Orquestra sinfônica da Holanda deixa maestro muçulmano no palco #boato

By | 18/07/2016

Boato – Em evento apresentado à rainha, orquestra sinfônica da Holanda se retirou do palco quando maestro muçulmano começou a discursar.

Desde que Ocidente e Oriente Médio entraram em guerra (assumidamente ou não), aumentaram a cautela, o medo e o preconceito mundo afora. Os constantes atentados terroristas dia a dia agravam ainda mais a situação tornando difícil que as pessoas entendam a diferença entre islamismo e terrorismo, entre muçulmano e homem-bomba.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Nesse cenário de desconfiança e insegurança, a internet acaba sendo utilizada como espaço para disseminação do ódio, inclusive através de boatos. Entre os mais recentes está a história da orquestra sinfônica da Holanda que teria abandonado seu maestro muçulmano sozinho no palco quando ele começou a falar de suas crenças para a rainha Beatrix, presente no concerto.

Maestro muçulmano é abandonado no palco por orquestra da Holanda, segundo boato

Maestro muçulmano é abandonado no palco por orquestra da Holanda, segundo boato

Em uma página do Facebook, a postagem mostra o vídeo e uma mensagem quase que ‘idolatrando’ a atitude da orquestra. Confira:

ORQUESTRA SINFÔNICA DA HOLANDA SE RETIRA DO PALCO

Quando o país mais liberal da Europa “desliga a tomada” do islamismo, o mundo está começando a perceber a luz.

A Rainha Beatrix da Holanda compareceu a um concerto em Amsterdam.

O Regente da orquestra, muçulmano, começou a discursar sobre sua crença.

Todos os componentes da orquestra se levantaram e deixaram o palco, recusando-se a ser associados a alguém querendo “dar uma aula” para a rainha.

Funcionários do teatro retiraram o regente do palco e colocaram-no para fora do prédio.

Isto requereu coragem.

Abaixo as imagens:

http://www.safeshare.tv/w/cqjiYhtiXs

Confira o vídeo:

A orquestra sinfônica da Holanda deixou o palco por causa do maestro muçulmano?

Pois bem, estão errados os que acharam correta a atitude de deixar o maestro muçulmano sozinho e estão errados os que acreditaram nessa história.

Para começo de conversa, o ocorrido é velho. Aconteceu em setembro de 2011, na apresentação Concertgebouw em Amsterdã. A orquestra estava pronta para se apresentar aos convidados, inclusive à Rainha Beatrix, quando um homem vestido de terno começou a discursar sobre o Islamismo. Ao falar sobre a fé islâmica e que era um servo de Alá, os membros da orquestra se afastaram assustados, provavelmente temendo que o locutor fosse um homem bomba.

Em sua fala, ainda enquanto os músicos da orquestra se retiraram o homem afirmou que não era um homem bomba, mas mesmo assim as pessoas saíram assustadas. O discurso não durou nem 2 minutos e foi interrompido pelos seguranças do local que o retiraram do palco sem precisar fazer esforço nenhum. O homem foi levado pela polícia e passou aquela noite na delegacia.

O verdadeiro maestro do concerto, Simon Reinink, confirmou as informações ao site Show Nieuws, publicadas lá em setembro de 2011. O vídeo tem sido tão recorrente, que alguns sites gringos vêm desmentindo a história já faz um tempo. Este, por exemplo, esclareceu o caso em 2015 porque estava correndo a web outra vez.

Resumindo a novela, a orquestra sinfônica da Holanda não abandonou o palco em represália a um maestro muçulmano, deixou o palco por causa do discurso de um homem desconhecido que afirmou ser servo de Alá. Foi o suficiente para assustar a galera, infelizmente por ser este o discurso proferido por homens-bomba logo antes de se suicidarem.

Claro, uma coisa é uma coisa, outra é outra, mas vivemos em tempos de medo e intolerância. Ajuda muito quem não acredita em mentira xenofóbica e ‘dá um Google’ antes de espalhar boato por aí.

One thought on “Orquestra sinfônica da Holanda deixa maestro muçulmano no palco #boato

  1. carol

    hum não me convenceu… os músicos sairam muito calmamente pra quem tá achando q uma bomba pode explodir e os expectadores continuaram sentados, por esse raciocínio eles teriam que ter picado a mula tambem!

    Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *