Pular para o conteúdo
Você está em: Página Inicial > Brasil > Pessoa que gravou vídeo defendendo a Palestina não é a ex-embaixadora de Israel

Pessoa que gravou vídeo defendendo a Palestina não é a ex-embaixadora de Israel

Ex-embaixadora do Brasil em Israel gravou vídeo defendendo a Palestina, diz boato (Foto: Reprodução/TikTok)

Boato – Ex-embaixadora de Israel gravou um vídeo defendendo a Palestina em meio a conflitos na região. 

  Análise

Um vídeo de uma brasileira sobre a questão dos conflitos entre o exército de Israel e o Hamas está viralizando na internet. No vídeo, ela faz uma defesa ferrenha da questão da Palestina e faz acusações contra o exército de Israel (em que chega a chamar de terrorista).

A mulher que dá o depoimento cita um período em que morou em Israel. Por isso, o vídeo está sendo compartilhado com a seguinte legenda: “Ex embaixadora do Brasil em Isr4el!! Vale a pena ouvir!”.

Vídeo: é falso que imagens mostram Lulinha agredindo a esposa

Checagem

Na parte da checagem do conteúdo, vamos responder às seguintes questões. 1) É verdade que a mulher do vídeo é uma ex-embaixadora do Brasil em Israel? 2) Quem é a mulher que está identificada como ex-embaixadora de Israel no vídeo? 3) Ela tem razão no discurso dela sobre a questão entre Israel e Palestina?

É verdade que a mulher do vídeo é uma ex-embaixadora do Brasil em Israel?

Não é. Talvez o fato de a mulher ter se identificado como uma ex-moradora da região tenha induzido ao erro (claro que somado com o desejo de se promover o vídeo dando mais autoridade à pessoa). Porém, não há qualquer relação dela com uma “ex-embaixadora do Brasil em Israel”. Primeiro, porque não há qualquer registro desta natureza. Segundo porque, de acordo com nossas buscas, os últimos embaixadores em Tel Aviv são homens.

Quem é a mulher que está identificada como ex-embaixadora de Israel no vídeo?

Algumas das pessoas que postaram o conteúdo se corrigiram e apontaram que a mulher seria uma ex-funcionária do Brasil no Consulado de Jerusalém. Não conseguimos achar o vídeo em si, mas temos alguns indícios que apontam que há chances de ser a mulher (que não tem publicações abertas recentes mostrando o rosto). Uma é o fato de a pessoa com este nome ter morado em Jerusalém. Outra é o fato de ter feito publicações pró-Palestina.

Ela tem razão no discurso dela sobre a questão dos conflitos?

Ter ou não ter razão é algo complicado de se dizer. Primeiro, porque, de fato, se trata de questão complexa que não tem apenas um lado da razão. Segundo, porque a fala dela, que exprime apenas a sua opinião, tem um viés. O que podemos dizer é que há pontos corretos na fala (como o que aponta que, de fato, a Palestina tem sido oprimida há muito tempo) e outros passíveis de questionamento (como o que aponta que o exército de Israel é terrorista ou que a culpa da guerra é dos políticos de Israel). Este último, aliás, ignora, que o estopim da guerra foi a invasão de membros do Hamas em Israel.

Conclusão

Fake news ❌

É falso que a mulher que gravou um vídeo defendendo a Palestina e criticando Israel seja ex-embaixadora do Brasil em Tel Aviv. Apesar de não termos certeza da identidade da mulher (apenas indícios), o fato é que ela não ocupou o cargo em questão.

Ps: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo e-mail [email protected] e WhatsApp (link aqui: https://wa.me/556192755610)