Papa Francisco proíbe a quaresma (quarentena) #boato

Boato – Papa Francisco proíbe quaresma, pois não somos evoluídos o suficiente para isso. Se você é católico, leia e reflita!

É tempo de quaresma. Após o Carnaval, a quarta-feira de cinzas marca o início da quaresma. Nesse período, muitas pessoas fazem promessas e penitências que vão desde o jejum de carne até abstinência de alguma atividade.

Em mensagem, papa Francisco proíbe quaresma, diz boato.
Em mensagem, papa Francisco proíbe quaresma, diz boato.

Como de costume, o papa Francisco enviou uma mensagem aos fiéis. A mensagem, que tem sido replicada na internet e em aplicativos de mensagens, o papa faz um pedido inusitado: não faça quaresma (ou quarentena, como diz o texto), pois não somos evoluídos o suficiente. Confira na íntegra:

“PAPA FRANCISCO PROIBE QUARENTENA, POIS NÃO SOMOS EVOLUÍDOS O SUFICIENTE PRA ISSO. SE VC É CATÓLICO E CRISTÃO, LEIA, REFLITA E NÃO DESRESPEITE O SANTO PAPA.

Para os que vão ficar 40 dias sem comer chocolate, sem beber, sem fumar, sem fofocar, de nada adianta isso para ser uma pessoa melhor. Aí vai a lição do espírito evoluído nosso Papa Francisco: Para a Quaresma o Papa Francisco propõe 15 simples atos de caridade que ele mencionou como manifestações concretas de amor:

Sorrir, um cristão é sempre alegre! Agradecer (embora não “precise” fazê-lo). Lembrar ao outro o quanto você o ama. Cumprimentar com alegria as pessoas que você vê todos os dias. Ouvir a história do outro, sem julgamento, com amor. Parar para ajudar. Estar atento a quem precisa de você. Animar a alguém. Reconhecer os sucessos e qualidades do outro. Separar o que você não usa e dar a quem precisa. Ajudar a alguém para que ele possa descansar. Corrigir com amor; não calar por medo. Ter delicadezas com os que estão perto de você.
Limpar o que sujou, em casa. Ajudar os outros a superar os obstáculos. Telefonar para seus pais.

O MELHOR JEJUM

Jejum de palavras negativas e dizer palavras bondosas. Jejum de descontentamento e encher-se de gratidão. Jejum de raiva e encher-se com mansidão e paciência. Jejum de pessimismo e encher-se de esperança e otimismo. Jejum de preocupações e encher-se de confiança em Deus. Jejum de queixas e encher-se com as coisas simples da vida. Jejum de tensões e encher-se com orações. Jejum de amargura e tristeza e encher o coração de alegria. Jejum de egoísmo e encher-se com compaixão pelos outros. Jejum de falta de perdão e encher-se de reconciliação. Jejum de palavras e encher-se de silêncio para ouvir os outros.”

Papa Francisco proíbe a quaresma (quarentena)?

Se você acompanha o Boatos.org, sabe que o papa Francisco é uma das figurinhas mais carimbadas em boatos na internet. E dessa vez a história não foi diferente. Sem mais delongas, vamos aos fatos.

Para começar, o texto tem aquela característica clássica de um boato: uma notícia bombástica cheia de informações vagas. Além disso, tentamos procurar a declaração e, como era de se esperar, a mensagem só foi publicada em sites e blogs de origem duvidosa. Além disso, não se fala “quarentena” (como aponta o texto) e sim quaresma.

Realmente, a mensagem seria super “do bem” se não fosse um detalhe: o papa não proibiu nada. Ele até publicou uma mensagem para a quaresma, mas as recomendações são outras. O texto com o tema “A palavra é um dom. O outro é um dom”, alerta para as consequências de uma vida centrada no dinheiro.

Para encerrar a discussão, a reflexão até vale a pena e pode ser seguida, mas vale ressaltar que ela não pertence ao papa. Ou seja, pode seguir com suas promessas e penitências, porque o papa Francisco não proibiu nada.

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de diversos leitores no WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou no WhatsApp no telefone (61) 99331-6821.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)