Lojas Renner faliu e fechará todas as lojas no Brasil por causa da quarentena #boato

Boato – A rede varejista Lojas Renner anunciou que fechará todas as lojas no Brasil, Argentina e Uruguai. Motivo é a quarentena do coronavírus que levou a empresa à falência.

Novamente, estamos tendo que vir aqui no Boatos.org para desmentir uma fake news que está servindo para “justificar” a tese (que vai contra orientações de autoridades de saúde) de que o isolamento social deve acabar. E a empresa envolvida na história de hoje é a rede varejista Lojas Renner.

Diversos links de sites de notícias apontam que a empresa “fechará as lojas no Brasil”. Títulos como “Lojas Renner fecha lojas físicas no Brasil, Argentina e Uruguai”, “Lojas Renner fechará todas lojas físicas no Brasil, Argentina e Uruguai” e “Lojas Renner anunciam fechamento de todas as lojas físicas no Brasil” estão sendo acompanhados de descrições apocalípticas.

Comentários dão conta de que o “fechar” significa não reabrir mais. Ou seja, tem muita gente falando que, por causa do isolamento social, a Lojas Renner faliu. Leia alguns dos comentários que circulam online: “É isso que os histéricos estão procurando! ARenner faliu #SaiadeCasaJa”, “A Renner faliu” e “Lojas Renner decidiu fechar todas suas lojas no Brasil e demitir todos seus funcionários em massa muitas famílias irão sofrer nesse momento FICA EM CASA”.

Lojas Renner faliu e fechará todas as lojas no Brasil por causa da quarentena?

Muita gente começou a compartilhar os links na internet e a criticar o isolamento social. Mas será mesmo que a Lojas Renner faliu e que vai demitir funcionários Brasil afora por causa da quarentena do novo coronavírus. A resposta é não. Calma aí que a gente explica tudo para vocês.

De fato, as notícias que apontavam que a Renner fecharia as lojas por causa do isolamento social são reais. Porém, há três “detalhezinhos” que as pessoas não estão entendendo (ou não estão querendo entender). 1) O fechamento de lojas físicas não se deu por “falência”. Foi uma opção (louvável) da empresa para manter a saúde dos funcionários e população. 2) A notícia em questão não é tão recente. Ela é do mês passado. 3) Nenhum funcionário foi ou vai ser demitido por isso.

O anúncio de fechamento de lojas físicas foi feito no dia 19 de março de 2020. Na ocasião, a Renner apontou que iria fechar temporariamente as lojas físicas, mas iria manter o comércio online. Leia o comunicado:

NESTE MOMENTO TÃO DELICADO, A RENNER ESTÁ FAZENDO O QUE VOCÊ FARIA NO NOSSO LUGAR: FECHANDO AS LOJAS FÍSICAS DE TODO O BRASIL E EXTERIOR POR TEMPO INDETERMINADO, A PARTIR DE 20/03/2020. Em virtude deste momento tão delicado, as lojas físicas da Renner de todo o Brasil e exterior foram fechadas desde 20/03/2020, por tempo indeterminado. A loja virtual, entretanto, segue em funcionamento, com um número reduzido de colaboradores e frete grátis para todo o Brasil.

É claro que, assim como tantas outras empresas, a Renner vai passar por dificuldades por causa do coronavírus (não ache que se não houvesse isolamento, a empresa deixaria de passar por essas dificuldades). Porém, nem a empresa anunciou que iria “falir” tampouco que iria “demitir”. Leia outro comunicado a respeito do assunto:

A LOJAS RENNER S.A. (“Companhia”), em observância ao disposto na Instrução da Comissão de Valores Mobiliários (“CVM”) n.º 358/2002, vem informar aos seus acionistas e ao mercado em geral que, em linha com as práticas que tem adotado para a preservação do bemestar dos colaboradores em meio à crise gerada pela pandemia de coronavírus (Covid-19), tomou a decisão, por tempo indeterminado, de não demitir colaboradores sem justa causa. A iniciativa ocorreu simultaneamente ao fechamento de todas as lojas físicas da Companhia, no dia 20 de março.

Para os colaboradores que trabalham em loja, a Companhia deu a orientação de compensar horas ou concedeu férias. Os times administrativos estão, em quase sua totalidade, atuando em regime de home office. Os centros de distribuição e as centrais de atendimento funcionam com quadro reduzido, seguindo todas as medidas de segurança e higiene.

Então é isso. A informação que aponta que a Lojas Renner faliu ou que demitiu em massa é falsa. Houve o fechamento de lojas, mas, assim como no caso de outras empresas, foi uma decisão para manter o isolamento social e não por questões econômicas.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2RCIocR

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet