Texto falso: primeiro caso de ebola é confirmado no Maranhão

By | 20/08/2014
Notícia falsa fala de caso de ebola no Maranhão

Notícia falsa fala de caso de ebola no Maranhão

Boato – O primeiro caso de ebola confirmado no Brasil foi de um nigeriano que morreu no sábado à noite em São Luís, no Maranhão. Cinco pessoas estão infectadas.

Vírus que devastou cidades na África na década de 1990, o ebola voltou com força em 2014. Neste ano, mais de mil pessoas morreram no continente vitimadas pela doença que assusta pelo alto grau de mortalidade. O ebola também vitimou um padre na Espanha e infectou duas pessoas na África que voltaram aos Estados Unidos. Agora, uma notícia que circula na internet assusta os brasileiros.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

De acordo com o texto, que circula com força em redes sociais e WhatsApp, foi confirmado o primeiro caso de ebola no Brasil. Ele seria de um nigeriano que morreu em São Luís, no Maranhão. De acordo com o texto, as autoridades pediram sigilo, a Polícia Federal denominou a operação fronteiras fechadas e há mais cinco pessoas com os sintomas da doença e em estado grave. Leia:

Curta também a nossa página no Facebook e não caia em boatos

Primeiro caso de Ebola confirmado no Maranhão. Repassando uma notícia preocupante: Um nigeriano chegou à São Luís – Ma, na terça feira, começou a passar mal foi internado no hospital Universitário HUUFMA. Ele faleceu no sábado a noite com diagnóstico do vírus”EBOLA”. O governo do Estado do Maranhão e o Ministério da Saúde ordenaram que fosse mantido em sigilo. No entanto, o minitro da saúde, Arthur Chioro confirmou ao sec. ricardo Murad que já tem 5 pessoas internadas com os mesmos sintomas em estado grave! A Polícia Federal iniciou hoje a operação “fronteiras fechadas”, ond qualquer pessoa que tenha estado no continente africaco nos últimos 10 meses não podem entrar no país. Repassem!!!! Prezados, Em decorrência da emergência de Ebola na África, foi elaborado pelo Ministério da Saúde o informe técnico anexo, também disponível no link abaixo: http://portalsaude.saude.gov.br/index.php/o-ministerio/principal/leia-mais-o-ministerio/197-secretaria-svs/14163-ebola-informe-tecnico Contamos com o apoio na divulgação junto às Vigilâncias dos Municípios do seu estado e todos os profissionais de saúde. Atenciosamente, Centro de Informação Estratégicas em Vigilância em Saúde – CIEVS/RN Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica – SUVIGE Coordenação de Promoção a Saúde – CPS Secretaria de Estado da Saúde Pública – SESAP/RN Divulguem, e super importante!!!!

É de assustar, não é verdade? Afinal, uma falta de cuidado poderia realmente acarretar em problemas. Mas pode ficar tranquilo, por enquanto, tudo indica que a notícia seja falsa.

O primeiro ponto suspeito está no próprio texto. Com muitos erros, parece não ter sido retirado de algum lugar com cuidado com a ortografia. Imagine em se tratando das informações. Além disso, o link que está postado no texto apenas descreve o ebola. Não fala de nenhum caso no Maranhão.

Procuramos informações a respeito do assunto nos locais citados pelo texto. Não achamos nada que citava a tal Operação “Fronteiras Fechadas”. Aliás, até achamos. Mas se tratava de uma operação de fiscalização em Pernambuco no ano de 2012. Nada de ebola na história. Em relação ao Hospital Universitário HUUFMA e ao Ministério da Saúde, encontramos os desmentidos em relação a toda história de ebola no Maranhão.

O site do Hospital Universitário HUUFMA a mensagem era a seguinte:

O HUUFMA vem a público informar que não existe nenhum caso de paciente internado na Instituição com o vírus Ebola. A informação divulgada pelas redes sociais é inverídica, com intuito de causar pânico na população.

Já o Ministério da Saúde escreveu o seguinte:

Com relação aos boatos que estão circulando nas redes sociais e por meio do aplicativo Whatsapp sobre Ebola, o Ministério da Saúde esclarece que não há caso suspeito ou confirmado da doença no Brasil. Vale ressaltar que o risco de transmissão para o país é considerado baixo. De acordo com os dados oficiais divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), os países acometidos pelo surto do vírus Ebola são Guiné, Libéria e Serra Leoa, todos situados na África Ocidental.

O Ministério da Saúde recebe, diariamente, informações da Organização Mundial de Saúde (OMS) sobre a situação de circulação de vírus no mundo, inclusive o Ebola, além de quaisquer outras situações que possam se caracterizar como emergência de saúde pública. Como a doença é transmitida pelo contato direto com sangue, secreções, órgãos e outros fluidos corporais de pessoas ou animais infectados, a transmissão para outros continentes é considerada como pouco provável. A OMS não recomenda quaisquer medidas que restrinjam o comércio ou o fluxo de pessoas com os países afetados.

A mensagem chegou a veículos de mídia e diversos sites de notícias também já deram desmentidos em relação a supostos casos de ebola no Brasil. Com todos esses dados, chegamos à conclusão de que as informações em relação a casos de ebola no Brasil são falsas.

Vale lembrar que esse não é o primeiro caso de boato relacionado a chegada da doença no Brasil. No início do ano, o Boatos.org escreveu um texto desmentindo um história que dava conta que o ebola havia chegado ao país por meio de haitianos que estavam na cidade de Brasiléia (Acre).

10 thoughts on “Texto falso: primeiro caso de ebola é confirmado no Maranhão

  1. Damiana

    O BRASIL NÃO CONTROLA NEM A DENGUE
    MUITO MESMO UMA DOENÇA, PREOCUPANTE COMO EBOLA,, TENHO MEDO POIS NOSSO PAIS.. É UM DESPREPARO TOTAL.. SINTO PELO NOSSAS CRIANÇAS E IDOSOS. O PAIS E FRACO SEM HOSPITAIS E PROFISSIONAIS DE QUALIDADE QUERA COMBATER A DOENÇA.

    Reply
  2. claudio

    O Nigeriano chegou como no Maranhão? Tem voo da Africa pro Maranhão?

    Reply
    1. Leticia

      Eu não sei em que cidade vc é Claudio, mas eu moro no interior de são paulo e só neste últimos 4 meses no meu bairro já temos 8 nigerianos que alugaram uma casa em frente a minha e pretende trazer a família , muitas construtoras estão dando emprego para essas pessoas e eles tem visto aprovado pela nossa “querida presidenta”.

      Reply
  3. D.O.A

    Mais como você pode afirmar com tanta certeza que é mentira ? você mora no maranhao?
    Claro que o governo vai tentar esconder assim como esconde tudo e a midia apoia.
    e essa doença esta se alastrando pelo mundo e todos os dias entra gente no brasil vindo da região afetada, principalmente que aqui no brasil qualquer um entra sem ter que apresentar exames, nem tomar vacina e nem visto. é um pais que a policia só fica de olho em drogas e contrabando que é o que dar dinheiro . site da materia news24horastoo.blogspot.com.br

    Reply
    1. Santiago

      Concordo afinal na guine disseram que o surto tinha sido controlado

      Reply
    2. Marcos

      O Ebola se um dia chegar ao Brasil e é possível que mais cedo ou tarde ocorra algum caso dificilmente se espalharia como vem ocorrendo em alguns países da Africa devido as formas como o vírus se transmite.

      Reply
    3. André Nogueira

      D.O.A, eu moro no Maranhão, estudo na UFMA e conheço pessoas que trabalham no Hospital Universitário: não foi confirmado nenhuma caso aqui.
      Pelo menos, por enquanto, o Ebola não chegou ao Maranhão, e nem ao Brasil.

      Reply
  4. Aurea Silva

    Mais um detalhe da armação: se ocorreu no MA, porque quem comunica é o RN:

    Centro de Informação Estratégicas em Vigilância em Saúde – CIEVS/RN Subcoordenadoria de Vigilância Epidemiológica – SUVIGE Coordenação de Promoção a Saúde – CPS Secretaria de Estado da Saúde Pública – SESAP/RN Divulguem, e super importante!!!!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *