Incêndio no Atacadão de Campo Grande foi causada por menina que colocou fogo em prateleira #boato

Boato – Vídeo mostra menina colocando fogo em prateleira no Atacadão de Campo Grande. Ato teria causado o incêndio no local. 

As coisas não andam fáceis no Centro-Oeste brasileiro. Após o registro de inúmeras queimadas que devastaram a vegetação do Pantanal e que têm causado inúmeros problemas, como a fumaça densa e a fuligem, um incêndio, dessa vez, em um mercado atacadista acabou atingindo a região.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Siga o Boatos.org no Twitter:


Se inscreva no nosso canal no Youtube

 

Receba as nossas atualizações no grupo do WhatsApp (só postagens do administrador, não se preocupem): http://bit.ly/2Z5PgE0

Confira o nosso Instagram:

Instagram

Lista no Telegram
https://bit.ly/2VSlZwK

O incidente ocorreu no dia 13 de setembro de 2020, no Atacadão da avenida Duque de Caxias, em Campo Grande (MS). Ninguém ficou ferido. E de acordo com sites locais, o prejuízo teria sido milionário, beirando os R$20 milhões.

Após o incêndio, um vídeo que mostra uma menina colocando fogo no local ganhou as redes sociais. Com isso, muita gente passou a acreditar que a ação teria sido a verdadeira causa do incêndio. A história até chegou a ganhar outras versões

Confira o desmentido em vídeo

Versão 1: “FILHA DE CLIENTE COLOCA FOGO NO ATACADÃO BARÃO PRÓXIMO AO TERMINAL DE ÔNIBUS NOVO MUNDO EM GOIÂNIA”. Versão 2: “Os pais estava destraido e a Menina colocou fogo no atacadão”. Versão 3: “Olha o que uma criança fez, prestem bem atenção. Loja do Atacadão, Campo Grande, Mato Grosso do Sul. Projeto de incêndio muito bem elaborado né…. Brigada mais treinada ainda…. Triste!”.

Incêndio no Atacadão de Campo Grande foi causada por menina que colocou fogo em prateleira?

A informação causou grande rebuliço nas redes sociais, especialmente, no Facebok. O vídeo já foi compartilhado centenas de vezes e ocasionou uma onda de críticas ao descuido da menina e dos pais, que foi acusada de ser a causa do incêndio no Atacadão de Campo Grande (MS). Entretanto, essa história é falsa!

Basta ler as publicações para perceber. Elas apresentam diversas características de fake news na internet, como o caráter vago, alarmista, os erros de português e a falta de fontes confiáveis.

Ao buscar mais informações sobre o incêndio no Atacadão de Campo Grande (MS), descobrimos que as autoridades ainda não têm uma resposta sobre a verdadeira causa do incêndio. De acordo com a polícia, as gravações das câmeras de segurança serão analisadas para se tentar identificar se o incêndio foi criminoso.

Ainda segundo a polícia, existem algumas causas prováveis. E dentre elas, não está o fogo iniciado pela menina. Até porque, a jovem não foi a responsável pelo incêndio. Uma simples observação mais atenta já coloca toda a história em cheque. No canto superior direito, é possível ver que as imagens foram gravadas no dia 16 de outubro de 2018, por volta das 18h15min. Ou seja, dois anos antes do incêndio do Atacadão de Campo Grande (MS).

Além disso, descobrimos que o vídeo sequer foi gravado em uma loja da rede Atacadão. O incidente, na verdade, ocorreu na rede atacadista Assaí, em Niterói (RJ). No vídeo, é possível ver a menina acendendo um fósforo na prateleira. Segundo a publicação original, a jovem teria colocado fogo em uma prateleira com álcool em gel. Naquela oportunidade, a rede Assaí informou que o incidente não deixou nenhum ferido e que as chamas foram controladas rapidamente. A história fez tanto sucesso na época que o vídeo chegou a ser compartilhado mais de 20 mil vezes, virando notícia internacional no México.

Em resumo: a história que diz que o incêndio no Atacadão de Campo Grande (MS) foi causado por uma menina que colocou fogo em uma prateleira é falso! O vídeo usado como prova de toda a teoria foi gravado no dia 16 de outubro de 2018, em Niterói (RJ). Além disso, as autoridades responsáveis seguem com as investigações para determinar a real causa do incidente. Ou seja, a história não passa da balela. Não compartilhe!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2H2c3Iu
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK