano de 1981. Acontece que, apesar de verdadeira, essa história não ocorreu no ano mencionado e muito menos previu o coronavírus.

Em 2017, um vilão mascarado chamado Coronavírus apareceu durante a corrida Transitálica da saga “Asterix na Itália” do HQ do Asterix e Obelix. Porém, a máscara dourada do vilão não tem nada a ver com o vírus, mas sim com um disfarce. Na história, Coronavírus, na realidade, era o imperador Júlio César disfarçado.

Vale ressaltar também que, em 2017, o nome coronavírus já era bastante conhecida entre os pesquisadores e a sociedade. Isso porque, em 2002 e 2012, dois outros tipos de coronavírus causaram infecções graves, como a síndrome respiratória aguda grave (SARS), em 2002, e síndrome respiratória do Oriente Médio (MERS), em 2012.

Além disso, em 2017, o nome dos vilões em “Asterix na Itália” foram inspirados em microorganismos. Prova disso é que o ajudante do vilão mascarado era “bacilo”.

As coincidências, porém, acabam por aí. Como é possível ver no HQ, o caso não tem nada a ver com o vírus nas pessoas e trata-se apenas de uma corrida. Para finalizar, aqui no Brasil o site de fact-checking e-farsas também fez questão de desmentir o assunto e explicou detalhadamente o porquê da história ser falsa.

Em resumo: a história que diz que a história em quadrinhos do Asterix teria previsto o surto de coronavírus em 1981 é falsa! O HQ, de fato, existiu, mas não é de 1981. Ele foi publicado em 2017. Além disso, o HQ tampouco inventou o coronavírus. O personagem foi criado bem depois dos surtos de SARS e MERS (doenças oriundas de outros tipos de coronavírus). Ou seja, tudo não passa de boato. Até a próxima!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/39geJ2p
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)