Caminhões estão cheios de carne descongeladas! Não compre após a greve #boato

Boato – Mensagem alerta para não comprar carne após a greve, pois os caminhões estão cheios de carnes descongeladas que vão ser congeladas e vendidas.

Apesar do acordo firmado entre o governo federal e os representantes de caminhoneiros para o fim da greve, a categoria manteve os atos contra a disparada do preço do diesel. Além do desabastecimento de combustível e alguns alimentos perecíveis, as mobilizações também geraram uma onda de fake news.

Entre elas, está o alerta do “marido de uma pessoa conhecida que é motorista de caminhão” que tem circulado no WhatsApp. A mensagem recomenda que “ninguém deve consumir carne depois que a greve acabar pois os baús estão cheios de carne descongeladas”. Leia o que diz a publicação:

Amigos, o marido de uma pessoa conhecida é motorista de caminhão (de um supermercado grande local), ele disse que ninguém deve consumir carne depois que a greve acabar pois os baús estão cheios de carne descongeladas, certamente serão congeladas de novo e vão para consumo. Fica o alerta.

Caminhões estão cheios de carne descongeladas que vão ser vendidas?

É claro que quando o assunto é saúde, todo cuidado é pouco. Mas será mesmo que os caminhões estão cheios de carne descongeladas? A resposta é não. Sem mais delongas, vamos aos fatos.

Para começar, a mensagem segue o mesmo enredo dos boatos online: é alarmista, sem datas e fontes confiáveis, tem informações vagas e pedidos de compartilhamento. Por incrível que pareça, dessa vez não tivemos erros de português (inclusive, a mente brilhante por trás disso merece os parabéns), mas mesmo assim temos motivos para desconfiar.

O primeiro deles está ligado ao fato de que não há uma fonte confiável que endosse a informação do “marido da pessoa conhecida” que os “caminhões estão cheios de carne descongeladas”. Ou seja, isso não é suficiente para dar credibilidade a informação.

Mas não é só isso: existem sistemas que mantém a carne congelada mesmo com o caminhão parado. Isso porque existem algumas técnicas para manter o sistema de refrigeração, como é o caso do sistema com motor a diesel independente, que mesmo que haja um defeito no motor do caminhão, o compressor continua trabalhando sem risco de descongelar os alimentos.

É claro que existe a possibilidade de a carne estragar, caso os caminhoneiros desliguem o sistema. Mas vamos refletir: não seria nenhum um pouco agradável permanecer em greve (que já não é um dos melhores programas), longe de casa e com cheiro de carne podre. Além disso, o supermercado não se arriscaria vendendo carne estragada já que as multas dos órgãos de fiscalização costumam ser altas.

Por fim, ainda existe a possibilidade de os caminhoneiros manterem a carne congelada para prosseguir com as manifestações, como indica esse vídeo (uma vez que alguns estão consumindo esta carne). Ou seja, não é verdade que os caminhões estão cheios de carne descongeladas. A história é fruto de alarmismo e desinformação.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61)99177-9164.

Compartilhe este artigo:
error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)