Menina chega atrasada no Enem por dois anos seguidos #boato

Boato – Imagem compartilhada nas redes sociais mostra menina que chegou atrasada no Enem por dois anos seguidos, em 2016 e 2017.

No dia 5 de novembro de 2017, os portões dos locais de prova do Enem se fecharam pontualmente às 13h (horário de Brasília). Enquanto o sonho de muitos que esperavam por uma vaga no ensino superior chegava ao fim, a internet só tinha olhos para um tema: o show dos atrasados.

Todos os anos, estudantes chegam atrasados e não fazem a prova, e isso não é novidade para ninguém. Mas o que ninguém esperava era que alguém perderia o exame por dois anos seguidos. Isso mesmo! De acordo com informações repassadas no Facebook, no Twitter, no WhatsApp e em outras plataformas, uma menina conseguiu a proeza de chegar atrasada no Enem por dois anos seguidos. Leia o que diz a publicação:

Print de notícia falsa sobre estudante que chegou atrasada dois anos seguidos no Enem.
Print de notícia falsa sobre estudante que chegou atrasada dois anos seguidos no Enem.

Menina chega atrasada no Enem por dois anos seguidos?

Se isso não for azar, não sabemos o que é. Pelo menos, se fosse verdade. Mas a verdade é que essa informação é falsa. A tal menina não chegou atrasada em 2016 e 2017. Sem mais delongas, vamos aos fatos.

Antes de começar a desvendar o caso, saiba que o Enem já foi tema nas páginas do Boatos.org por algumas oportunidades. Já apareceram histórias sobre vazamento de redação, cancelamento de prova, de atrasados e até uma história sobre ação de extraterrestres no local de prova.

Voltando ao caso da “atrasadinha”. Para começo de conversa, as imagens não correspondem à aplicação do exame nos anos de 2016 e 2017, como indicam as publicações. Na verdade, ambas foram registradas na edição do Enem de 2010. Naquele ano, a estudante Camila Santos Silva foi a primeira candidata a chegar atrasada na Uninove da Barra Funda, em São Paulo

Isso pode ser facilmente constatado com uma simples busca na internet. Inclusive, devemos isso ao nosso leitor (identifique-se por favor) que desvendou o caso em questão de segundos e enviou a solução via WhatsApp.

Pois bem. Uma das imagens foi registrada pelo fotógrafo Daigo Oliva, do G1. Já a outra, onde a Camila aparece em um ângulo diferente, foi registrada pelo fotógrafo Thiago Bernardes, do Uol.

Sendo assim, podemos afirmar que a história da menina que chegou atrasada no Enem por dois anos seguidos é falsa. Não sabemos como ela está hoje, mas o fato é que as imagens não são recentes e são do mesmo ano. Esperamos, de coração, que ela já esteja formada na universidade que desejava.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Compartilhe este artigo:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)