Homem morreu após vencer campeonato de punheta em Marabá (PA) #boato

Boato – Um homem chamado Marco Antônio Pereira, de 28 anos, morreu após ganhar um campeonato de punheta na cidade de Marabá (PA).

Quando falamos em notícias falsas na internet, o que não falta é bizarrice. Existe um grupo, inclusive, que é “perito” em criar esse tipo de boato. Já fomos obrigados e desmentir histórias como a da mulher que matou o namorado que gozou rápido, a do homem que colou a vagina da mulher e outras. Para engrossar a lista, chega aí o “causo do campeão de masturbação”.

De acordo com uma notícia que circula na internet, um homem chamado Marco Antônio Pereira, de 28 anos, morreu após vencer uma competição chamada 1º Campeonato de Punheta de Marabá (PA). De acordo com o texto que circula online, ele morreu após se masturbar 70 vezes. Leia a mensagem que circula online:

*UM CAMPEÃO QUE SE FOI* Marco Antônio Pereira, de 28 anos, morreu ontem (22) durante a realização do 1° CAMPEONATO DE PUNHETA realizado em Marabá-PA. Marco venceu em 1° Lugar levando o prêmio de 1.000,00 logo após a premiação o homem passou mal e teve morte súbita após “bater” mais de 70 punhetas. DESCANSE EM PAZ GUERREIRO Se fosse um jogador de futebol todo mundo estava compartilhando!

Homem morreu após vencer campeonato de punheta em Marabá (PA)?

Temos três coisas para falar para vocês. 1) Desculpem-nos por falar de uma história tão escatológica. Infelizmente, desmentir esses boatos são ossos do ofício. 2) Um monte de gente compartilhou a história por aí. 3) O causo é, tipo assim, muito falso. Vamos aos fatos.

Primeiro ponto: o texto. Só de bater o olho na mensagem, já percebemos que a ela não merecia ser compartilhada. Ela tem o pacote quase completo em termos de características de boatos: é alarmista (com direito até a letras em caixa alta), pede compartilhamento, tem erros de português (bem poucos desta vez) e não cita fontes confiáveis.

Uma coisa a gente não pode reclamar em relação à notícia falsa: o texto apresenta muitos detalhes sobre “causo”. E justamente por isso que conseguimos checar as informações. Ao buscar sobre a tal competição de masturbação, nada encontramos. Também não encontramos nenhuma informação sobre o tal Marco Antônio Pereira que morreu após se masturbar 70 vezes.

Tentamos, ainda, buscar pela imagem e descobrimos que o nome da pessoa sequer é Marco Antônio Pereira. A imagem é de uma notícia de Rondônia que falava de pessoas que estavam a procura de um homem chamado Valdinei Pereira da Silva. Ele teria problemas psicológicos e teria fugido do Hospital Regional de Ariquemes. Não sabemos o desenlace da história.

Por fim, a fonte (vocês acharam que esqueceríamos de falar nela, né?). A história surgiu em um site que sempre publica fake news na internet. Sabe as histórias que falamos lá no início do texto (da mulher que matou o namorado e do homem que colou o órgão genital da mulher)? Pois é, surgiram lá neste site. Ou seja: fake news escatológica é a especialidade da página.

Resumindo: a história que aponta que um homem morreu após ganhar o 1º Campeonato de Punheta de Marabá (PA) é falsa. Nunca houve tal competição e a foto que está circulando online é de um homem que não tem nada a ver com isso. Não compartilhe.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)