Foto antiga da praia de Ipanema foi publicada no Estadão como se fosse atual #boato

Boato – Para fazer uma campanha contra o isolamento social, o site do Estadão publicou uma foto antiga da praia de Ipanema para mostrar que havia muita gente furando o isolamento social.

O que não tem faltado na internet são notícias falsas relacionadas à tese de que a “mídia mente” em relação à pandemia da Covid-19. Neste cenário, vale todo tipo de acusação. E, no caso de hoje, vamos falar de uma suposta “checagem” uma matéria do Estadão.

De acordo com textos que circularam na internet, o Estadão teria utilizado uma foto antiga da praia de Ipanema para ilustrar o local no último domingo (30 de agosto de 2020). Ou seja: o Estadão teria mentido para passar uma ideia de que as pessoas não estão mais de importando com o isolamento social. Leia algumas das mensagens que estão circulando online:

Versão 1: O Estado de S. Paulo publicou foto ANTIGA da praia de Ipanema lotada como se fosse de ontem. Os cariocas foram à praia mas o jornal foi buscar no arquivo uma aglomeração muito maior (esse mar de barracas grudadas NÃO EXISTIU) p/ilustrar sua fake news viral.

Versão 2: Alerta ! A oposição e seu jogo sujo ! A verdade vindo a tona ! Estadão posta foto antiga da praia em Ipanema lotada . A fake news é para prejudicar a flexibilização da quarentena e gerar polêmica para o governo .

Foto antiga da praia de Ipanema foi publicada no Estadão como se fosse atual?

Muita gente, inclusive influente em redes sociais, levantou a bola e começou a acusar o Estadão. Só há um detalhe: se há alguma coisa falsa na história é a acusação de que a foto na praia de Ipanema não foi tirada no último domingo de agosto.

Quando a história se espalhou com mais força na internet, o próprio Estadão e o fotógrafo responsável pela imagem se manifestaram. Ao responder uma publicação que apontava que a foto seria antiga, o veículo disse o seguinte, via Twitter: “As fotos publicadas na nossa matéria foram todas feitas no domingo, 30, pelo fotojornalista Wilton Junior, que também assina o texto em questão”.

A publicação tinha um link que mostra as fotos tiradas no dia. Nas imagens, é possível ver, inclusive, pessoas de máscara. O veículo também publicou uma nota a respeito do assunto e apontou que foi “atacado com fake news”.

Na nota, o Estadão descreve todo o caminho feito pelo fotojornalista e aponta que Wilton Junior disponibilizou o arquivo interno gerado pela câmera (com data e hora do clique) e o cartão utilizado para armazenar as imagens.

Ao fazer uma busca pelos metadados das imagens em ferramentas que possibilitam isso, conseguimos constatar que a foto foi, de fato, tirada no dia 30 de agosto de 2020 por uma câmera Canon. Mais exatamente, às 14:33:37. 

Com isso, podemos falar que a “checagem” que aponta que o Estadão usou uma foto falsa da praia de Ipanema para ilustrar reportagem do dia 30 de agosto 2020 está errada. O próprio fotógrafo e o veículo provaram que a foto era mesmo do dia.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp https://bit.ly/318Tn5c
 – Lista no Telegram https://bit.ly/2VSlZwK

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet