Polícia bate continência para manifestantes em São Paulo #boato

Boato – Policiais militares de São Paulo bateram continência para manifestantes durante protesto na Avenida Paulista.

Será que policiais bateram continência para manifestantes
Será que policiais bateram continência para manifestantes

A crise política e os protestos de rua têm tomado conta de noticiários e da internet. Com cada um defendendo o seu lado, qualquer informação pode ser combustível. A última delas que surgiu online dá conta que a Polícia Militar de São Paulo bateu continência para manifestantes na Avenida Paulista. Leia só e assista ao vídeo:

Polícia militar presta continência para o povo na paulista hoje. É de se arrepiar, que cena mais linda.

Polícia Militar do Estado de São Paulo bate continência para o povo na Av. Paulista

O que não tem faltado na internet nestes últimos dias é boato. Para desvendar mais esta história, pedimos ajuda dos leitores do Boatos.org por meio da nossa Página do Facebook Você Desvenda. Fizemos três perguntas:

– Quando que o vídeo foi filmado?

Tínhamos a suspeita que o vídeo foi feito durante uma homenagem no dia 13 a um companheiro morto. A suspeita foi confirmada pelo leitor André Cintra. Ele postou os seguintes detalhes:

Caso de PM´s Prestarem Continência para População. Pelo que venho procurado, como tentativa de esclarecimento para este site, venho a passar as seguintes informações. O caso no vídeo foi uma homenagem a um Policial Militar. Nome do homenageado: Ernaldo César Marcondes Júnior. 

A dúvida foi sepultada com o link enviado pelo leitor Carlos Oliveira. É de uma postagem do Terceiro Batalhão de Choque PMESP. É do mesmo vídeo, só que compartilhado no dia 14.

– Os policiais, de fato, bateram continência para manifestantes?

Não. Foi, de fato, uma homenagem a um colega morto.

– Pode um militar bater continência para civis?

A resposta para a terceira pergunta pode estar aqui. Como o texto é um tanto quanto antigo, fica a dúvida.

Ella é o signal de respeito dado pelo militar individualmente a seus camaradas, – superiores, iguaes ou subordinados, – ás autoridades, á bandeira ou ao hymno nacional, á tropa, na conformidade deste regulamento, ou dado collectivamente pela tropa nas mesmas condições.

O editor do Boatos.org tem uma irmã que é policial. De acordo com ela, o policial pode prestar continência “para quem quiser, pois é um cumprimento militar. Mas para autoridades obrigatoriamente”.

Independente da obrigação ou não, o fato é que os policiais de SP não prestaram continência para manifestantes. O que fizeram foi uma homenagem a um colega morto.

Em tempo: O Globo deu a informação que policiais de Brasília prestaram continência para manifestantes. E agora, será verdade? Ajudem aí. 

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)