Homem é preso após colar vagina da esposa com Super Bonder #boato

Boato – Homem de 28 anos foi preso em Pernambuco após colar a vagina da esposa com Super Bonder. Alegação do acusado é que ele tinha medo de ser corno.

Não se se vocês notaram, mas ultimamente, o Boatos.org e outros sites de fact-checking estão se vendo obrigados a desmentir histórias escatológicas e bizarras. Muitas dessas histórias têm vindo da mesma fonte (uma série de blogs do mesmo proprietário). E hoje vamos falar de mais uma delas.

Circula na internet uma “notícia” que aponta que um homem foi preso em Pernambuco acusado de colar os órgãos genitais da esposa com Super Bonder (cola com fixação forte). De acordo com a mensagem (republicada por diversos sites do interior do país), o homem (identificado como Francisco Severino da Silva) tinha medo de ser “corno”. Leia:

Homem é preso depois de colar a vagina da esposa com medo de ser corno* CORNO SUPER BONDER Um homem de 28 anos de idade foi preso no interior de Pernambuco depois de colar a genitália de sua esposa com super bonder. A esposa foi levada às pressas para o hospital e sofreu complicações médicas e dor excruciante. O homem disse aos policiais que colou a vagina da mulher com medo de ser corno […]

O suspeito Francisco Severino da Silva, que não tinha passagem pela polícia, teve a liberdade provisória decretada pela Justiça e responderá pelos crimes de lesão corporal, violência doméstica em liberdade.

Homem é preso após colar vagina da esposa com Super Bonder?

O tal texto foi compartilhado por diversos blogs, circulou no Facebook, no WhatsApp e causou muita indignação em muita gente. Mas será mesmo que um homem foi preso após colar os genitais da mulher com Super Bonder? A resposta é não. Para você entender tudo, vamos aos fatos.

Dois detalhes nos chamaram muito a atenção. O texto tem algumas das principais características de boatos online. Além dos erros de ortografia e a falta de fontes confiáveis que balizem a informação, ele é muito vago. Só para você se atentar: não é dita sequer a cidade onde o caso ocorreu. Meio estranho isso, não?

O segundo detalhe é que, apesar de a história ter sido reproduzida em diversos blogs e sites do “interior” (aqueles que vendem muita publicidade local e mais copiam do que produzem conteúdo), o texto é rigorosamente igual em todas essas páginas. E foi aí que descobrimos o “pulo do gato”.

Mais algumas buscas e descobrimos que o texto surgiu em um site que só publica notícias falsas. Só para citar dois exemplos recentes desmentidos aqui: a história do caminhoneiro que se suicidou por causa de uma multa e da mulher que matou o namorado que ejaculou rapidamente.  

Tentamos buscar qualquer outra versão da história (que pelo menos fale a cidade onde o caso teria acontecido) ou mesmo a imagem do homem e do Super Bonder e nada encontramos. Se a história fosse real, o rosto do sujeito seria mais conhecido.

Resumindo: a história surgiu em um site de fake news, não tem nenhuma fonte confiável que endosse que ela seja real e o texto tem todas características de boatos online. Não precisa ser um gênio para saber que se trata de mais uma história falsa sobre um assunto bizarro com o único objetivo de angariar cliques por aí.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)