Jacaré come perna de homem que realizou roubo em cidade do Brasil #boato

Boato – Homem realizou um roubo “na Trindade”, foi amarrado com cartaz e jogado no rio. Depois, um jacaré comeu a perna dele. Imagens mostram o que aconteceu em cidade do Brasil.

Muitas das notícias falsas que circulam na web se dão pela exaltação de ações condenáveis. É o caso da história de hoje, que mostra um suposto justiçamento que teria ocorrido em alguma cidade brasileira.

Duas imagens estão circulando em redes sociais. Uma delas é de um homem segurando um cartaz com os dizeres “não vou mais roubar na Trindade”. A outra é de um jacaré com uma perna na boca. Por motivos óbvios, não vamos colocar as imagens aqui no site. Leia algumas das mensagens que circulam online:

Versão 1: Em Trindade os menines de Loola roubou o jacaré come Versão 2: Devorador Salgueiro São Gonçalo Versão 3: crl os maluco tem um jacaré que come quem dá mancada kkkkkkkk Versão 4: e o cara que roubou n* ********, em um vídeo aparece ele com os braços amarrados com um jacaré atrás no rio, e no outro só apareceu a perna dele na boca do jacaré, tô traumatizada.

Jacaré come perna de homem que realizou roubo em cidade do Brasil?

Não demorou para a história se espalhar com todas as forças na internet. Só há um detalhe no tal justiçamento: o vídeo do jacaré nada tem a ver com a imagem do sujeito amarrado por ter “roubado na Trindade”.

Antes de falar sobre o assunto, precisamos reiterar. Seja por traficante, por milícias ou pela “população de bem”, o justiçamento é uma prática condenável. A pessoa que cometeu um crime deve ser julgada e pagar por meios legais. Dito isso, vamos ao caso de hoje.

A região citada, que fica no Rio de Janeiro, é conhecida por ter este tipo de prática. De fato, não são poucas as imagens de pessoas que roubaram “na Trindade” amarradas e com plástico filme. O que ocorreu foi o mesmo.

Não podemos falar a mesma coisa sobre o “jacaré com a perna na boca”. Na realidade, trata-se de um ataque de um crocodilo (e não de um jacaré) que ocorreu na Indonésia em 2019. De acordo com o tabloide britânico Daily Star, a vítima tinha 30 anos e se chamava Darlin Uti.

Só para não passar batido, precisamos lembrar que a mensagem que circula com as fotos têm características de fake news como o caráter vago, o tom alarmista e a falta de citação de fontes confiáveis. Só isso já merecia uma checagem mais aprofundada (como justamente fizemos).

Resumindo: é falsa a informação que aponta que um homem que praticou um roubo em uma cidade do Brasil foi devorado por um jacaré que, posteriormente, saiu passeando com uma perna na boca. A tragédia ocorreu, na realidade, na Indonésia.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61) 99458-8494.

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3uwu4ra
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK
 – Siga-nos no TikTok https://bit.ly/3yPELWj
 – Siga-nos no Kwai https://bit.ly/3cUbEso

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet