Se tornar pai ou mãe, é o grande presente da vida: boato alerta para grupo no Facebook que lida com pedofilia #boato

Boato – Grupo fechado do Facebook chamado “Se tornar pai ou mãe, é o grande presente da vida” é na verdade para pessoas que praticam pedofilia

Uma mensagem que voltou a circular no Facebook no mês de agosto de 2013 alerta os usuários para um perigo iminente. A mensagem, que pode ser lida logo abaixo, é curta, grossa e alarmante. Ela fala de um grupo no Facebook usado por pedófilos. Leia a mensagem:

URGENTE! Galera do Face, cuidado. Atenção!!! Não participem de um grupo criado e que se chama: “Se tornar pai ou mãe, é o grande presente da vida”. Este é um grupo criado por pedófilos, para terem acesso às fotos. Por favor, compartilhem esta mensagem na sua página. Tendo filhos ou não…. OBS: Quem informou foi a promotoria da Infância e Juventude. Ajudem a divulgar…

As características do texto são clássicas de um hoax: com letras maiúsculas, muitos pontos de exclamação, erros ortográficos e sem muitas fontes. A única citada é a “promotoria da Infância e Juventude”. Infelizmente, o texto não diz sequer de que cidade é o órgão.

Vamos aos fatos. Ao colocar o nome da página no Google, é possível encontrar muitas postagens do ano de 2011 sobre o assunto. Uma reportagem da Folha afirma que havia até uma denúncia na Safernet contra a página (que pode ter sido feita por alguma pessoa enganada pelo hoax). Ao buscar algum eventual alerta da “promotoria da Infância e Juventude” sobre páginas do Facebook nada é encontrado.

No Facebook, realmente há um grupo chamado “Se tornar pai ou mãe, é o grande presente da vida”. Para investigar, entrei no grupo fechado. Em menos de duas horas, fui aceito. Ao olhar às páginas, nada de anormal. Apenas conteúdo de baixíssima qualidade como links de notícias sensacionalistas e pessoas acusando a página de pedofolia.

Agora o detalhe que derruba a tese. A página foi criada em abril de 2013. Muito depois das denúncias contra a página existirem. Ou seja, se algum dia existiu uma página que lidava com pedofilia, não é a que está no Facebook. Mais um detalhe. Com o volume de informações que o Facebook recolhe dos usuários, é improvável que alguém use a rede para fotos que envolvam pedofilia. Esses detalhes levam a crer que se trata de um boato.

Uma última observação. A mensagem alarmista tem erros crassos de vírgula. O nome da página no Facebook “Se tornar pai ou mãe, é o grande presente da vida” também separa sujeito e verbo de forma errada na frase. Conclusão: temos dois casos de pessoas que não sabem usar vírgula ou o nome da página e o texto foram criados pela mesma pessoa.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)