Aspartame causa mal de Alzheimer e é um veneno #boato

Boato – Adoçantes a base de aspartame são perigosos. Aviso denuncia que o adoçante é um veneno que causa Alzheimer.

Os cuidados com a alimentação são necessários e indicados por grande parte da classe médica. Na era da pressa e da correria, somos cada vez mais displicentes com aquilo que comemos, apelamos para alimentos fast food, para salgadinhos, doces e as tentações diárias sem muito filtro.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Enquanto isso, na internet uma espécie de disputa vem se formando. De um lado há quem defenda a liberdade para consumir açúcar e carboidratos e do outro quem condena veemente alimentos ricos nesses nutrientes.

O fato é que frente às preocupantes estatísticas de obesidade, problemas cardíacos, de diabetes, pressão alta, entre outros, é valido que exista uma onda de paranoia nas questões relacionadas à comida. Talvez por isso, muita gente tem compartilhado o texto que denuncia os riscos do aspartame e os males que o adoçante causa no corpo – entre os destaques está o mal de Alzheimer. Confira:

ADVERTÊNCIA: VOLTEM PARA O AÇÚCAR. Voltem para o velho e bom açúcar, que no Brasil há mais de 500 anos alimenta a nossa população e nossos antepassados não apresentavam esses sintomas das doenças “modernas”. Passei alguns dias falando na CONFERÊNCIA MUNDIAL DE MEIO AMBIENTE a respeito do ASPARTAME, conhecido como Nutrasweet, Equal, Zerocal, Finn e Spoonful.

Eles anunciaram que existia uma epidemia de Esclerose Múltipla e Lúpus sistêmico, e não entendiam que toxina estava fazendo com que essas doenças assolassem os Estados Unidos tão rapidamente.[…] ALZHEIMER, MAL DO ADOÇANTE. (Artigo escrito pela Dra. Mancy Arckle)

Quando a temperatura excede 30º C, o álcool contido no ASPARTAME se converte em formaldeído e daí para ácido fórmico (o ácido fórmico é o veneno das formigas), que provoca acidose metabólica. A toxicidade do metanol imita a esclerose múltipla e as pessoas recebem diagnóstico errado de esclerose múltipla. A Esclerose múltipla não se constitui em sentença de morte, mas a toxicidade do metanol sim.

...O Aspartame é especialmente mortal para os diabéticos. O Dr. H.J. Roberts, especialista diabético e perito mundial em envenenamento pelo Aspartame, escreveu um livro entitulado: DEFESA CONTRA A DOENÇA DE ALZHEIMER. Dr. Roberts conta como o envenenamento pelo Aspartame está relacionado à doença de Alzheimer. E realmente está. Mulheres de 30 anos estão sendo internadas com Alzheimer. Dr. Russell Blaylock e Dr. Roberts estão escrevendo uma carta-posição com alguns casos relatados e vão colocá-la na Internet.

PEDIMOS QUE VOCÊ SE ENGAJE TAMBÉM. Imprima este artigo e avise todas as pessoas que você conhece. TIRE TUDO O QUE CONTÉM ASPARTAME DO ARMÁRIO […].

 O aspartame causa mal de Alzheimer e outras doenças?

O artigo acima é grave, denuncia diversos males e aponta o aspartame como o culpado de todos. Acontece que não é bem assim, as informações divulgadas não refletem a realidade e apesar da repercussão que está ganhando na web trata-se de um conjunto de informações incompletas e falsas. Vamos esclarecê-las por partes:

– A denúncia mais séria (sobre o Alzheimer) não é real. Buscamos por fontes, estudos e qualquer relação entre a doença e o aditivo alimentar, mas não encontramos nada. Igualmente buscamos pela suposta Dra. Marncy Marckle ou seu artigo original e não encontramos vestígio da mulher a não ser nos sites que compartilharam essa “denúncia” sobre o aspartame.

– Quanto à questão do Lúpus e da Esclerose Múltipla, o Snopes, já esclareceu que não há relação entre o consumo do aspartame e essas doenças. Detalhe que esta história foi esclarecida no site em 2015, quando o diretor da Divisão de Avaliação de Efeitos para a Saúde da FDA (tipo a Anvisa dos EUA) refutou ponto a ponto das acusações que são feitas nessa história.

– O tal artigo que condena o aspartame circula na internet desde pelo menos 2009 e ano após ano tem ganhado atualizações, entre as recentes o acréscimo do Alzheimer como efeito do consumo.

– Claro que, como qualquer alimento, existe a indicação ideal de consumo e a melhor forma de fazê-lo. A Anvisa divulgou a Ingestão Diária Aceitável de todos os tipos de adoçante, essas quantidades foram estabelecidas por um braço da Organização Mundial de Saúde (OMS) após a realização de diversas pesquisas.

Por tudo que destacamos acima, não há como acreditar nessa história de aspartame que causa Alzheimer e diversas doenças. Não existem estudos que comprovem esta relação até o momento e a própria OMS indica a forma correta de consumir esses produtos. Diante disso resta como escolha acreditar na maior instituição de saúde do mundo ou em um artigo que ninguém encontra, ou sua autora.

PS: Este artigo foi uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quer sugerir temas para o Boatos.org entre contato com a gente pelo site, Facebook ou pelo WhatsApp no número (61) 99331-6821.

Um comentário em “Aspartame causa mal de Alzheimer e é um veneno #boato

  • 21/06/2017 em 14:01
    Permalink

    Gostaria de ouvir a opinião de um químico sobre o aspartame se converter em formaldeído.

    Resposta

Deixe uma resposta

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)