Casa de Ronnie Lessa, assassino de Marielle, pertence a Bolsonaro #boato

Boato – Ronnie Lessa, Preso por ser o assassino de Marielle Franco, possui casa que pertence ao presidente Jair Bolsonaro no Rio de Janeiro.

Nos últimos dias, muitos brasileiros voltaram a se indagar: quem matou Marielle Franco? No dia 14 de março de 2019 a morte da ex-vereadora do Rio de Janeiro completou um ano e muitas questões ainda permanecem sobre o assassinato de Marielle.

Em meio a dúvidas e poucas respostas, no dia 12 de março de 2019, duas pessoas foram presas apontadas pela Polícia Civil e pelo Ministério Público como suspeitas de participarem do homicídio de Marielle e Anderson (o motorista que dirigia o carro onde a ex-vereadora foi morta).

Ronnie Lessa e Élcio de Queiroz foram detidos, mas negam o crime. E segundo uma história que anda circulando nas redes sociais, Ronnie Lessa, um dos suspeitos, possui uma casa que, na realidade, pertence ao presidente Jair Bolsonaro. Confira:

Versão 1: “URGENTE Imóvel de Luxo onde morava Assassino de Mariele, está na declaração de bens de BOLSONARO”. Versão 2: “IMOVEL ONDE MORAVA ASSASSINO DE MARIELLE PERTENCE A BOLSONARO COMFORME ELE MESMO DECLAROU EM SUA ULTIMA DECLARAÇÃO DE BENS”. Versão 3: “Agora lascou de vez. Imóvel onde mora o suposto assassino de Marielle é de propriedade de Bolsonaro”. Versão 4: “O imóvel do assassino de Marielle está no nome de Bolsonaro”. Versão 5: “Se for verdade, e me garantiram que é, é uma verdadeira BOMBA! Imovel do assassino de Marielle pertence a bolsonaro”.

Casa de Ronnie Lessa, assassino de Marielle, pertence a Bolsonaro?

A informação causou rebuliço nas redes sociais e deixou muita gente revoltada. Desde que a informação começou a circular, diversas postagens com críticas e ofensas a Bolsonaro passaram a pipocar na internet. Mas será que essa história é realmente verdadeira? A resposta é não e os detalhes você confere a seguir!

Vamos lá! Para começo de história, as mensagens sobre o assunto apresentam as principais características de boatos online: são vagas, alarmistas, possuem erros de português e não citam fontes confiáveis.

Resolvemos procurar por mais informações sobre essa história, mas não encontramos nada que pudesse confirmar a informação. Pelo contrário, encontramos apenas notícias que falavam que Ronnie Lessa morava no mesmo condomínio que Bolsonaro.

Vale dizer que isso, por si só, não diz lá muita coisa. O próprio ex-delegado responsável pelas investigações do caso Marielle, Giniton Lages, afirmou que não existe nenhuma relação direta entre o crime e a família Bolsonaro.

Em relação à informação de que o imóvel teria sido declarado por Bolsonaro, uma rápida pesquisa na prestação de contas do presidente nos ajuda a desmentir a afirmação. Os imóveis declarados por Bolsonaro que pertencem ao condomínio estão localizados na Avenida Lúcio Costa e são identificados pelos números 36 e 56. Já os imóveis pertencentes a Ronnie Lessa são identificados pelo número 65 e 66.

Em resumo: a história que diz que a casa de Ronnie Lessa pertence a Bolsonaro é falsa! Não existe nenhuma outra informação que sustente essa teoria. Além disso, os imóveis declarados por Bolsonaro no condomínio são os números 36 e 56. Enquanto os de Ronnie Lessa são 65 e 66. A história não passa de balela. Não compartilhe!

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo siteFacebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)