Balela: maconha pode ser liberada para plantio no Brasil em 2014

Boato – Governo brasileiro vem estudando formas de liberar plantio da maconha no Brasil em 2014. Óleo da cannabis seria usado no setor automotivo

Uma das maiores polêmicas em relação a leis no mundo é em relação da descriminalização das drogas, principalmente da maconha. Países como a Holanda e, mais recentemente, o Uruguai criaram leis para liberar o plantio e venda da Maconha. O mesmo aconteceu no estado do Colorado (EUA).

No Brasil, isso parece estar mais acontecer. Porém, uma notícia que apareceu na internet apontou que há possibilidade da maconha ser liberada para plantio no país em 2014. Como muitas das notícias falsas da internet (só para citar um exemplo, a história da overdose de maconha no Colorado), a fonte é o Jornal VDD. Antes de analisarmos o boato, leia o texto publicado na página.

Maconha pode ser liberada para plantio no Brasil já em 2014 O Ministério da Agricultura, juntamente com o Ministério da Saúde, vem estudando formas de liberar o plantio de maconha no Brasil já para o ano que vem, em 2014. Hoje, por conta de um pequeno avanço, isso está mais próximo da realidade.

Carlos Dias, ministro da Agricultura, disse em entrevista que o setor automotivo está bastante empolgado com o plantio de maconha, já que estudos recentes comprovam que o óleo extraído da cannabis (nome científico da maconha) é altamente explosivo, podendo ser usado como um futuro combustível para nossos carros, aviões e motos.

“Estudos indicam que a maconha pode fornecer um combustível tão bom ou ainda melhor do que a gasolina. Estamos interessados nisso e a Petrobrás é nossa parceira nesta empreitada” contou-nos Carlos Dias. Quanto ao uso da planta para consumo, se o plantio realmente for liberado, pessoas de todo o Brasil poderão ter em seu quintal algumas mudinhas de cannabis. O ministro disse que o Ministério da Saúde ainda está estipulando quantos pés de maconha cada cidadão poderá ter em casa, mas provavelmente não passará de 50 pés.

A fonte da notícia já seria suficiente para desmentir o boato (postado no site em novembro de 2013, mas que bombou em janeiro de 2014). O Jornal VDD se autodenomina como um blog de humor. Leia a descrição no rodapé da página: “Não acredite em tudo que você lê por ai. Este é um site de humor que publica notícias que deveriam ser verdade, ou não”.

Além disso, o ministro da Agricultura não é Carlos Dias. Ele é Antonio Andrade. Este link do próprio Ministério da Agricultura comprova esta informação. Por curiosidade, buscamos quem é Carlos Dias. Encontramos um anarquista do início do século XX, mas não sabemos se ele inspirou a criação do personagem para matéria.

Por fim, buscamos alguma informação sobre o tal óleo altamente explosivo da cannabis. Como era de se supor, nenhuma informação foi encontrada. Com isso, podemos afirmar com 100% de certeza que a notícia é falsa. Vale lembrar que, apesar de obviamente a informação ser falsa, ela foi compartilhada como verdadeira na web. 

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)