Pedofilia do Hamas: notícia falsa sobre casamento palestino cai na web

Pedofilia do Hamas é hoax
Pedofilia do Hamas é hoax

Boato – Um casamento coletivo realizado em Gaza reunia meninas de 4 a 10 anos e adultos. O grupo islâmico Hamas patrocinou a festa para 450 pessoas e ainda deu US$500 para a pedofilia ser realizada.

Essa é mais uma história de arrepiar que circula há muito tempo na internet. Desde 2009, um texto escrito originalmente no blog The Last Cruzade (A Última Cruzada) passou a circular constantemente em e-mail e redes sociais. O texto, de autoria do PhD Paul L. Williams, fala de um tipo de cerimônia bizarra patrocinada pelo Hamas.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

O texto, que pode ser lido aqui, fala de um casamento coletivo de 450 pessoas. Os noivos tinham de 25 a 30 anos. Já as noivas tinham de 4 a 10 anos. Ou seja, tratava-se de uma pedofilia institucionalizada e autorizada pelo “islamismo radical”. No casamento, os noivos ainda ganharam US$ 500.

As fotos mostram as meninas ao lado dos noivos e em carros de luxos. E o texto, que pode ser lido aqui, cita vários capítulos do Alcorão que permitiriam a pedofilia. Entre as barbáries atribuídas ao Hamas e ao islamismo estavam à permissão do homem “sodomizar” as crianças, espancá-las e mutilá-las. Obviamente, o texto gerou uma reação de ódio ao islamismo. No Brasil, foi muito divulgado em blogs cristãos.

Porém, uma análise mais aprofundada mostra que tudo não passa de difamação. A começar pelo próprio histórico do autor. Williams é conhecido por ser defensor da expulsão de todos os muçulmanos do Canadá. Ele é autor de diversas publicações contra o islamismo e ainda sofreu um processo de US$ 2 milhões de uma universidade após acusá-la de vender material radioativo para grupos radicais do Oriente Médio.

Falando do casamento. A cerimônia coletiva aconteceu em um momento de pós-guerra e foi divulgada na mídia mundial. Essa matéria da AFP cita o casamento e não fala em momento algum de pedofilia. Será que, em um evento assim, pedofilia não seria o principal fator notícia para a agência publicar?

O G1 reproduziu esta matéria da EFE. Nela, há a citação de que “Muitas das noivas eram mulheres que tinham perdido os maridos na ofensiva” israelense que aconteceu na região. Será que meninas tão novas estariam se casando pela segunda vez?

Fotos desmascaram hoax de pedofilia no Hamas
Fotos desmascaram hoax de pedofilia no Hamas

Para terminar, outras fotos do casamento com as “verdadeiras” noivas foram publicadas. Na realidade, as crianças são uma espécie de “dama de honra”, algo que é muito tradicional em casamentos no Brasil e no ocidente.

Com tantos fatos, não resta mais nada a dizer do que “é falso”. Por sinal, esse é um dos mais maldosos exemplos de boatos espalhados na internet para prejudicar uma crença ou cultura. Provavelmente, muitas pessoas não precisaram se esforçar muito para acreditar na história de pedofilia e condenar os muçulmanos.

Leia na íntegra o texto que fala da pedofilia no Hamas

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

23 comentários em “Pedofilia do Hamas: notícia falsa sobre casamento palestino cai na web

  • 23/07/2017 em 01:58
    Permalink

    O site Boatos.org está cada vez mais perdendo a credibilidade postando como sendo boatos coisas que são verdadeiras.
    Há poucos meses também disseram que era boato que havia motoristas andando na contramão na BR-101 e é uma total verdade, só eu já vi 4 vídeos de motoristas flagrados fazendo isso (sendo que num deles há um choque frontal) que é um crime pois pode levar a morte das pessoas.
    E esta matéria do casamento islâmico com meninas não é boato, realmente existe, eles casam com meninas até com menos de 10 anos. Uma barbaridade!

    PS: Outra coisa que debilita a credibilidade deste site é não permitir copiar os textos, nem sua própria mensagem é possível copiar.

    Resposta
    • 31/08/2017 em 02:04
      Permalink

      Luiz Neto, essa foto É manipulação, sim. Essas meninas não são noivas, são damas de honra. As verdadeiras noivas – adultas – estavam num palanque e não aparecem na foto. Vá fazer propaganda sionista em outro lugar.

      Resposta
  • 02/01/2017 em 11:31
    Permalink

    O Hamas desmentiu a notícia?

    Ninguém está mais autorizado para desmentir ou confirmar que o Hamas.

    Coloquem por favor o texto onde o Hamas desmente a notícia.

    Resposta
  • 27/09/2016 em 15:33
    Permalink

    Seu lixo! Eu ja vi reportagens inteira na TV aberta! Isso não é boato pesquisem!!! Não defendam que bate nas mulheres e decapitam pessoas por não concordarem com eles!!!

    Resposta
  • 26/06/2016 em 23:19
    Permalink

    Vocês não dão conta nem de resolver os problemas de suas casas comparar do Islam, mataram 50 viados o mundo no super bla bla bla, no dia seguinte mataram 150 negros na africa numa igreja só pq eram cristãos alguem de vocês se quer souberam da notícia????????

    Resposta
  • 12/06/2016 em 00:03
    Permalink

    Mentiroso! Isso existe sim, e é verdade!

    Resposta
  • 07/06/2016 em 03:54
    Permalink

    mentiroso é vc… o casamento com crianças é real e as meninas das fotos são noivas sim.

    Resposta
  • 04/06/2016 em 12:51
    Permalink

    Não sei a repeito da foto! Mas casamento infantil nessa religião existe sim..sou casada com um mulçumano,estudei sobre a história e na própria mesquita me relataram que profeta Mohamed casou com mais de 13 mulheres uma delas tinha apenas nove anos..a pequena” Aysha”..isso não é de agora…minha cunhada tbm acabou de ficar moça e já está se casando com esses casamentos arranjados …aff

    Resposta
  • 03/06/2016 em 10:14
    Permalink

    Essas fotos podem até não ser de casamento com crianças, mas os casamentos verdadeiros com meninas são privados. Sao costumes do islâ sim!

    Resposta
  • 29/05/2016 em 20:48
    Permalink

    Se tirar o meu depoimento irei colocar em meu nome as mentiras da matéria. Ass. Major especialistas em terrorismo Oliveira, sediado pelo COMANDOS PELOPES BRASILEIRO em Goiânia GO.

    Resposta
  • 21/05/2016 em 18:32
    Permalink

    Muitos aqui ficam com olhos preconceituosos no Islã e não veem a pedofilia debaixo do próprio nariz. No Brasil, cerca de 50 crianças sofrem abuso sexual por dia (mais de 17,5 mil crianças e adolescentes só em 2015 – dados oficiais, a maioria dos casos permanece sem notificação). Isso também é no Brasil http://www.pragmatismopolitico.com.br/2016/01/noivas-criancas-meninas-casadas-brasil.html Então, como diria Jesus Cristo, E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho?
    Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
    Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.
    Mateus 7:3-5

    Resposta
  • 24/11/2015 em 01:22
    Permalink

    Acho que até a história do casamento da meninas da foto pode ser falso, mas acho que é má fé sua dizer que a cultura islâmica não é pedófila, quanto se tem inúmeros depoimentos de mulheres que foram esposas meninas Além de Maomé ter desposado Aisha ainda menina. Vamos falar a verdade, se essa é a proposta do seu site, não desminta uma notícia contando meias verdades.

    Resposta
  • 09/08/2014 em 00:28
    Permalink

    Se são damas de honra, cadê as noivas verdadeiras? O noivo entra com a noiva e as damas de honra entram aparte! Falso é a postagem aí que quer concertar o que é comum no islamismo, a pedofilia.

    Resposta
    • 18/09/2014 em 00:56
      Permalink

      Ó maso :És pior ou igual ao Williams, deves ser cego não tens aí as fotos com as noivas?

      Resposta
      • 16/10/2014 em 20:18
        Permalink

        Concordo contigo Maxi, deve ser igual a ele…. Ou vc Maso esperava que as noivas tbm estivem de branco e todas emperiquitadas?? Não se esqueça que as mulheres lá, ficam todas cobertas ;) !

        Resposta
    • 26/11/2015 em 16:10
      Permalink

      Maso(quista), sua anta, vou desenhar para você: diferentemente daqui, lá, é costume os noivos entrarem no local onde se realizam os casamentos acompanhados das damas de honra. As noivas, seu energúmeno, não aparecem na foto pela mesma razão que os noivos aqui no Brasil não aparecem nas fotos da noiva entrando na igreja com o pai. Entendeu, otário?

      Resposta
      • 29/05/2016 em 20:42
        Permalink

        Morei 12 anos em Israel, a prática apontada existe sim, por sinal quando estes safados casam com crianças a resposta e imediatamente interromper com extrema força, já fui em missão interromper está praticada. As crianças são pagamentos para as famílias dos mais ricos por comprarem armas, munição, água e afins. Este ato de atrocidade vem sendo combatido a anos não só por militares de operações especiais de Israel como pela legião Strangeira da França, Não fale ou escreva algo que você defende, Pessoa inumana imoral, eu vi com meus olhos eu participei com orgulho de seifar a inutilidade desses COVARDES, se ainda fosse apto para o trabalho seifaria muitos outros. Fu alvejado por uma criança que penssei que estava resgatado, uma criança criada para inganar soldados é depois ela alvejou mais dois amigos de farda que estavam comigo, não me venha com hipocrisia, pesquise seu imoral.

        Resposta
  • 15/12/2013 em 20:48
    Permalink

    é… achei estranho também… logo de cara achei que eram damas de honra… essa história de pedofilia apoiada pelo Islã é muito pesada e grave!

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)