Governo do Ceará e PM proibiram a bandeira do Brasil no estado #boato

Boato – Governo do Ceará, Secretaria de Segurança Pública e Polícia Militar proibiram o uso da bandeira do Brasil no estado.

Desde o início da pandemia da Covid-19 no Brasil, os estados brasileiros logo começaram a adotar medidas restritivas para tentar conter o avanço da doença. Mas parece que as medidas não foram bem recebidas por algumas pessoas e muitos estados começaram a ser vítimas de fake news na internet, como é o caso do Ceará.

Nos últimos dias, mais uma história envolvendo o estado começou a circular nas redes sociais. De acordo com a publicação, o governo do Ceará teria proibido a bandeira do Brasil no estado. Ainda segundo a publicação, a prova seria um vídeo no qual policiais militares, supostamente, teriam mandado uma mulher retirar a bandeira do Brasil do carro. O vídeo que acompanha a publicação ainda mostra um homem e uma mulher fazendo críticas ao “governador esquerdista” Camilo Santana e à Secretaria de Segurança do Estado. Confira:

Versão 1: “NÃO PODEMOS TER UM GOVERNO ESTADUAL petista, Esquerdopata, como o do CEARÁ, que PROÍBE o uso da NOSSA BANDEIRA”. Versão 2: “URGENTE DITADURA DO GOVERNADOR PETISTA CAMILO SANTANA! No Ceará a polícia impede que se ostente a bandeira do Brasil. Onde está o Ministério Público?”. Versão 3: “Que ABSURDO!!! No Ceará estão PROIBINDO que usem a Bandeira do Brasil nos carros!”.

Versão 4: “PM do Ceará proíbe a Bandeira Nacional. Policiais militares de Fortaleza estão exigindo que cidadãos escondam as Bandeiras do Brasil. A polícia Militar do estado do Ceará está impedindo que cidadãos exibam em público, a Bandeira Nacional. O estado é governado por Camilo Santana, do PT e tem adotado rígido Lock Down para o combate do avanço do Coronavírus”.

Governo e PM do Ceará proibiram a bandeira do Brasil no estado?

As imagens fizeram sucesso nas redes sociais e acabaram sendo compartilhadas diversas vezes na internet. Mas será que essa história de que o governo do Ceará e a Secretaria estadual de Segurança teriam proibido a bandeira do Brasil no estado é verdade? Não é!

Vamos aos detalhes! Na verdade, o que está acontecendo é uma distorção sobre o que, de fato, ocorreu. Tudo começou no dia 5 de maio, quando o governador Camilo Santana e o prefeito Roberto Cláudio anunciaram o lockdown em Fortaleza, capital do Ceará, e no restante do estado. O decreto foi ampliado e, até o momento, vai prosseguir até o dia 31 de maio. A medida foi tomada por conta do alto número de infectados pela Covid-19 e o aumento do número de mortos. A ocupação de leitos de UTIs já chega a quase 90% no Ceará.

Apesar disso, algumas pessoas irresponsáveis resolveram furar a quarentena e promover uma carreata no dia 20 de maio de 2020. Na oportunidade, 27 pessoas foram conduzidas pela Polícia Militar à unidades da Polícia Civil por descumprimento do lockdown. Duas pessoas acabaram liberadas após justificarem o deslocamento aos seus trabalhos. As outras 25 pessoas assinaram um Termo Circunstanciado por infringir medida sanitária, delito previsto no artigo 268 do Código Penal

Ou seja, as pessoas não foram detidas pelo uso da bandeira, mas sim por desrespeitarem o lockdown. Nesse contexto, o vídeo de policiais abordando um dos carros foi feito. A partir daí, a própria Secretaria de Segurança Pública e a Polícia Militar do Ceará resolveram explicar o ocorrido. De acordo com os órgãos de segurança, não houve nenhuma orientação para que os manifestantes retirassem as bandeiras. Ainda segundo eles, a mulher que teria sido abordada provou que estava na rua para comprar medicamentos e retirou a bandeira do veículo por iniciativa própria. Com isso, de acordo com a polícia, sua saída foi facilitada.

Porém, um vídeo de uma suposta mulher que teria participado do ocorrido viralizou nas redes sociais. De acordo com ela, a bandeira que estaria em seu carro foi retirada por ela mesma por medo. Ela ressaltou que policiais solicitaram que ela retirasse a bandeira para ir embora, sob pena de ser conduzida à delegacia caso o pedido não fosse atendido.

Apesar disso, essa história não consegue provar que a polícia e o governo do Ceará teriam proibido a bandeira do Brasil. Os acontecimentos indicam que o que está proibida, na verdade, é a saída de casa sem um motivo essencial. Dessa forma, manifestações parecem se enquadrar nesse caso.

Em resumo: a história que diz que o governo e a PM do Ceará teriam proibido a bandeira do Brasil no estado é falsa! Toda essa história surgiu após uma ação da polícia contra manifestantes que estavam desrespeitando o lockdown, em Fortaleza (CE), prejudicando a luta contra a Covid-19. Ou seja, tudo não passa de balela. Até a próxima e, se possível, permaneça em casa!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164. 

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/3df26qp
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)