Arroz está infectado com vírus e bactérias e pode matar #boato

Boato – Nova safra de arroz foi infectada com vírus e bactérias que podem levar a morte por estudantes universitários. Governo quer esconder informação.

Em 2015, o texto mais lido do Boatos.org foi o que dizia que o feijão estava infectado e diversas pessoas haviam morrido por causa disso. Agora, em 2016, o feijão ganha uma companhia nos boatos online. Desta vez, um texto aponta que o arroz brasileiro está infectado.

Arroz contaminado com vírus e bactérias está matando pessoas, diz boato
Arroz contaminado com vírus e bactérias está matando pessoas, diz boato

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

É isso mesmo. Um texto que circula com força pelo WhatsApp e Facebook dá conta que estudantes teriam infectado a nova safra de arroz com “vírus e bactérias” que podem causar a morte. Pior, como o Ministério da Saúde não tem dinheiro para tirar a bactéria, o governo está escondendo a informação. Leia:

ATENÇÃO

O governo brasileiro está escondendo uma informação da população. A nova safra de arroz referente a colheita do mês de Outubro foi infectada com vírus e bactérias por estudantes universitários em visitas nas plantações. Esses vírus e bactérias causam infecção no estômago podendo levar a morte. O Ministério da Saúde não tem dinheiro para tirar a bacteria dessa safra de arroz.

☑☑ REPASSEM para o maior número de pessoas, não deixe que elas comam arroz das marcas Carreteiro, Máximo, Ouro e Tio João pelos próximos meses. Vamos nos prevenir e denunciar. Parem de comer arroz!

Arroz está infectado com vírus e bactérias e pode matar?

É claro que a história chamou atenção online e muita gente ficou preocupada com a informação. Mas será mesmo que o arroz está contaminado e matando as pessoas? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Como você deve imaginar, o próprio caráter da mensagem já denuncia que a história é falsa. Uma leitura já nos faz perceber que, assim como a maioria dos boatos que circulam na internet, ele é um tanto quanto vago. Se você acha que não, olhe quantas perguntas ficam sem resposta no texto:

De onde saiu esta informação? Quais foram os estudantes que infectaram? E como estudantes conseguiram infectar tudo? Quais vírus são? Quais bactérias? Por que o governo prefere autorizar arroz infectado a proibir se não ganha nada com a venda dos produtos e ainda teria que enfrentar uma crise de saúde se fosse verdade?

Tem outras perguntas, mas essas são só para você raciocinar sobre o assunto. Para além disso, há outras informações erradas no texto. A primeira é que o Ministério da Saúde não teria o mínimo de obrigação de tirar uma bactéria do arroz. A Anvisa teria apenas que proibir a venda das tais marcas. E como podemos ver aqui, não há nenhuma proibição ou aleta. Sequer uma notícia sobre o assunto existe.

Além disso, o texto aponta para algumas marcas de forma errônea. Ok, Tio João e Carreteiro (que foi comprada pela Camil) até existem. Agora o arroz “Ouro” seria o “Ouro Branco” e o “Máximo” seria o “Sabor Máximo”. A não ser que existam marcas com esse nome sem um registro sequer na internet.

Junte a tudo que falamos antes com o fato do texto ter muitas características de boatos (caráter alarmista, falta de fontes, pedido de compartilhamento) e temos mais uma história falsa circulando por aí. Pode comer o seu arroz tranquilamente porque não tem problema algum com vírus e bactérias.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão dos leitores Eloa Gonçalves, Verônica Pardo e quatro pessoas que não se identificaram por WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato pelo siteFacebook ou envie uma mensagem para o número (61) 99331-6821 no WhatsApp.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

8 comentários em “Arroz está infectado com vírus e bactérias e pode matar #boato

  • 27/10/2016 em 11:07
    Permalink

    Mais sem noção é o que compartilha qualquer coisa sem sentido. Tem muita gente que acredita em tudo que ouve e muitos agrega às crendices o orgulho próprio.

    Resposta
  • 26/10/2016 em 16:40
    Permalink

    o telefone indicado não é do local que diz ser

    Resposta
  • 25/10/2016 em 11:15
    Permalink

    Larva no camil. Nunca vi, sempre usei. E essa do feijão. Como assim, está internado por causa do feijão.
    Não sei se publicou o outro comentário. Se sim, só desconsiderar esse.

    Resposta
  • 25/10/2016 em 11:11
    Permalink

    Fátima,
    Pode explicar sobre esse amigo que tá internado por causa do feijão. Como assim? E o arroz CAMIL, eu sempre usei e nunca vi essas larvas.

    Resposta
  • 25/10/2016 em 00:43
    Permalink

    E o numero do CRM informado é falso… Nao consta cadastrado no site

    Resposta
  • 24/10/2016 em 03:38
    Permalink

    é muito interessante , antes de repassar, compartilhar qualquer tipo de mensagem, sempre procurar saber a veracidade do conteúdo pra não se um propagador de boatos

    Resposta
  • 22/10/2016 em 01:54
    Permalink

    SÓ tem boatos na Internet
    Coisas absurdas e os mal informados espalham essas bobagens.

    Resposta
  • 20/10/2016 em 01:45
    Permalink

    E que larvar estão saindo do arroz Camil que precisa ser muito bem lavado é larvinha inofencível comivel. E o rapaz amigo de meu filho está internado por causa do faijão exames comprovados.

    Resposta

Deixe uma resposta

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)