Filho de Bonner e Fátima dirigia bêbado e sem habilitação #boato

Boato – Filho de William Bonner e Fátima Bernardes dirigia bêbado e com carteira de motorista vencida quando bateu carro no Rio de Janeiro.

O ano de 2017 começou com uma notícia que assustou quem é fã de William Bonner e Fátima Bernardes (o ex-casal 20 da TV brasileira). Vinícius Bonemer, filho dos jornalistas, sofreu um acidente no dia 3 de janeiro em Angra dos Reis (RJ).

Vinícius não teve ferimentos graves, mas um amigo da família ainda se encontra no hospital. Quando aconteceu o acidente, uma mensagem começou a circular no WhatsApp e ganhou força no Facebook. A tese apontava que o filho de Bonner e Fátima estava embriagado e sem carteira de motorista. Leia:

Confira o desmentido em vídeo

Filho de Fátima Bernardes envolvido em acidente no trevo de Búzios desde as 08:00 ocorrência ainda em andamento na DP de cabo frio 126º DP, Globo abafando a ocorrência pois o mesmo embriagado a princípio.

Bêbado e com habilitação vencida filho de Fátima Bernardes e William Bonner causa grave acidente no Rio, e a grande mídia? Nada! Imagina se fosse o filho de Lula.

Filho de Bonner e Fátima dirigia bêbado e sem habilitação?

É claro que um monte de gente passou a se indignar na internet. Mas será mesmo que o filho de Bonner e Fátima estava bêbado e sem carteira na hora do acidente? A resposta é não. Vamos aos fatos.

De fato, a carteira de habilitação do Vinícius Bonemer estava vencida. Porém, ele não estava infringindo nenhuma lei. O Código Nacional de Trânsito permite que as pessoas dirijam com a carteira até 30 dias após o vencimento. Como ele ocorreu no dia 17 de dezembro e o acidente aconteceu no dia 3 de janeiro, estava “tudo certo”.

O segundo ponto, em relação à embriaguez do rapaz, também foi esclarecido pela polícia. Leia comunicado da DP que cuidou do caso:

O motorista do veículo Golf deu entrada no hospital lúcido. O próprio motorista forneceu amostra de sangue para realização de exame de alcoolemia, o qual a delegacia aguarda resultado. O motorista do golf não apresentava sinais clássicos de embriaguez.

Resumindo: apesar do estardalhaço em torno da história, o filho de William Bonner não estava embriagado e também a carteira de habilitação estava vencida há menos de 30 dias. Ou seja, ele poderia dirigir.

PS: Esse artigo foi uma sugestão da leitora Teresa Cristina Maciel de Souzae de vários leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet