Nataline, filha de Cristine, vai ganhar doação por mensagem no WhatsApp #boato

Boato – Nataline, filha de Cristine, está com câncer no cérebro e o WhatsApp vai dar 0,05 centavos por cada pessoa que receber mensagem.

Um dos tipos de “boatos do bem” mais clássicos da internet é o que fala que redes sociais vão dar dinheiro por compartilhamento de mensagens. No início, esse tipo de mensagem era compartilhada por e-mail. Ultimamente, ela circulava por Facebook. Mas parece que em 2017 ela “evoluiu”. A mensagem agora circula por WhatsApp.

A última mensagem aponta que a pequena Nataline, filha de Cristine, nasceu com câncer no cérebro e, para ajudar, o WhatsApp vai pagar 0,05 centavos para quem ler a mensagem. Veja o texto que circula online, que termina com o link de um site que nem precisamos citar aqui (atualização: precisamos citar sim. Trata-se do site Twiittecr):

 

Print da notícia falsa sobre a menina Nataline publicada pelo site Twiittecr.com
Print da notícia falsa sobre a menina Nataline publicada pelo site Twiittecr.com

Nataline, filha de Cristine, vai receber doação por mensagem no WhatsApp?

Não é preciso dizer que a mensagem se espalhou bem por WhatsApp e até em outras redes sociais como, por exemplo, o Facebook. Mas será mesmo que esta história de doação é real? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Não são poucas as vezes que falamos sobre esse tipo de boato aqui no Boatos.org. Como o boato se repete, os desmentidos também vão acabar se repetindo. Assim como nas outras vezes, o modus operandi da mensagem e a característica dela são os elementos que mais denunciam a farsa.

Além de a mensagem ter o caráter alarmista, pedir compartilhamento (até mexer com a emoção das pessoas), não há formas de como mensurar o compartilhamento de imagens e o próprio pagamento não teria muita lógica. Se o Facebook (dono do WhatsApp) quisesse doar, doaria diretamente e não ficaria “calculando” por número de mensagens.

Só para terminar: a imagem que seria da Cristine já foi utilizada em outro boato muito parecido. A única diferença era o nome da mãe e da criança (na ocasião, Krista Marie e Natalie) e a empresa que “pagaria” o dinheiro (AOL, que mostra o que quanto a mensagem é velha).

Resumindo: a história que aponta que Nataline, filha de Cristine, vai ganhar 0,05 centavos do WhatsApp por cada mensagem enviada é falsa. Não caia na balela e gaste sua energia com coisas mais úteis. Fica a dica. Em tempo: falamos sobre um boato parecido em vídeo há alguma tempo. Dá uma olhada nele aí:

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de Fernando Fagundes e de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99331-6821. 

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)