Idoso está perdido na rua Marquês de Caravelas, na Barra (RJ, SP, BA e ES) #boato

Boato – Idoso em estado de degradação está perdido há mais de duas semanas, embaixo de sol e chuva, na rua Marquês de Caravelas, na Barra.

Todos os dias crianças, adultos e idosos somem sem deixar o menor vestígio. Graças à internet, as buscas por alguns desses desaparecidos têm um alcance muito maior. A mobilização nas redes para encontrar alguém ou familiares do desaparecido que foi encontrado é sempre muito grande. E é nessa onda de mobilização que a procura acaba se tornando boato.

O último que circula no Facebook e WhatsApp dá conta de um idoso perdido na Barra. Segundo o texto, o senhor está há mais de duas semanas na rua Marquês de Caravelas em estado de degradação. Em algumas versões, o texto aponta que o idoso está perdido em Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Espírito Santo. Junto à mensagem, circula uma imagem do idoso “jogado” em canteiro em baixo do sol. Leia o que diz o texto:

Peço que por favor repasse está foto deste senhor que está a mas de duas semanas aqui na barra na rua Marques de caravelas em estado de degradação em baixo de sol e chuva para que algum familiar o reconheça e venha buscar

Idoso está perdido na rua Marquês de Caravelas, na Barra (RJ, SP, BA e ES)?

A imagem se espalhou feito pólvora e deixou muita gente preocupada. Mas será mesmo que um idoso está perdido na rua Marquês de Caravelas, na Barra? A resposta é não. Entenda os porquês.

Sabemos que, infelizmente, essa é a realidade de muitas famílias. Porém, logo de cara, percebemos que a história muda de localidade a cada vez que é compartilhada. A história aparece na Bahia, São Paulo, Rio de Janeiro e no Espírito Santo. Com isso, as suspeitas ficaram ainda maiores.

Ao observar o texto, encontramos diversas características de boatos: cheio de informações vagas, alarmista, sem fontes confiáveis e com pedidos de compartilhamento. Sem contar que esse tipo de alerta é comum no mundo dos boatos. Na maioria dos casos, a história fica desatualizada e é compartilhada como se fosse verdade em diversos locais.

Dito isso, saiba que o idoso é, de fato, de Salvador e já foi encontrado. Nesta matéria, o site BNews explica que o Serviço Especializado em Abordagem Social e Redutor de Danos (Seas) realizou buscas para localizar seus familiares. Segundo o texto, a família do idoso foi encontrada por meio de um gerente do Itaú, que reconheceu o idoso.

Resumindo: o idoso é de salvador e já foi encontrado. Ou seja, compartilhar que ele está perdido é “meio boato” e compartilhar que ele está perdido e é de qualquer lugar que não seja Salvador é um boato “inteiro”.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)