Muçulmanos destroem estátua de Jesus e Virgem Maria na Itália #boato

Boato – Vídeo mostra imigrantes muçulmanos destruindo estátua da Virgem Maria e do menino Jesus na Itália, país que os acolheu e deu comida e dinheiro.

Entra ano e sai ano, parece que a intolerância religiosa continua na pauta. E notícias falsas continuam sendo combustível para muitas pessoas “formarem as suas opiniões” (It’s post-truth, baby). O caso de hoje mostra um exemplo clássico deste processo.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:

Se inscreva no nosso canal no Youtube

Circula no WhatsApp e no Facebook um vídeo que seria de imigrantes muçulmanos destruindo uma estátua do menino Jesus nos braços da Virgem Maria. De acordo com a mensagem, caso teria acontecido na Itália. “Muçulmano destruindo, na Itália, a Estátua do Menino Jesus com a Virgem Maria . País que o acolheu e deu-lhe comida, casa e dinheiro semanal”, diz uma das versões.

A mesma mensagem ainda põe “mais lenha na fogueira”: “Só quem acredita em contos de fada pensava que seria diferente. O tempo vai dizer… Estariam colhendo a intolerância da tolerância q eles mesmo plantaram?”, completa. Assista ao vídeo abaixo:

Muçulmanos destroem estátua de Jesus e Maria na Itália?

O vídeo circulou muito no Facebook e no WhatsApp e gerou muitos comentários por parte dos mais conservadores. Mas será mesmo que a imagem representa muçulmanos destruindo uma imagem de Jesus e da Virgem Maria? A resposta é não. Vamos aos fatos.

Se os conservadores que comentaram o vídeo condenando os muçulmanos soubessem o que realmente aconteceu, aposto até esqueceriam as diferenças religiosas e dariam um abraço nos protagonistas do vídeo. Sim, porque há duas informações cruciais que estão erradas sobre o vídeo.

A primeira é que a filmagem não aconteceu na Itália. O vídeo é de dezembro de 2017 e foi gravado na cidade argelina de Setif. Na ocasião, salafistas (que fazem parte do salafismo, um movimento radical dentro do islamismo) destruíram uma imagem de Ain El Fouara. Essa reportagem fala do caso e aponta que os culpados foram presos.

O motivo: a estátua era de uma mulher nua. Ou seja, era um protesto religioso-conservador contra a falta de pudores da sociedade. Qualquer semelhança com o Brasil seria mera coincidência?

Resumindo: o vídeo que circula na internet não mostra muçulmanos destruindo a imagem de Jesus e Maria em praça pública na Itália. A filmagem mostra salafistas destruindo uma imagem de uma mulher nua em uma praça na Argélia. E aí? Vão continuar compartilhando mesmo sabendo a verdade?

Ps.: Esse artigo é uma sugestão de leitores do Boatos.org. Se você quiser sugerir um tema ao Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook e WhatsApp no telefone (61) 994325485.

Edgard Matsuki

Jornalista e caçador de falcatruas na internet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)