Padre católico cede igreja para evangélicos em Mariana (MG), diz boato

By | 23/11/2015

Boato – Depois de a Primeira Igreja Batista de Mariana (MG) ter sido destruída pela lama, padre da cidade cedeu a igreja para realização de um culto evangélico.

Sabe aquela história do “eu aumento, mas não invento” que é clássica dos programas de fofoca na TV. Parece que a máxima está valendo também quando estamos falando de internet. E aí nascem também os “meio-boatos”. É mais ou menos assim: o pessoal pega uma informação verdadeira e vai distorcendo até que ela se transforma em um boato.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Paróquia de Mariana foi cedida por padre para culto evangélico, diz boato

Paróquia de Mariana foi cedida por padre para culto evangélico, diz boato

Esse é o caso de uma história que tem feito sucesso na internet. Publicada por diversos sites como, por exemplo, o “Fuxico Gospel”, o texto aponta que um padre cedeu a Igreja de Mariana à “Primeira Igreja Batista de Mariana-MG” para que fosse realizado um culto. O motivo? O local para os cultos foi destruído. Leia trechos do texto e veja a foto:

Os acontecimentos recentes com a tragédia ocorrida em Mariana MG com o rompimento das barragens da mineradora Samarco deixou muitas vítimas e um rastro de destruição e tristeza para os moradores.

De acordo com o Bispo Josep Rossello, a Primeira Igreja Batista foi atingida pela lama do desastre, e o templo da igreja foi totalmente destruído com a tragédia. Porém um ato inusitado por parte de um padre de Mariana fez em meio ao caos, pessoas acreditarem que é possível vivermos em um mundo onde o amor e a solidariedade possam falar mais alto do que a divisão da religião.

O Padre da Igreja Católica disponibilizou uma paróquia ara que os irmãos da PIB – Primeira Igreja Batista de Mariana-MG possam cultuar a Deus. De acordo com o padre, nesse momento de tristeza e dor, a missão como cristãos e filhos do mesmo Deus, é acolhermos uns aos outros como Cristo fez.

O gesto fez que católicos e evangélicos se unissem no momento de solidariedade, e os cultos tem sido motivo de alegria entre ambos os grupos, e até mesmo o padre tem participado dos cultos da Igreja Batista.

A história é comovente e as fotos são verdadeiras, mas espera aí? Um padre participando de um culto evangélico? Em Mariana (MG)? Como o nosso negócio é dar a informação direitinho, vamos aos fatos.

Para começar, a história não aconteceu em Mariana. Foi na cidade de Barra Longa, que fica a cerca de 40 km de Mariana. Vale lembrar que as Igrejas de Mariana sofreram com a lama e estão interditadas (essa matéria do UOL fala sobre o assunto). Aliás, tem até um boato relacionado à destruição da Igreja de Mariana. Lê aqui.

Segundo ponto: não teve nada de “Primeira Igreja Batista, que teve o local de cultos destruído pela lama”. A Igreja foi cedida para voluntários da Convenção Batista Mineira. Detalhe: o padre (que identificamos como Wellerson Magno Avelino) aparece em uma foto, mas ela não parece ser do culto. É só um abraço em uma voluntária. Aliás: essa matéria fala da ação dos voluntários.

Terceiro ponto: o texto coloca na “boca” dos personagens um monte de informações que não são reais. O padre pode até pensar que “nesse momento de tristeza e dor, a missão como cristãos e filhos do mesmo Deus, é acolhermos uns aos outros como Cristo fez”, mas não disse isso. E pelo o que vimos, o bispo Josep Rossello não disse nada sobre lama (apesar de ter errado a cidade do culto e congregação no post do Facebook).

Resumindo: houve empréstimo sim e as fotos são verdadeiras. Porém, toda a história escrita em volta dela foi uma distorção da realidade e, cá para nós, é conversa mole para boi dormir. Ou “aumento, mas não invento”.

PS: este artigo foi uma sugestão dos leitores Mada Massaro e José Carlos Júnior. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site ou pelo Facebook.

3 thoughts on “Padre católico cede igreja para evangélicos em Mariana (MG), diz boato

  1. FERNANDO

    Equívoco na matéria : “As igrejas de Mariana sofreram com a lama e estão interditadas ” . As igrejas de Mariana não sofreram com a lama até pq a cidade de Mariana não sofreu absolutamente nada diretamente com o acidente , que foi na zona rural e a sim algumas poucas igrejas sofreram , mas só as que se encontravam na calha que receberam o resíduo da barragem . Mariana propriamente está intacta e suas igrejas preservadas .

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *