Fantasma levanta homem pelas pernas em delegacia de Campinas, mostra vídeo #boato

Boato – Imagens de uma câmera de vigilância em delegacia de Campinas mostram homem sendo erguido por um fantasma.

Bem disse Hamlet que “entre o céu e a terra há muito mais do que sonha sua vã filosofia”. Na peça de Shakespeare, seu personagem principal prega uma lição no amigo Horácio e deixa claro que há muitos mistérios que só a racionalidade não consegue resolver.

Quer se livrar de boatos? Clique para curtir o Boatos.org
Siga o Boatos.org no Twitter:
Envie uma mensagem com a palavra #boato para (61) 99331-6821 e agende este número no seu telefone para receber as nossas atualizações gratuitamente no WhatsApp

Há séculos, as pessoas têm se apropriado da famosa citação shakespeariana para tentar justificar situações bastante perturbadoras. Em um mundo tão completo e complexo, não poderia faltar aquela pitada de mistério e sobrenatural que leva grande parte das pessoas a fazer o sinal da cruz para proteção.

Nesse sem fim de histórias de fazer arrepiar os pelos dos braços, tem ganhado força um caso muito estranho em Campinas. Segundo um vídeo supostamente gravado na segunda maior cidade do estado de São Paulo, um homem foi misteriosamente arrastado por um fantasma, e teve as pernas erguidas pelo ser enquanto dormia. Se tem coragem, confira nas imagens abaixo:

O vídeo postado em uma página no Facebook rendeu mais de 15 mil curtidas, 47 mil compartilhamentos e milhões (!) de visualizações. Na descrição, a seguinte informação:

Esse fato ocorreu em uma Delegacia às 3:30 da madrugada na cidade de Campinas São Paulo.Essa gravação deixou os polícias desesperados. Qual sua opinião….

Vídeo mostra fantasma levantando homem em uma delegacia de Campinas?

Mesmo os poucos céticos sobre a vida e os mistérios que a cercam precisam saber que essa história de fantasma em Campinas é mentira. Primeiramente, o vídeo não foi gravado às 3h30 da madrugada como consta na descrição. As imagens foram feitas às 19h como mostra o timing no canto superior direito.

Além disso, esse vídeo não é de uma câmera de delegacia de Campinas, ele foi retirado de um canal de Youtube que posta vídeos de fantasmas pegos em câmeras da “vida real”. As imagens foram compartilhadas em 31 de janeiro de 2017 enquanto a postagem na página brasileira é de 4 de abril.

E não pensem que para por aí, de tão famoso o vídeo tem circulado até nos nossos vizinhos latino-americanos. Uma página no Peru compartilhou a história afirmando que se tratava de um ataque a um “obrero”, ou seja, que o fantasma havia levantado um pedreiro. Mas não era um policial em Campinas?

Esse outro canal do Youtube afirma que o vídeo é falso e que os pés do homem são erguidos por elásticos retirados na edição, mas que deixaram vestígios de sombra nas imagens. É uma teoria válida, embora os takes estejam em qualidade muito ruim para se reparar bem nas sombras.

O fato é que no canal original, o vídeo é precedido pelo aviso de direitos autorais. Aí fica a dúvida, se a gravação foi recolhida de uma câmera em um ambiente qualquer da “vida real”, porque o canal informa sobre copyrights? Sim, no mesmo estilo dos filmes de cinema que assistimos por aí.

Embora não saibamos 100% como o vídeo foi produzido, as evidências até o momento nos permitem concluir que as imagens são fake. Recapitulando, não aconteceram em uma delegacia de Campinas e foram replicadas até no Peru. História que circula rápido e ganha versões diferentes por onde passa, tem nome – é boato.

PS: Esse artigo foi uma sugestão de diversos leitores via WhatsApp. Se você quiser sugerir um tema para o Boatos.org, entre em contato com a gente pelo site, Facebook ou WhatsApp, no telefone (61) 99331 6821.

Um comentário em “Fantasma levanta homem pelas pernas em delegacia de Campinas, mostra vídeo #boato

  • 24/04/2017 em 20:07
    Permalink

    Ou seja; para vcs afirmarem que é boato é preciso saber a origem do vídeo quando não souber: porque não se calam?

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Em vez de copiar o nosso conteúdo, compartilhe no Facebook :)