Defesa Civil alerta para chuva ácida por causa de queimadas na Amazônia #boato

Boato – Aumento de número de queimadas na Amazônia causa nuvem de CO2 em SP e Defesa Civil alerta para chuva ácida

O tempo fechou em São Paulo! E não estamos falando de confusão ou algo do tipo, mas sim do clima. Quem mora em São Paulo sentiu na pele a queda de temperatura (que estava sendo nada amena nos últimos dias, com o calor ultrapassando os 30ºC).

Além do frio, uma nuvem escura tomou os céus de diversas cidades paulistas, causando medo em muitos moradores. Mas a tão esperada chuva não aconteceu. Isso porque as nuvens escuras (que fizeram o dia se transformar em noite) foram uma combinação de muita umidade e fumaça.

E, de acordo com uma história que está circulando nas redes sociais, os paulistas devem ficar alertas com as nuvens de fumaça. Segundo as publicações, elas teriam sido causadas pelo aumento do número de queimadas na Amazônia. Ainda de acordo com as mensagens, a Defesa Civil teria emitido um alerta de chuva ácida para o estado paulista (mesmo após a passagem da nuvem de fumaça). Confira:

Versão 1: “Noticias da cidade/Estado: DEFESA CIVIL: CHUVA ÁCIDA. * Defesa Civil alerta população “Cuidado”. Com o Grande número de queimadas na zona da Floresta Amazônica, uma espessa nuvens de CO2 atinge o estado Paulista, e junto a ela uma frente- fria no litoral. Com os ventos convergentes, e as chuvas causadas que devem ser causadas pela frente, devemos atentar-se para a acidez da mesma, e de jeito algum ficar exposto a chuva”. Versão 2: “Chuva Acida!! Cuidado. Com o Grande numero de queimadas na zona da floresta Amazônica, uma espessa nuvem de CO2 atinge o estado Paulista, e junto a ela uma frente- fria no litoral. Com os ventos convergentes, e as chuvas que devem ser causadas pela frente, devemos atentar-se para a acides da mesma, e de jeito algum ficar exposto a chuva!!!”.

Defesa Civil alertou para chuva ácida por causa de queimadas na Amazônia?

Muita gente ficou preocupada com as publicações e anda realmente assustada com a possibilidade de um evento desse tipo no estado paulista. Mas será que o suposto alerta da Defesa Civil sobre a chuva ácida é verdadeiro? Para alívio dos paulistas, não é!

Vamos aos fatos! Uma rápida leitura na mensagem já mostra que essa história apresenta diversas características de boatos online. Ela é vaga (a publicação até fala em Defesa Civil, mas sequer cita o estado do órgão), alarmista, possui erros de português e não cita fontes confiáveis (apesar de usar o nome da Defesa Civil, a mensagem não aponta o link do suposto alerta).

Resolvemos, então, buscar por alertas de chuva ácida no Brasil, mas não encontramos nada. Nossa checagem até encontrou um alerta da Defesa Civil de São Paulo sobre chuvas no estado, mas o aviso não citava o ‘plus’ da chuva ácida.

Vale ressaltar que, apesar da cobertura bastante interessante sobre o fenômeno no estado de São Paulo em relação à fumaça e a alta umidade, nenhum veículo confiável (ou até mesmo um instituto de meteorologia) falaram sobre chuva ácida.

É importante ressaltar também que, quando o fenômeno, de fato, foi assunto de alerta pela Defesa Civil, a imprensa divulgou o caso de forma bastante direta e não-alarmista, como o alerta de chuva ácida, no Paraná, em 2017, por conta da estiagem.

Por fim, é interessante destacar que a chuva ácida é um fenômeno ocasionado pela reação química entre as gotas de chuva normal e o dióxido de carbono (CO2) presente na atmosfera poluída. Devido à reação, o pH da água pura (que é básico, ficando em torno de 7,0) cai e se torna ácido (chegando a 5,6). O fenômeno pode causar corrosão de folhas de plantações, irritações de pele e também a morte de peixes e corais (devido à acidificação da água).

Em resumo: a história que diz que a Defesa Civil emitiu um alerta sobre chuva ácida para o estado de São Paulo é falsa! A chuva ácida, de fato, acontece após o contato da gota de chuva normal com o dióxido de carbono (CO2), que aumenta na atmosfera por conta da poluição e também das queimadas. Porém, a Defesa Civil não emitiu nenhum tipo de alerta sobre o fenômeno (nem em SP e nem no restante do país) nos últimos dias. Ou seja, a história não passa de balela. Não compartilhe!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164. 

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)