Juíza do Fórum de Duque de Caxias bate carro e agride policiais #boato

Boato – Juíza do Fórum de Duque de Caxias, bebeu, dirigiu, bateu carro, agrediu policiais, foi filmada e liberada após pagar fiança.

Felizmente, parece que as pessoas têm, nos últimos tempos, criado consciência sobre os riscos de se beber e dirigir. Pelo menos, isso é o que tem sido mostrado na internet. Agora só falta essas mesmas pessoas descobrirem o que é verdadeiro e falso na web. Há poucos dias, desmentimos um boato que falava sobre o aumento da pena para quem dirige embriagado. Hoje, uma história relacionada circulou online.

Viralizou no Facebook e WhatsApp um vídeo de uma mulher algemada na calçada proferindo xingamentos a torto e a direito. De acordo com o texto que acompanha a filmagem (que não vamos exibir por aqui), a mulher seria uma juíza de direito da cidade de Duque de Caxias (no Rio de Janeiro). “QUE VERGONHA!”, diz o início do texto.

Depois a mensagem aponta o seguinte: “Juíza do Fórum de Duque de Caxias, bate em vários carros, polícias do 9o BPM, abordam a mesma, que estava totalmente alcoolizada as 18 horas de ontem é algemada depois de agredir polícias e cidadãos na rua, com palavras de racismo e outras, foi levada a delegacia, no qual o delegado registrou R.O contra a mesma, que pagou fiança de 1000 reais e vai responder em liberdade”.

Juíza do Fórum de Duque de Caxias bate carro e agride policiais?

De fato, o vídeo mostra alguém em estado alterado e é um belo exemplo do que não se deve fazer (a mulher chegou, de fato, a proferir comentários racistas e ofensivos contra os policiais, além de tentar agredir um deles) no volante e fora dele. Mas será mesmo que a mulher do vídeo é uma juíza de Duque de Caxias? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Quase tudo na história está correto, menos a identidade da pessoa e a questão da fiança (não confirmada). A Amaerj (Associação dos Magistrados do Estado do Rio de Janeiro) publicou mensagem afirmando que a mulher do vídeo não é juíza. Leia o texto, que foi publicado aqui:

A AMAERJ esclarece que, diferentemente do que vem sendo veiculado em alguns grupos da WhatsApp, não é juíza de Direito a mulher algemada por policiais militares e filmada, aparentemente embriagada, após bater em carros, em Campinho (zona norte do Rio).

No site, a associação publicou que a pessoa do vídeo é uma dentista. A tese é confirmada por esta matéria do Jornal Extra no dia 22 de dezembro de 2017. O incidente aconteceu na Zona Norte do Rio, na região de Campinho. Como dito antes, a matéria do Extra não especifica se a mulher pagou fiança.

Resumindo: apesar de o vídeo da mulher xingando policiais ser real, não se trata de nenhuma “juíza do Fórum”. Muito menos do Fórum de Duque de Caxias. Bora para o próximo boato.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet