Milhares de pássaros são libertados por ativistas do Greenpeace em vídeo #boato

Boato – Vídeo mostra milhares de pássaros da Mata Atlântica que seriam levados para Europa sendo libertados por ativistas do Greenpeace.

Dentre as organizações que lutam pelo meio ambiente, uma das mais ativas é o Greenpeace. A organização realiza, volta e meia, ações de “guerrilha” em prol da natureza. É justamente de uma suposta ação dessas que vamos falar hoje.

Circula na internet um vídeo que seria de ativistas do Greenpeace libertando pássaro brasileiros. De acordo com o texto que acompanha a filmagem (viral no WhatsApp e Facebook), milhares de pássaros da Mata Atlântica seriam levados para serem vendidos na Europa se não fosse a ação dos ativistas. Leia o texto que circula online (reprodução de postagem do Facebook):

Reprodução da notícia falsa que fala que pássaros foram libertados por ativistas do Greenpeace
Reprodução da notícia falsa que fala que pássaros foram libertados por ativistas do Greenpeace

Milhares de pássaros foram libertados por ativistas do Greenpeace no Brasil?

A história circulou muito na internet. Além de incontáveis (literalmente) compartilhamentos no WhatsApp, uma postagem no Facebook chegou a 105 mil compartilhamentos em três dias. Mas será mesmo que o Greenpeace liberou os pássaros? A resposta é não. Vamos aos fatos.

A primeira coisa que fomos fazer foi procurar algum registro sobre a tal libertação. Além de ser um grupo que realiza muitas ações ambientalistas, o Greenpeace é notoriamente muito bom em divulgar suas ações. Porém, nada foi encontrado na página da organização.

Já que não achamos nada sobre a organização, resolvemos buscar alguma referência do vídeo em si. Aí descobrimos que nem no Brasil foi feito. A filmagem é de uma “corrida de pombos” (sim, isso existe!) que aconteceu na China. O trecho que mostra a “libertação dos pássaros” começa no 1:25 do vídeo. De acordo com informações no vídeo, o evento soltou no ar 1 milhão de pombos. Confira abaixo.

Vale apontar também mais dois detalhes: o primeiro é que, normalmente, o tráfico de pássaros se dá de forma mais discreta. Normalmente, os traficantes carregam dezenas ou centenas de pássaros e não milhares ou milhões. O segundo ponto é que quando há apreensão de pássaros, nem sempre são libertados de imediato. Normalmente, as aves precisam passar por um período de tratamento veterinário e reabilitação antes de serem devolvidos à natureza.

Resumindo: a história que aponta que o Greenpeace libertou milhares de pássaros e os devolveu à natureza é falsa. O vídeo é, na realidade de uma “corrida de pombos” que aconteceu na China e não tem nada a ver com a organização.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)