Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Brasil > Não há provas de que velhinha esteja aplicando “novo golpe” para assaltar no estacionamento do Atacadão ou Carrefour

Não há provas de que velhinha esteja aplicando “novo golpe” para assaltar no estacionamento do Atacadão ou Carrefour

Velhinha está aplicando golpe para assaltar carros no estacionamento do Atacadão (Carrefour), diz boato (Foto: Reprodução/Facebook)

Boato – Um novo golpe está sendo aplicado no estacionamento do Atacadão e do Carrefour. Nele, uma velhinha serve como isca para que seja realizado um sequestro.

  Introdução

Um dos tipos de conteúdos mais difíceis de se desmentir são os que visam “denunciar” golpes do cotidiano. Os motivos são dois: 1) Normalmente, as mensagens são tão genéricas que fica difícil verificar se ocorreu. 2) Muitas vezes, algum conteúdo viral pode “dar ideia” e fazer com que boatos virem realidade. Mesmo assim, vamos tentar verificar uma mensagem que viralizou nos últimos tempos.

Está circulando na Internet um vídeo no qual um homem afirma que quase foi assaltado por uma velhinha no estacionamento do Atacadão em Jacareí.  No relato, ele fala sobre um suposto modus operandi de assalto que envolveria uma interpretação da velhinha para que um homem armado o rendesse. Leia a transcrição do vídeo:

Vídeo: é falso que assalto foi realizado com camiseta no retrovisor de carro

Aí fazer um vídeo aqui agora pra tentar alertar. Espero que esse vídeo chegue bastante gente cara que é pra alertar mesmo. Eu quase quase tomei um golpe agora ali no estacionamento do Atacadão aqui em Jacareí liberando a Dutra. Eu fiz a compra com a minha esposa e a gente tava, chegamos até o carro, abriu o porta-malas, tava colocando a compra no carro para um Onix azul com uma senhora dirigindo, ela desce do carro, largou a porta aberta e o carro ligado, o que já me chamou muita atenção o vidro traseiro do lado nosso tava um tanto assim aberto, aí ela chegou pra mim e falou assim, cê entende carro?

É porque meu carro acendeu uma luz no painel, cê não pode dar uma olhada pra mim que eu tô com compra dentro do carro e pode estragar a compra e tal aí eu peguei e falei na hora cara como se Deus avisasse, né? Deus avisa a gente, né? E na hora eu me toquei, eu falei cara isso é golpe, tá estranho isso daí. Então assim galera, qual que é o golpe? Ela desce, uma velinha muito solista, muito boazinha, né deixa o carro ligado, a porta do carro aberta e fala ó, tem uma luz no meu no painel do meu carro que acendeu, cê não pode dar uma olhada pra mim, cê entende carro, cê é homem, né você vai, entra dentro do carro, a hora que cê entra dentro do carro, atrás escondido aqui no banco traseiro, tem um cara um sujeito armado, ele vai e coloca a arma aqui atrás de você e já dá a voz de assalto, tendeu pra você, dirige, isso é um assalto, OK?

A velinha entra no seu carro, no caso ali ela ia fechar o porta-malas, botar a minha esposa, a Luciana dentro do carro, ia dirigir o meu carro, entendeu? Enquanto eu ia dirigir o carro dela com o cara apontando a arma pra mim aqui no banco de trás beleza? O cara tava escondido, é óbvio, né? Eu na hora me toquei desse golpe, que eu já vi isso daí na internet uma vez, uma vez até um delegado amigo meu, comentou comigo, né? Ele ele é de Curitiba, ele falou que tava tendo esses golpes lá e ele comentou comigo que esses golpes rapidinho ia espalhar pelo Brasil todo, na hora me toquei cara e lógico que eu não fui até o carro. Ela insistiu pra mim ir, falou que tava com compra no carro, que precisava que o carro funcionasse direito, senão as compra dela ia estragar eu desconversei rapidinho, fechei o porta-malas, botei a minha esposa dentro do carro e ó, dei o pé de lá, entendeu?

Já liguei pro um nove zero, já avisei, pedi pra eles fazerem uma averiguação, mas eu tô fazendo esse vídeo pra poder avisar, gente, porque ali é Dutra, tá? Atacadão de Jacareí, aqui liberando a Dutra ali. Meu amigo, Cê for assaltado ali cara, cê caiu na Dutra ali parceiro, lado direito, Rio de Janeiro, lado esquerdo, São Paulo, nunca mais ninguém te vê, beleza? Então, fica o alerta, cuidado. Chegar alguém com esse papinho furado. Não entre dentro do carro, não ajude, não faça nada, tá? Pega seu carro, sua família ou quem tiver com você e segue teu rumo, beleza? E se possível avise a polícia. É isso aí

  Análise

A mensagem tem muitas características de fake news como o tom alarmista, os erros de português e a falta de citação de fontes confiáveis que comprovem a veracidade da informação. Além disso, relatos de supostos crimes, periodicamente, viram notícia aqui no Boatos.org.

Já desmentimos, por exemplo, outras histórias sem provas que falavam se assaltos no estacionamento do Atacadão, sobre supostos assaltos usando ovos e também usando crianças e idosos chorando.  Na parte da checagem, vamos avaliar as seguintes questões: 1) O relato da pessoa sobre o assalto no Atacadão de Jacareí com a velhinha é real? 2) O relato prova que esteja ocorrendo um golpe sistemático de assaltos utilizando uma velhinha como isca no Atacadão ou Carrefour? 3) É possível tirar alguma lição do relato?

Checagem

O relato da pessoa sobre o assalto no Atacadão de Jacareí com a velhinha é real?

Não é possível dizer. Dando o benefício da dúvida, podemos, sim, confiar que tenha ocorrido o tal pedido da velhinha e a negativa dele. Porém, tudo que ele fala sobre um homem estar escondido não passa de conjectura já que o golpe não se concretizou.

O relato prova que esteja ocorrendo um golpe sistemático de assaltos utilizando uma velhinha como isca no Atacadão ou Carrefour?

Não prova. Na realidade, a “não comprovação ” é reforçada por um fator extra: não encontramos um relato em fonte confiável que apontasse para essa técnica de assalto (seja no Atacadão ou outro lugar).

É possível tirar alguma lição do relato?

De fato, há coisas boas no que a pessoa diz. Talvez a melhor é que você não deve se expor ao risco se achar que não ha condição de segurança. No caso descrito, se você estiver em um lugar ermo, o melhor a fazer é não descer do carro para ajudar alguém (seja uma velhinha ou outra pessoa).

Há outra coisa: tome cuidado para não deixar de exercitar a gentileza. Se você acha que pode ajudar alguém é esta em situação de segurança, não é de bom grado sair ignorando por aí. Pode ser que, de fato, uma velhinha esteja precisando de sua ajuda.

Conclusão

Boato sem comprovação ❌

A história é tão genérica que vamos classificar como boato sem comprovação. As informações dadas e uma busca sobre o assunto mostram que não há como cravar que velhinhas estejam assaltando pessoas em supermercados Brasil afora.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube https://bit.ly/3vZsrnd
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3ounmCN
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai http://bit.ly/3zGePPm