Criança encontrada em Cascavel procura família. Compartilhe a foto dele #boato

Boato – Menino foi encontrado na rua em Cascavel. Para encontrar a família dele é preciso compartilhar a foto.

Nem só de polêmicas sobre política e de memes é que vive a internet. Muito pelo contrário, a web é essa vastidão de conteúdos de todos os tipos, para todos os gostos. Embora durante a campanha eleitoral há pouco findada o assunto tenha sido realmente voltado à política, parece que o universo online finalmente “respira novos ares”, ou melhor, volta a divulgar histórias bem variadas, mas nada novas.

É o caso da foto de uma criança que estão compartilhando absurdamente no Facebook. Segundo a publicação, um menino de pouco mais de um ano foi encontrado na rua e está à procura da família. Portanto, devemos repassar a foto dele para ajudar.

Na rede social, até o momento em que produzimos esse texto, a imagem do garoto já tinha mais de 1 milhão e 300 mil compartilhamentos. Confira a legenda da publicação, e a mensagem que estão compartilhando junto com a foto:

Legenda: Vamos divulga a foto dessa criança até fora de Cascavel pq desde o dia 10/10 foi encontrada e não acham a família… Uma criança inocente nem sabe falar só papai. Mensagem: Criança encontrada em Cascavel PR, no dia 10/10/2017, ela pode ter sido raptada em outro estado, compartilhem para encontrarmos sua família.

Criança encontrada em Cascavel procura família?

Como já comentamos, a repercussão da foto da criança é enorme, estão todos mobilizados e tentando ajudar através de compartilhamentos. Mas, quem está fazendo isso está fazendo a coisa certa? Não. Isso porque a criança da foto que estão repassando não está perdida. Agora vamos explicar melhor.

Ao analisar primeiramente só o conteúdo da mensagem (e da legenda) já ficamos desconfiados por que ambos apresentam as clássicas características de boatos: são alarmistas, contém erros de ortografia e também pedem compartilhamento. Além disso, nós já desmentimos histórias semelhantes aqui no Boatos.org, quem lembra do caso Anna Laura? Por isso, fomos investigar sobre a criança e aí pronto, o mistério todo se desvendou.

O menino da foto realmente foi achado sozinho na rua, mas ele já foi reunido com a família. E faz tempo. O caso todo ocorreu em outubro de 2017 (aliás, é exatamente a data da postagem no Facebook, de repente começaram a compartilhar de novo) quando uma criança de pouco mais de um ano foi encontrada em Cascavel.

A própria polícia divulgou a imagem do menino na tentativa de encontrar a família dele. Quando os investigadores começaram a encontrar detalhes sobre a criança descobriu-se que se tratava, na verdade, de tráfico internacional de menores. A história é barra pesada e comprida, mas, resumidamente, a criança foi trazida para o Brasil junto com mãe – uma adolescente de 17 anos – para ser adotada aqui.

Uma mulher apelidada de Maria Paraguaia negociou tudo com um casal brasileiro, que ao perceber que a adoção era ilegal resolveu devolver o menino. Foi aí que, sem saber o que fazer, Maria Paraguaia ligou para o Conselho Tutelar de Cascavel afirmando que tinha um menino perdido na rua. Poucos dias depois a Polícia Civil desvendou o esquema todo, prendeu e denunciou Maria Paraguaia à Justíça.

E quanto à criança? Ela foi devolvida à mãe e voltou para o Paraguai dois meses depois do início das investigações da polícia, ou seja, em dezembro de 2017. Para se ter ideia, essa história está tão caduca que Maria Paraguaia já até deixou a cadeia depois de quase um ano presa.

Logo, não é verdade que devemos compartilhar a foto do menino porque ele foi encontrado em Cascavel e está procurando a família. O garoto voltou para a família há um ano e nem está mais no Brasil. Compartilhar a imagem dele serve somente para expô-lo sem necessidade.

Precisamos sim ajudar a combater o tráfico de crianças e as redes sociais podem ser uma excelente arma nessa guerra. Mas, só vale se atuarmos de forma consciente e cuidadosa, caso contrário estaremos apenas perpetuando boato.

PS: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, no Facebook e WhatsApp no telefone (61) 991779164.

Compartilhe este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)