Peixes e camarões frescos são jogados fora por fiscais corruptos de estados do Sul do Brasil, mostra vídeo #boato

Boato – Peixes e camarões frescos estão sendo jogados fora por fiscais corruptos de estados do Sul do Brasil, mesmo com nota fiscal. Eles estão usando de abuso de autoridade para acabar com o trabalho dos pequenos pescadores.

Se por um lado a internet chegou para dar mais protagonismo e influência política dos cidadãos, você já deve ter notado que há também um lado bastante negativo disso, principalmente quando o assunto é política: eles compartilham notícias falsas ou distorcidas de um fato para defender uma ideologia, “político de estimação”, para se beneficiar de alguma situação ou fazer falsas denúncias, gerando uma cadeia de desinformação nas redes sociais.

E o desmentido de hoje é mais uma prova de tudo isso. Recentemente, um vídeo que começou a circular no Facebook denuncia que peixes e camarões frescos supostamente estão sendo jogados fora por fiscais corruptos de estados do Sul do Brasil todos os dias, mesmo com nota fiscal. De acordo com o texto que aparece junto às imagens (e com música comovente ao fundo), eles estariam usando de abuso de autoridade para acabar com o trabalho de pescadores do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Há também vários apelos durante o vídeo para que os internautas ajudem o material a chegar ao presidente Bolsonaro, para que ele “passe a limpo o Brasil” e acabe com os sindicatos de pesca, que “são todos da esquerda” e estariam envolvidos em uma máfia com atacadistas para apreender os pescados de pequenos produtores. Confira, a seguir, o vídeo em questão, o texto original da publicação que está o compartilhando e o texto que aparece nas imagens:

Texto da publicação: SOCORRO PRESIDENTE ESTÁO JOGANDO TONELADAS DE PEIXE NO LIXO. PARA FERRAR OS PEQUENOS COMERCIANTES Texto do vídeo: FAÇA CHEGAR A BOLSONARO Socorro Bolsonaro Sao vários carros de peixes frescos e camarões jogados todos os dias por fiscais corruptos se molhar a mão eles deixam passar Santa Catarina e Rio Grande do Sul Estao usando abuso de autoridade Bolsonaro, Troque a direção dos órgãos pois são todos um complô da esquerda! sao centenas de toneladas de peixes e camarão frecos jogados nos rios, no mar e no lixo toda semana Mesmo com nota fiscal Sao bem refrigerados, mas eles recebem de grandes atacadistas para apreender os pequenos produtores para segurar o preço alto Alem disso nos tres Estados é uma indústria do defeso, até cabeleireiro e taxistas recebe sindicatos de pesca tb são da esquerda passa o Brasil a limpa Bolsonaro Também um forte Qartel nos Portos dos três Estados SOS PESCA, PARANÁ SANTA CATARINA E RIO GRANDE DO SUL A máfia manda aqui Socorro Bolsonaro

Vídeo mostra peixes e camarões frescos sendo jogados fora por fiscais corruptos de estados do Sul do Brasil?

O vídeo tem mesmo um apelo triste e, por comover muitas pessoas, acabou viralizando na internet. Porém, a história não é bem assim. Para começar, a mensagem que está sendo compartilhada carrega todas as características de fake news: é vaga (não diz quando aconteceu o suposto descarte dos pescados), alarmista (tem o intuito de causar comoção e gerar compartilhamentos), possui vários erros de português e não cita fontes confiáveis que possam confirmar a tal situação.

Além disso, ao buscarmos sobre a história, descobrimos que nem é do Sul do país, mas sim, da cidade de Cachoeiro de Itapemirim, no sul do Espírito Santo; e tampouco (aparentemente) os fiscais são corruptos. Isso porque, se fossem, teriam aceitado (ou sugerido) propina e liberado os frutos do mar, já que a carga estava avaliada em R$ 100 mil.

Também não há certeza de que o produto estava próprio para venda e consumo. Na ocasião, os peixes e camarões foram jogados fora por não terem o selo do Serviço de Inspeção Federal (SIF), que assegura a qualidade dos produtos de origem animal comestíveis e não comestíveis. De acordo com o produtor que comprou a carga de uma empresa de Santa Catarina, ao passar pelo posto do Instituto de Defesa Agropecuária e Florestal do Espírito Santo (Idaf), na altura de Bom Jesus do Norte, no Sul do Espírito Santo, ele foi abordado.

Os fiscais apreenderam os pescados, que tinham sim nota fiscal, mas estavam sem o selo do SIF, que é exigido para compras de mercadorias de outros estados, e, ainda, comercializado em local também sem o devido registro. Neste caso, como informou o Idaf, a legislação determina a apreensão e destruição da carga, além de multa. Daí, o motivo de os frutos do mar estarem sendo descartados nas imagens do vídeo que está rodando online.

Resumindo: O vídeo que dá conta de que peixes e camarões frescos estão sendo jogados fora por fiscais corruptos de estados do Sul do Brasil não é verdadeiro, pois está sendo compartilhado com história distorcida. A carga foi mesmo apreendida, mas por não ter selo de qualidade federal exigido para alimentos. Além disso, os fiscais não são corruptos (aparentemente), já que estavam cumprindo a legislação.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/318Tn5c
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK