Temer fez aliança com muçulmanos terroristas #boato

Boato – Áudio aponta que Michel Temer fez aliança com muçulmanos terroristas que vão se instalar no Brasil.

À medida em que a procura por “recomeços” no Brasil aumenta, o volume de boatos sobre os muçulmanos também se acumulam. E, mais uma vez, estamos aqui para desmentir uma balela envolvendo muçulmanos e terroristas.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

A balela da vez dá conta de um alerta sobre uma suposta aliança entre Temer e muçulmanos terroristas. O áudio que viralizou no WhatsApp aponta que o presidente Michel Temer negociou com muçulmanos terroristas e que eles já se instalaram no Brasil. A prova seria uma imagem do presidente. Leia o que diz o áudio:

Espalhe esse vídeo para todos os seus contatos, irmãos. Paz do Senhor! Não faça só ver não, espalhe para todos os seus contatos. Esses pessoais são os muçulmanos e são um grupo de terroristas assassinos que estupram crianças, matam e decolam famílias cristãs e eles quem não querem saber da palavra de Deus, pregam o contrário da palavra de Deus. Temer fez uma aliança com eles e eles já se instalaram aqui no Brasil. Tome cuidado, espalhe esse vídeo e não se desfaça dele. Espalhe para todos os seus contatos.

Temer fez aliança com muçulmanos terroristas que vão se instalar no Brasil?

Que loucura, né? Mas só um detalhe: o áudio é falso e não passa de um boato carregado de preconceito criado por alguém. Sem muitos rodeios, vamos aos fatos.

Vamos combinar que a mensagem por si só é bem preconceituosa e extremista. Afinal, nem todo muçulmano é terrorista (já explicamos isso aqui). Além disso, a mensagem possui características de boatos que circulam na web. São alarmistas, não possuem datas e fontes confiáveis e pede compartilhamento.

Dito isso, saiba que a mensagem aponta uma foto de Temer como a prova cabal da tal aliança. Mas o que nem todos sabiam é que a imagem não tem nada a ver com isso. Na realidade, se trata de um evento em homenagem ao presidente da República, que aconteceu em abril de 2017, em São Paulo.

Como você pode perceber, o jantar das entidades líbano-brasileiras em homenagem a Temer reuniu representantes de diversas religiões (inclusive cristãs). Logo, podemos concluir que foi só mais uma imagem aleatória usada como cobaia em um boato.

Com isso, podemos bater o martelo que a história de que Temer fez aliança com muçulmanos terroristas que vão se instalar no Brasil é falsa. A mensagem é só mais uma prova de que o pensamento xenofóbico ainda está em alta.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)