Juiz pego em blitz mandou rebocar viaturas e motos da polícia #boato

Boato – O juiz Berneval Souza Aguiar foi pego em uma blitz com a documentação atrasada. Ele pediu o documento das viaturas e mandou subir tudo no reboque.

Em um momento no qual as instituições não tem gozado de muita simpatia da população brasileira, o Poder Judiciário é uma das exceções. Graças a julgamentos como o da Lava Jato e denúncias constantes contra políticos, os magistrados ainda estão (com algumas exceções) com um voto de confiança perante a população. Mesmo assim, eles são criticados, muitas vezes, por causa de uma suposta petulância. Lendas urbanas colaboram ainda mais com isso.

Uma das últimas histórias que viralizou no WhatsApp dá conta que o juiz Berneval Souza Aguiar fez uso da sua “autoridade” para evitar que policiais cometessem “uma injustiça”. De acordo com o texto, ele teve o carro apreendido com a documentação atrasada e pediu para “verificar” a documentação das viaturas. No fim, todos os carros foram rebocados. Leia o texto que circula online:

Juiz foi pego em blitz com documentação do carro atrasada. Desconfiado e irritado, pediu documento de todas as viaturas envolvidas na blitz. Constatando que todas estavam atrasadas há mais de 3 anos, mandou subir tudo para o reboque. Juiz Berneval Souza Aguiar. O dele foi rebocado. mas levou cinco viaturas carro e oito motos.

Juiz pego em blitz mandou rebocar viaturas e motos da polícia?

A história e as imagens das viaturas sendo rebocadas se espalharam pela internet. Mas será mesmo que é verdade que o juiz Berneval mandou rebocar as viaturas da polícia? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Sempre que nos deparamos com histórias como a do magistrado, tentamos procurar mais informações que confirmem ou desmintam a história. De início, buscamos por duas: o nome do tal juiz e a origem da imagem.

Ao procurar por Berneval Souza Aguiar, não encontramos nenhum resultado. Isso mesmo: não achamos uma decisão do juiz e nem sequer o resultado do concurso público no qual ele teria sido aprovado. Isso nos faz crer que ele não existe.

Ao buscar pela imagem, descobrimos uma história datada de 2015 e muito parecida com essa. Em vez de juiz, o “personagem” era um policial federal. Leia a “lenda antiga”.

Não tá fácil pra ninguém, operação hoje na cabine de Olinda em Nilópolis, um veículo foi abordado e o policial agiu de forma errônea, e o que aconteceu? o senhor que foi abordado era delegado da PF e foi até o comandante da operação e pediu os documentos de todas as viaturas, como não tinham, foram todas elas recolhidas para o depósito público.

As imagens mostram, de fato, que os veículos são do local. Porém, a história é completamente diferente. À época, o comandante do batalhão nas quais foram feitas as imagens explicou do que se trata. Leia nota publicada em um blog que publicou a história de 2015:

*NOTA DO COMANDANTE DO 29° BPM*. O Comandante do 29°BPM, Ten Cel Sylvio Guerra (foto) vem esclarecer a população que estas viaturas foram levadas do pátio do Centro de Aperfeiçoamento de Praças da Polícia Militar no Rio de Janeiro, para o Município de Nilópolis, pois o mesmo trabalha em parceria com o 20º BPM o batalhão da área.

Sendo assim a Prefeitura irá realizar a manutenção dessas viaturas para aumentar a frota do batalhão possibilitando assim um maior efetivo nas Ruas de Nilópolis. Que a população fique ciente de que este comentário é falso e as operações que são realizadas pela Polícia Militar são de caráter legítimo, procurando sempre proporcionar a Segurança da população. Comunicação 29° BPM

Resumindo: a história que fala sobre o juiz que mandou rebocar os carros e motos dos policiais é falsa. Trata-se de uma boato “reciclado” sobre outra história falsa que circulou há algum tempo na internet.

PS: Este artigo foi uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99331 6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)