Mentira: pena por ler Bíblia na Arábia Saudita é ter mãos cortadas

By | 15/12/2014
Mão machucada por máquina de triturar papel vira boato de intolerância religiosa

Mão machucada por máquina de triturar papel vira boato de intolerância religiosa

Boato – Árabes mutilam mãos de cristãos quando os surpreendem lendo a Bíblia. Castigo é praticado na Arábia Saudita contra não islâmicos.

A intolerância religiosa existe mesmo, isso não é boato. Crenças e religiões tentam se impor umas às outras desde sempre em uma disputa muitas vezes sangrenta e impiedosa. Em nome de Deus, de Jeová, de Alá, de Jesus Cristo, do Criador enfim, guerras são travadas, pessoas são mortas, homens se tornam bombas e daí para pior.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org

Triste exemplo atual é o Estado Islâmico, organização de extremismo religioso que quer impor a todo o Oriente Médio o Islamismo. Tudo em nome dele, dizem. Bom, pondo fim aos devaneios, quando religião entra na história as coisas ficam mais sérias, isso fato, mas não necessariamente tudo de ruim que acontece tem a ver com conflitos religiosos.

Como se o mundo já não tivesse feiura suficiente, tem gente que insiste em incitar a intolerância e o preconceito até mesmo em acidentes. Do que estamos falando? Da imagem de uma mão toda mutilada que está rondando a web e que já rendeu mais de 10 mil curtidas e superou 118 mil compartilhamentos. Junto da foto, em letras garrafais a seguinte frase:

‘SEI QUE É FORTE

Essa é pena para quem é pego lendo a Bíblia na Arábia Saudita.

JÁ LEU SUA BÍBLIA HOJE?’

Sim, a intolerância existe, infelizmente. Não, a foto não tem nada a ver com mutilação contra cristãos na Arábia Saudita. A imagem realmente forte de uma mão toda cortada, com os dedos divididos quase que em rodelas é real, mas não é uma ilustração da guerra histórica de cristãos contra islâmicos.

Trata-se na verdade de um acidente com uma máquina de triturar papel, sim, essas que são muito comuns em escritórios e filmes norte-americanos em que agências de espionagem picotam tudo para não deixar vestígios.

Essas máquinas são no mínimo perigosas e exigem muita cautela ao serem utilizadas. O site Snopes tem uma postagem inteira sobre vários acidentes envolvendo o aparelho que tem fama de traiçoeiro. O texto traz dados sobre casos envolvendo o triturador de papel, a maioria, infelizmente, com crianças.

E para terminar de vez com qualquer dúvida o site Liveleak mostra a mesma imagem (só que inteira e bem mais nítida) explicando que se trata de um acidente com uma máquina de triturar papel e alertando para o perigo da coisa.

Enquanto o mundo não se torna perfeito, um lugar em que as pessoas não se odeiem e machuquem uns aos outros por crenças e religião, vamos tentando colaborar da melhor forma possível. Nem precisa muito esforço, já ajuda não compartilhar e/ou acreditar em qualquer boato por aí.

5 thoughts on “Mentira: pena por ler Bíblia na Arábia Saudita é ter mãos cortadas

  1. Marcelo

    Agora piorou, estão escrevendo que tem pena de morte na Arábia saudita para quem carregar a bíblia…

    Reply
  2. Ana carol

    Segundo Wikipedia, 97 % são mulçumanos. Por votl de 1 milhão são cristãos, mas estrangeiros na maioria. Na pratica, há perseguição contra cristãos, provavelmente nem há igrejas, pois o ultimo padre a ser expulso foi em 1985.
    Em relação a biblia, não há fontes de fato para esclarecer isso…

    Reply
  3. José Marcos

    É engraçado Hellen Bizerra! Veja o que você escreveu:
    “…em uma disputa muitas vezes sangrenta e impiedosa. Em nome de Deus, de Jeová, de Alá, de Jesus Cristo, do Criador …”
    Você acabou de dizer mentiras, pois não se travaram guerras em nome de Deus, Jesus Cristo, Jeová, ou o Criador.
    No cristianísmo não se trata de matar por Jesus, e sim, morrer por ele. Foi o que ele nos ensinou, e é o que os verdadeiros cristãos passaram e passam hoje em dia, pelo planeta inteiro.
    Pessoas como você, confundem cristianísmo com o catolicísmo, que promoveu massacres e extorções pela história.
    Você, (por motivos desconhecidos), não citou os verdadeiros intolerantes, que são adoradores ou seguidores de maomé, buda, “Hitler”, e outros.
    Houve aí, muita pressa em se defender gente sangrenta, que faz coisas muito piores do que cortar a mão de quem estiver não com a Bíblia, mas sim com apenas uma página dela.
    Se a foto é comprovadamente falsa, fica desmentido que ela pertença à algum cristão que foi punido.
    Mas segundo o título da postagem que você pegou, não está dizendo que a foto é de um cristão, ou que foi pego lendo a Bíblia.
    Só diz que a pena é essa, o que acho quase uma inverdade, mediante aos relatos de pessoas que chegam ao Brasil de lá, contando as terríveis histórias que acontecem nesses locais, muito pior do que essa “simples” foto.

    E só para terminar, tem coisas muito piores em nosso país para “incitar a intolerância e o preconceito, e que não parte dos verdadeiros cristãos, ou cidadãos de bem.

    Creio que essa foto ficou só como um alerta para abrir os olhos do povo do Brasil, sobre o que acontece lá fora, já que nesses locais, pagasse um preço por ter a região dominada por esses tipos de religiões.

    “Religiões” intolerantes existem aos montes poraí. E suas leis partem muitas das vezes do próprio governo. Isso já abre um leque para várias outras discussões, que como sugere, é um outro assunto.

    Reply
    1. Davidson Souza

      É importante esclarecer que embora AINDA não haja mortes, o cristianismo, assim como o ateísmo, já meteu o bedelho e matou pessoas em nome de uma crença. Inclusive o cristianismo ainda mete o bedelho na vida das pessoas até hoje… srsrs.

      A religião nunca foi o problema: a questão é quando vocês querem extrapola-la srsrs

      Reply

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *