Maceió vai desaparecer por causa de rachaduras no bairro Pinheiro #boato

Boato – Estudo científico aponta que Maceió vai desaparecer devido às rachaduras no bairro Pinheiro, após tremor de terra.

No início deste ano, algumas rachaduras que surgiram por causa de tremores de terra em ruas e imóveis no Pinheiro deixaram muita gente assustada na capital alagoana. Susto que só aumentou por causa de um alerta que começou a aparecer na internet: de acordo com as mensagens (que lembra essa outra história aqui), Maceió vai, tipo, desaparecer por causa das fissuras.

O alerta, viral no Facebook e WhatsApp, aponta que um estudo científico indicou  que Maceió irá desaparecer devido às rachaduras do Pinheiro. O texto afirma ainda que o solo está afundando e que não há mais o que fazer. A história, que seria comprovada com informações apresentadas em links de notícias, também circulou em áudios no WhatsApp. Leia trechos da publicação:

Estudos CIENTÍFICOS comprovados. Maceio vai desaparecer. O que se espera das autoridades? O que começou com pequenas rachaduras no Pinheiro, após aquele tremor de terra, é bem mais grave do que a gente imagina. Nossa capital alagoana corre sérios ricos de virar manchete mundial, porém de forma negativa, e a empresa, Braskem, tem 99% de culpa. 45 MINUTOS (de acordo com estudos) É O TEMPO MÁXIMO PARA SALVAR A POPULAÇÃO DURANTE O ANUNCIADO DESASTRE. Bairros em que a cruz vermelha pretende atuar

– Pinheiro, 19 mil habitantes – Bebedouro, 10 mil habitantes – Chã da Jaqueira, 16 mil habitantes  – Bom Parto, 12 mil habitantes – Levada, 10 mil habitantes  – Vergel, 31 mil habitantes – Mutange, 2 mil habitantes Pouco mais de 100 mil pessoas no total para salvar em menos de uma hora. Por que o solo está afundando? Quem pensa que começou em 2016 naquele tremor de terra se engana, durante muitos e muitos anos essas explorações de sal-gema com as escavações realizadas pela Braskem contribuíram. […]

Maceió vai desaparecer por causa de rachaduras no bairro Pinheiro?

A mensagem deixou muita gente impressionada e fez o compartilhamento crescer na internet. Mas não é verdade que Maceió vai desaparecer por causa de rachaduras no bairro Pinheiro. Se você ainda não entendeu o porquê, continue lendo.

O primeiro ponto que nos leva a crer que se trata de balela está no fato de que a mensagem possui características de boatos online. É alarmista, vaga, possui erros de português e pedidos de compartilhamento. E, apesar do alerta apresentar notícias de fontes confiáveis, como o G1 e TNH1, a história não é bem assim. Vamos relembrar tudo que aconteceu.

De fato, surgiram rachaduras no Pinheiro, em Maceió, após chuvas e um tremor de terra em fevereiro de 2018. Na época, a Defesa Civil identificou três principais fissuras, cada uma com cerca de 1,5 km de extensão. Desde então, órgãos municipais, estaduais e federais fazem estudos na região, mas ainda não sabe a origem das fissuras. Inclusive, a Prefeitura de Maceió já decretou estado de calamidade no Pinheiro e em dois bairros vizinhos.

Apesar da preocupação das autoridades, nenhuma das matérias citadas afirma que Maceió “irá desaparecer” devido às rachaduras ou tremores de terra. Aliás, o alerta já foi desmentido: aqui, o G1 afirma que o conteúdo compartilhado é falso e explica que especialistas seguem investigando o fenômeno. O TNH1 também desmentiu a informação.

Ao pesquisar mais notícias sobre assunto, chegamos a informação de que o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) esclareceu informações sobre as causas das rachaduras durante uma audiência no Senado Federal. Em nota, o órgão informou que o relatório com as causas da instabilidade no Pinheiro serão apresentadas às autoridades no final de abril.

Vale dizer que a Defesa Civil de Maceió acionou os ministérios públicos Estadual de Alagoas (MP-AL) e Federal (MPF) para identificar os autores das fake news. Por sinal, a Delegacia Especial de Investigação e Captura (Deic) já identificaram dois suspeitos. Nesta matéria, o TNH1 informou que um deles já foi identificado, e o segundo usa um perfil falso.

Resumindo: as rachaduras no Pinheiro são reais, mas a história de que Maceió vai desaparecer por causa das fissuras não procede. Ou seja, o alerta é falso (pelo menos por enquanto).

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)