Quadrilha envia cartas em nome da Comgás para assaltar condomínios em SP #boato

Boato – Bandidos estão enviando cartas em nome da empresa Comgás para realizar assaltos em condomínios na cidade de São Paulo.

Que os índices de violência no Brasil são alarmantes, muita gente já sabe. Também é sabido que a criatividade de alguns meliantes é imensa. E são justamente esses dois fatos que estão fazendo um alerta se espalhar na internet.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org Siga o Boatos.org no Twitter: Se inscreva no nosso canal no Youtube

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/36nlVru

Confira o nosso Instagram:

Instagram

De acordo com publicações no Facebook, o nome da Comgás (empresa que fornece gás encanado em São Paulo) estaria sendo utilizada para bandidos realizarem assaltos. Um alerta aponta que uma “nova quadrilha” está enviando cartas em nome das empresa para entrar em condomínios e fazer a festa. Leia a mensagem que circula online:

Atenção total !!! Uma nova quadrilha está enviando cartas aos condomínios em nome da Comgás agendando datas específicas de manutenção conforme carta abaixo. Se isso ocorrer avise a polícia imediatamente!!! Compartilhem para que todos saibam deste novo tipo de arrastão com hora marcada !!!!

Quadrilha envia cartas em nome da Comgás para assaltar condomínios em SP?

É claro que o medo do que poderia acontecer fez com que muitas pessoas saíssem compartilhando a informação por aí. Mas será mesmo que a carta em questão foi enviada para bandidos realizarem assaltos? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Antes de falar do boato em si, precisamos fazer uma ressalva. Apesar de o caso em questão ser falso, a nossa recomendação é que você entre em contato com a empresa sempre que receber um aviso deste tipo. É importante frisar que você deve buscar os telefones em documentos oficiais (contrato, contas etc) ou buscar no site oficial das instituições. Se houver algum contato da empresa na carta enviada, verifique se é mesmo real.

Se a pessoa que publicou a informação tivesse feito isso, ela saberia que não se trata de “carta de uma quadrilha”. Falamos isso, porque, ao ter acesso à mensagem (que tem algumas das principais características de boatos online), fomos informados que, de fato, a carta com o “aviso de manutenção” foi enviado pela empresa. Leia:

Pergunta: Caros. Sou Edgard, do site Boatos.org. Gostaria de saber se essa informação procede (link da publicação). Resposta 1: Oi, Edgar, vamos alertar nosso relacionamento. Pode deixar um contato telefônico pra gente? Resposta 2: Oi, Edgar, verificamos internamente e esse aviso é da Comgás, sim, inclusive essa manutenção já foi realizada na data de ontem.

Ao verificar uma das publicações que mais viralizaram em redes sociais, encontramos comentários confirmando que a carta era mesmo da Comgás. Leia:

Resposta 1: Boa tarde, acabei de falar com uma moradora do endereço indicado na Carta. Relamente ficaram com bastante assustados com a possibilidade de assalto, chamaram a polícia e etc… no final, realmente veio uma equipe da Comgás fazer uma obra na frente do prédio. Nada de assalto ou arrastão! Peço q averiguem as notícias antes de repassar ao público em geral para não causar desesperos injustificados e que vocês não percam a credibilidade de adquiriram!

Resposta 2: Gente é importante confirmar isso realmente ligando lá, eu trabalhei na Comgas e de fato eles costumam enviar este tipo de correspondência. Resposta 3: No meu prédio a congas realmente mandou a correspondência para revisão e manutenção. O Zelador acompanhou todo o trabalho. Foi bom.

Então é isso. De fato, é preciso cautela. Mas a realidade é que a informação que aponta que o aviso em questão foi enviado por uma “nova quadrilha” é falsa. O aviso de manutenção foi mesmo enviado (e confirmado) pela Comgás. Fim de papo.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)