Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Entretenimento > Vídeo de artistas pedindo “fique em casa” não foi gravado para o 7 de setembro de 2023

Vídeo de artistas pedindo “fique em casa” não foi gravado para o 7 de setembro de 2023

Artistas gravam vídeo pedindo “fique em casa” no 7 de setembro de 2023, diz boato (Foto: Reprodução/Twitter)

Boato – Artistas gravaram um vídeo pedindo o “fique em casa” para o 7 de setembro de 2023.

  Análise

Às vésperas do 7 de setembro de 2023, pessoas que não nutrem simpatia pelo governo Lula estão viralizando uma mensagem que aponta que artistas teriam aderido à campanha “fique em casa” no 7 de setembro.

Um vídeo com uma série de artistas da Globo, músicos, esportistas e apresentadores está circulando junto com legendas que apontam que seria uma campanha para que as pessoas não irem ao desfile de 7 de setembro de 2023. Leia algumas das mensagens que circulam online e assista ao vídeo:

Vídeo: É falso que vacina da gripe tenha "vírus do câncer"

Versão 1: RECADO DOS ARTISTAS, NO DIA 07 DE SETEMBRO DE 2023. #FICAEMCASA E JÁ ME SEGUE Versão 2: O 7 DE SETEMBRO VERMELHO,ESTÁ INDO PARA O BURACO,FIQUE EM CASA.

@joridf #ficaemcasa ♬ som original – Jori de Souza

Checagem

Na parte da checagem, vamos responder a algumas questões. A primeira delas é se os artistas em questão gravaram um vídeo para o “fique em casa” no 7 de setembro de 2023. A segunda é quando foi gravado o tal vídeo do “fique em casa”. A terceira é se o movimento que fala para as pessoas não irem nas festividades será efetivo.

Os artistas em questão gravaram um vídeo para o “fique em casa” no 7 de setembro de 2023?

Não gravaram. Apesar de vermos um movimento forte de setores que fazem oposição a Lula para que não se prestigie a cerimônia do 7 de setembro de 2023, os artistas não se posicionaram a respeito disso. Até porque o vídeo foi gravado para outra ocasião.

Quando foi gravado o tal vídeo do “fique em casa”?

O vídeo é, na realidade, de março de 2020. Na ocasião, artistas como Ivete Sangalo, Milton Nascimento, Adriana Esteves, Caetano Veloso e outros gravaram um vídeo falando a frase “fique em casa” para que as pessoas evitassem a disseminação da Covid-19. Não tem nada de política ou 7 de setembro no vídeo.

O movimento que fala para as pessoas não irem nas festividades será efetivo?

Na realidade, a perspectiva é que, naturalmente, a edição de 2023 do 7 de setembro seja menor do que as de outros anos. Em 2021 e 2022, Bolsonaro se utilizou da data como um evento político (sendo que em 2021 se promoveu um golpe). Isso fez com que simpatizantes dele fossem às ruas.

Agora em 2023, a situação é outra. Para começar, o evento em Brasília e outras cidades será protocolar (apenas para comemorar a data). Além disso, o perfil de público de Lula é distinto do que Bolsonaro (muito mais simpático a atividades cívicas e de Forças de Segurança). Ou seja: mesmo se não tivesse campanha, haveria um público menor.

Sabendo disso, estão malandramente promovendo o tal “fique em casa” para, depois do 7 de setembro, falarem que as pessoas não foram no Dia da Independência por conta de um “protesto contra Lula”. Pelo menos no uso político, a campanha vai funcionar (mesmo que não se precisasse dela e nem seria preciso lançar mão de fake news como a deste texto).

Conclusão

Fake news ❌

É falso que artistas estão promovendo uma campanha de boicote ao 7 de setembro pedindo para as pessoas ficarem em casa. Trata-se de uma fake news que se utiliza de um vídeo de 2020 relacionado à pandemia.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm