Dono de lava jato de Maringá é morto pela Guarda Civil por não respeitar quarentena do coronavírus #boato

Boato – Vídeo mostra dono de lava jato, em Maringá (PR), morto após ser imobilizado com um mata-leão pela Guarda Municipal. 

O isolamento social, adotado pela maior parte do países que estão enfrentando a crise da Covid-19, continua sendo a principal medida restritiva no combate ao novo coronavírus (SARS-CoV-2), de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Mas a quarentena não tem agradado a todos. Em alguns lugares, o argumento de que a economia não pode parar ganhou força e está causando tensão. Para a OMS, o isolamento está diminuindo o número de infectados. A instituição ainda declarou que a suspensão do isolamento, caso seja feita, deve ser executado de forma gradual.

Em meio à tensão, muitas pessoas não têm respeitado as normas de isolamento, irritando tantas outras que estão seguindo as orientações. E de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, essa situação teria sido vista em Maringá (PR) e terminado de forma trágica. Segundo as publicações, o dono de um lava jato em Maringá (PR) teria sido morto por guardas municipais após desrespeitar a quarentena.

O vídeo que acompanha as mensagens (e que não vamos exibir aqui) mostra um homem sendo imobilizado pela Guarda Municipal até desmaiar. “MARINGÁ HOJE… URGENTE… URGENTE… DONO DE LAVA JATO É MORTO POR GUARDAS MUNICIPAIS, PORQUE ESTAVA TRABALHANDO….”, diz a mensagem que acompanha o vídeo.

Dono de lava jato de Maringá é morto pela Guarda Civil por não respeitar quarentena do coronavírus?

As imagens viralizaram nas redes sociais e causaram revolta em muitas pessoas. Mas será essa história de que o dono de um lava jato teria sido morto após desrespeitar a quarentena em Maringá (PR)? A resposta é não!

Vamos aos detalhes! As publicações logo de cara causam desconfiança. Isso porque elas apresentam diversas características de boatos online, como o caráter vago, alarmista, os erros de português e a falta de fontes confiáveis (precisamos concordar que uma situação como essa seria destaque nacionalmente).

Ao assistir o vídeo, apesar de se notar uma força desproporcional pela parte dos guardas, não é possível dizer que o homem, de fato, morreu. E ao buscar pela mídia local, descobrimos que o homem, na verdade, apenas desmaiou. De acordo com a CBN Maringá, a situação teria ocorrido no dia 7 de abril de 2020, durante uma fiscalização da Guarda Municipal sobre a quarentena. Ainda segundo a CBN, o homem e os guardas municipais teriam discutido.

Relatos indicam que o homem teria afirmado que não estava trabalhando e que se encontrava no local, pois também morava lá. De acordo com as testemunhas, a discussão teria se intensificado e um dos guardas teria aplicado um mata-leão no dono do lava jato.

Após o golpe, o homem desmaiou. Ele acordou após alguns minutos. A ambulância foi acionada, mas o homem recusou o atendimento. O caso repercutiu na cidade e gerou um clima de tensão. Por meio de um comunicado, o prefeito de Maringá Ulisses Maia classificou a atitude como “inaceitável” e afirmou que irá apurar a conduta dos guardas municipais.

Em resumo: a história que diz que um dono de lava jato teria sido morto pela Guarda Municipal de Maringá (PR) após desrespeitar a quarentena é falsa! O vídeo, infelizmente, é real. Porém, o homem não morreu após a ação. Ele desmaiou e acordou alguns minutos depois. Toda a situação está sendo apurada pela Prefeitura. O homem passa bem. Ou seja, é apenas boato. Não compartilhe e, se possível, permaneça em casa!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99177-9164.

Confira a lista de todas as fake news sobre o novo coronavírus

Clique nos links “bit.ly” para acessar nossos perfis:

 – Siga-nos no Facebook http://bit.ly/2OU3Zwz
 – Siga-nos no Twitter http://bit.ly/2OT6bEK
 – Siga-nos no Youtube http://bit.ly/2AHn9ke
 – Siga-nos no Instagram http://bit.ly/2syHnYU
 – Grupo no WhatsApp http://bit.ly/2oQa6tD
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)